Avançar para o conteúdo principal

Sobre Mim

Olá.

O meu nome é Anabela, tenho 32 anos e vivo no distrito de Lisboa. Sou gestora de formação mas neste momento estou a dar explicações, em casa, a tempo inteiro. Tenho outras ocupações mas esta é a principal. Podem ver aqui o cantinho cá de casa, dedicado aos meus alunos. 
Sou casada com o meu príncipe encantado, mais conhecido como maridão e há 19 meses tivemos o nosso primeiro (será que único?) filhote, o Tiago, que é a minha vida. Ser mãe é maravilhoso, apesar de ser bastante cansativo. Sou imensamente feliz ao lado da minha família e é sempre com eles que aproveito a minha vida.

A história deste blogue começa com uma depressão. Parece esquisito, não é? Mas eu explico. Foi uma fase da minha vida bastante complicada e que surgiu devido a inúmeros factores, excesso de trabalho, pouca dedicação a mim própria, uma doença do meu pai e primeiras experiências em situações que me eram completamente estranhas.

Lá veio a medicação, a psicoterapia (que foi o que realmente me curou) e várias recomendações, entre elas escrever o que me ia na alma e dedicar mais tempo a mim própria, fazendo coisas de que gostasse. E assim nasce este blogue que não é mais do que um caderninho de partilha das experiências cá de casa, sejam elas de organização, beleza, jardinagem, reciclagem, culinária e, mais recentemente, decoração e minimalismo. Há temas para todos os gostos ou não fosse eu uma rapariga criativa (embora alguns projectos, por vezes, não saiam bem). Também vão encontrar muitos posts sobre a minha família e sobre esta aventura extraordinária que é ser mãe.

Espero que gostem do que aqui escrevo e se quiserem saber mais de mim basta perguntar, nos comentários ou para o email aproveitaravidaja@gmail.com . Terei todo o gosto em publicar a pergunta e a resposta (apenas se as perguntas não forem pessoais demais). Será engraçado ver um Q&A aqui no blog...e sempre a crescer. 

 

Para terminar quero apenas dizer que é importante não perdermos tempo com coisas ou situações que não valem a pena, sabermos bem quais são as nossas verdadeiras prioridades e dar-mos valor às pessoas e não às coisas. O lema, já sabem, é aproveitar a vida!



A Mafalda S. do blog A Felicidade é o Caminho  (visitem porque é um cantinho muito interessante) desafiou-me para responder a estas questões. Cá vão então as respostas :)

1 - Qual a tua maior qualidade?
A honestidade.
2 - Qual a maior loucura que já fizeste?

Não sou mulher de grandes loucuras mas assim uma que me lembre foi de, aos 21 anos, ter gasto as minhas economias para comprar um carro a pronto quando...tinha pavor de conduzir!!! Meti na cabeça que tinha que  ultrapassar esse medo e só o conseguia fazer se tivesse carro próprio que ninguém ia conduzir por mim. E lá consegui a proeza. Uma das melhores fases da minha vida...
3 - Qual a tua profissão?
Neste momento explicadora e gestora de um grupo de venda por catálogo.
4 - Qual o teu maior sonho?
Esta é fácil, continuar a ser feliz.
5 - Actualmente, és feliz?
Sim, muito.
6 - Qual foi o dia ou momento mais feliz da tua vida?
Sem qualquer dúvida, o nascimento do meu filho.
7 - Já fizeste um acto de bondade por alguém? Se a resposta foi positiva, indica qual.

Sim. Os mais simples como deixar passar na fila do supermercado (não porque existe alguma regra mas porque acho que deve ser assim), ajudar alguém atrapalhado em alguma situação (desorientado em algum lugar, num multibanco, etc...) e ajudar alguém com alimentos ou roupa (ajudo sempre em géneros, nunca em dinheiro). Voluntariado será o próximo passo, não por parecer bem mas porque acho que me fará progredir como pessoa.
8 - Tens algum hobby que adores?
Sim, vários até. Tudo o que sejam trabalhos manuais (pintura, bijuteria, costura, etc...), jardinagem e leitura.
9 - Qual a tua maior fonte de felicidade, presentemente?
O meu filho.
10 - Qual a cidade/região onde não te importavas de viver?
Torres Novas. Cidade linda, com imensas infraestruturas e onde se nota que as pessoas vivem de forma calma, sem stress. Cada vez que lá vou sinto uma energia muito positiva e até já andei a pesquisar o mercado imobiliário, só por brincadeira.
11 - O teu blog melhorou, de alguma forma, a tua vida? 
Sim, imenso. "Conheci" imensas pessoas que me inspiraram a mudar a minha vida, a criar hábitos novos, a perceber o que realmente é importante, a alterar as minhas prioridades, no fundo fizeram-me crescer como pessoa.O blog é apenas um meio para documentar essas alterações e, se possível, ajudar outras pessoas na mesma caminhada.



 

Comentários

  1. Olá Anabela, adoro o teu blog, que já venho seguindo há vários meses. Quero propôr algo: porque não uma secção dedicada às explicações? Eu explico: também dou explicações e gostava de ver os teus métodos, as disciplinas, o que fazer em certas e determinadas situações, como lidar com as notas baixas, etc. Como não vi aqui nenhuma secção dedicada a isso, gostava de ver qualquer coisa related :}

    ResponderEliminar
  2. Olá Len,

    Olha, boa ideia, gostei sim senhora :)

    Vou perguntar ao resto dos leitores/seguidores o que acha.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola boa tarde
      Estava a procura de uma receita de crepes sem ovos, pois o meu filhote é alérgico aos ovos, e dei com este site, que acho um mimo, parabéns.

      Eliminar
    2. Ola boa tarde
      Estava a procura de uma receita de crepes sem ovos, pois o meu filhote é alérgico aos ovos, e dei com este site, que acho um mimo, parabéns.

      Eliminar
  3. Então aproveito para dizer que também acho uma boa ideia! Pensa nisso, é um tema que toca a muitas mães e é interessante, de uma forma geral. Da troca de ideias nascem soluções.

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Prazer em conhecer-te ;)
    Gosto muito deste cantinho
    :*

    ResponderEliminar
  5. Olá Anabela.
    Venho praticamente quase todos os dias ver o teu blog...o nome dele despertou a minha atenção. Dou-te os parabéns. É mto interessante.
    Acho a ideia muito boa. A possibilidade de promover a troca de ideias/debate sobre esse tema e outros é muito boa...principalmente porque é algo que não se encontra aqui e de acesso a quaquer pessoa que esteja interessada em falar sobre o tema sem ser profissional na área...no fundo quem tem filhos na idade escolar acaba por ser "orientadora" e as duvidas andam de braço dado ;o). Também acrescento uma coisa porque não falar de alimentação para bebés/crianças de tenra idade? Quanto nasceu a minha filha recordo-me que tentei encontrar alguma informaão com receitas e não consegui encontrar nada. Claro que foi em 2008...talvez agora exista mais informação mas acho que seria também um bom assunto!
    Raquel Gandarez

    ResponderEliminar
  6. Olá Anabela. Já faz parte dos meus hábitos ver o teu blogue. Aprendo imenso e faz-me bem. Já agora também concordo com uma secção para as explicações.
    Felicidades
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Olá Anabela!
    Descobri o teu blog através de outro blog e tenho que dizer que o adorei!
    Muitos parabéns e um beijinho,
    Ângela Loureiro

    ResponderEliminar
  8. Ola Anabela! Gostei muito do seu blog, principalmente quando voce contou que iniciou o blog um pouco depressiva, depois da descoberta que seu pai estava doente. Me identifiquei com voce, pois aconteceu o mesmo comigo, sendo que quem adoeceu foi minha irma. Fiz um blog tambem pelos mesmos motivos: http://deliciosarotina.blogspot.com.br Parabens pelo seu blog, volto para ler novos pots. Bjs

    ResponderEliminar
  9. aqui e a cida eu adoro aprender as coisas adorei sua dica vou fazer se souber de mais me adicione meu facebook e babyvieira77@gmail.com preciso de amigas sou muito sizinha somos so eu meu esposo e uma filha maravilhosa beijos

    ResponderEliminar
  10. Olá Anabela, sou fotógrafa e gostei muito da fotografia e desenho do blogue.
    Parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá.

      Muito obrigada pelo elogio e vindo de uma fotógrafa é ainda mais importante!!!

      Agora pergunto, a fotógrafa tem nome e um cantinho com trabalhos expostos? É que gosto muito de blogues de fotografia.

      Bjs

      Eliminar
  11. Sim!
    Aqui podes ver algumhas fotografias, aguardo que gostes:
    http://www.flickr.com/photos/rute_andre/

    ResponderEliminar
  12. Olá Anabela! Gostei muito do teu blog. Além de ser bonito tem posts muito bons e interessantes. Identifiquei-me muito com o teu blog, pois no meu blog também "falo" de assuntos muito diversificados. Sou mãe e professora e também dou explicações em casa, tal como tu.
    Vou ficar a seguir-te e convido-te a seguires o meu blog também! Acho que temos muito assunto em comum! :-)
    Beijinho, até breve!
    http://lernoslabios.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Olá Anabela :)

    Descobri á pouco tempo o seu blog quando andava a vaguear pela net e estou a gostar muito até agora, ainda não tive oportunidadd de ver tudo, mas o pouco que vi gostei e fico contente por saber que conseguiu ultrapassar uma fase complicada que a levou a fazer este blog, pois acredito que teve de ter muita força de vontade, pois encontro me numa situaçao depressiva e entendo bem que a falta de vontade para as coisas (quase tudo) é muito minima...

    Mas o que interessa é que conseguiu ... eu espero vir a conseguir ... não so por mim mas pelas pessoas que me rodeiam, apesarem de serem poucas .

    Agora que encontrei o seu blog não o vou perder de vista, pelo que já vi tem muito boas ideias :)

    Continue assim ...
    Beijinho

    ResponderEliminar
  14. Que giro! Eu sou de Torres Novas! E sim gosto bastante de cá viver! Bjs

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde Anabela. Em tempos (penso que o ano passado) vi aqui no seu blogue ideias para cartões festivos, nomeadamente de um coelho da páscoa feito com um pé de criança. Este ano tenho uma bebé cá em casa e gostava de oferecer postais com esta ideia mas infelizmente não guardei a imagem e tenho procurado aqui no seu blogue mas sem sucesso. Será que me poderia enviar novamente essa imagem? Obrigada pela atenção e ajuda. Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será isto? http://aproveitaravidaja.blogspot.pt/2013/10/pinturas-com-mao-ou-o-pe-20-ideias.html

      Bjs

      Eliminar
  16. Isso mesmo!!! Muito obrigada ;) Acho o coelho um mimo muito giro para os cartões da 1ª Páscoa da pequenina. Desde já agradeço a sua disponibilidade e brevidade na resposta, foi 5 *. Beijinhos (depois envio-lhe uma foto o resultado final)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá novamente.

      Calhou ver logo porque estava no computador. Nem sempre é assim.

      Depois gostava muito de ver o trabalho.

      Bjs

      Eliminar
  17. Boa tardes
    Estava a procura de uma receita de crepes sem ovos, pois o meu filho é alégico aos ovos, e dei com este site que acho um mimo, parabéns.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…

Organização do móvel da cozinha - antes e depois

Organização é um tema que gosto bastante de falar aqui no blog. Não faço tantos posts quanto gostaria mas isso não quer dizer que não vá fazendo pequenas organizações aqui e acolá. Gosto de ler tudo o que está relacionado porque os benefícios que me tem trazido são imensos. São eles:
- Redução de stress  e ansiedade; - Menos acumulação de tralha se existir um lugar para cada coisa; - Maior produtividade (porque não perdemos tempo a procurar coisas); - Maior rapidez nas limpezas; - Mais descanso ou momentos de lazer;
Mas com isto não quero dizer que a organização se faz num abrir e fechar de olhos. Leva tempo, garanto-vos. Primeiro porque não se consegue fazer tudo de uma vez (para ser bem feito, há que pensar bem no que se pretende) e, segundo, porque a organização escolhida pode não resultar. É mesmo na tentativa-erro. 
Cá em casa há ainda muito que fazer mas com calma e um bocadinho de cada vez, conseguimos uma maior fluidez no dia-a-dia.
Um dos cantinhos que há muito "gritava…