Avançar para o conteúdo principal

Como tenho reduzido a minha pegada ecológica

 
De volta a este cantinho com mais um post para vos falar de algo a que me tenho dedicado nos últimos anos, reduzir a minha pegada ecológica.

Todos temos a responsabilidade de cuidarmos do nosso planeta. Infelizmente gastamos os seus recursos a uma velocidade vertiginosa. Não sei que futuro terá o meu filho se actualmente já nos deparamos com problemas graves como estes.

Não podemos pensar que não somos responsáveis por tudo o que está a acontecer e que as nossas acções e escolhas não têm um impacto negativo no planeta. Não podemos pensar que ao deitarmos o lixo fora, ele desaparece por artes mágicas ou que tomarmos um banho de imersão todos os dias não tem impacto no planeta.

É por isso urgente que todos façamos mudanças. Tornarmo-nos consumidores mais conscientes, reduzirmos o nosso desperdício e o consumo de água são alterações que farão toda a diferença para, pelo menos, atenuar os problemas que vivenciamos actualmente.

Seguir a prática dos 5R's é essencial.
  1. Recusar aquilo que não necessitamos (Refuse)
  2. Reduzir o que necessitamos (Reduce)
  3. Reutilizar aquilo que consumimos (Reuse)
  4. Reciclar aquilo que não conseguimos recusar, reduzir ou reutilizar (Recycle)
  5. Fazer compostagem (Rot)
E tem sido isto que tenho feito nos últimos tempos. Muito influenciada pelo estilo de vida minimalista, tornei-me acima de tudo numa consumidora mais consciente e tenho procurado mudar hábitos e comportamentos.

Deixo-vos, por isso, uma lista [e um vídeo] daquilo que tenho feito, em conjunto com a minha família, para reduzir a nossa pegada ecológica. Espero que vos ajude e influencie a fazerem mudanças desse lado também. 

Como tenho reduzido a minha pegada ecológica


1 - Uso guardanapos de tecido (que são também usados para embrulhar o lanche do Tiago)
3 - Uso frascos de vidro para guardar alimentos (muitas vezes de reutilização)
4 - Recuso sacos sempre que possível
5 - Passei a usar sabonete em vez de gel de duche (compro os que vêm em embalagem de papel)
6 - Troquei para champô sólido (e até gosto mais do que o convencional)
7 - Passei a usar lenço de tecido em vez dos de papel
8 - Uso sacos de algodão para trazer frutas e legumes (podem ver aqui)
9 - Uso sacos reutilizáveis para as compras
10 - Mudei para palhinhas de aço inoxidável (as minhas são daqui)
11 - Uso caixas de vidro para guardar alimentos
12 - Uso produtos de limpeza naturais (vinagre e bicarbonato de sódio são os mais usados)
13 - Uso discos desmaquilhantes em tecido
14 - Passei a consumir menos carne
15 - Compro local
16 - Compro sazonal
17 - Faço reciclagem de lixo
18 - Opto alimentos a vulso sempre que possível
19 - Evito comprar pacotes com doses individuais lá dentro
20 - Uso esponja vegetal para a loiça (daqui)
21 - Sempre que preciso de algo, procuro primeiro em 2ª mão
22 - Raramente pinto as unhas
23 - Reutilizo sacos de plástico já existentes
24 - Compro cotonetes com cabo em papel
25 - Compro a granel sempre que possível
27 - Uso pouca maquilhagem e com embalagem reciclável sempre que possível
29 - Cultivo as minhas ervas aromáticas
30 - Reduzi drasticamente a quantidade de presentes que ofereço
31 - Os presentes que ofereço são feitos em casa e com embrulhos recicláveis
32 - Não compro legumes e hortaliças já lavadas (faço-o em casa com vinagre)
36 - Estou a criar um armário cápsula (consumo mais consciente)
37 - Coloquei "publicidade aqui não" na caixa do correio
38 - Uso redutores de caudal nas torneiras
39 - Reduzi a temperatura e o caudal do esquentador
41 - Fiz depilação a laser (deixei de comprar ceras, lâminas e afins)
42 - Reduzi consumos energéticos (menos temperatura nos aquecedores, luzes desligadas quando não estamos na divisão, carregadores desligados assim que os aparelhos ficam com a bateria carregada, evitamos deixar aparelhos no standby, etc...)
43 - Procuro reduzir a compra de produtos processados, principalmente se tiverem óleo de palma na sua composição.
44 - Ando mais a pé
45 - Mudei o botão do autoclismo para um puxador (controlo melhor a água que sai)
46 - Passei a usar nozes de saponária como detergente de roupa
47 - Recuso comprovativos de multibanco e de pagamentos com cartão
48 - Opto por receber correspondência em formato digital 
49 - Vejo folhetos e catálogos online
50 - Seco a roupa ao ar livre
51 - Não tomamos banhos de imersão e os duches são rápidos
52 - Tento consertar algo que esteja danificado em vez de deitar fora.
53 - Tento cuidar melhor das coisas para que durem mais
54 - Estou mais atenta à manutenção dos eletrodomésticos

Como tenho reduzido a minha pegada ecológica [VÍDEO]

https://youtu.be/ZtL9xWmOicw

(cliquem na imagem para ver o vídeo)

E estas são as alterações que já fazem parte das nossas rotinas. Ainda há muito a fazer mas fico satisfeita por já ter conseguido mudar tanta coisa e de forma relativamente fácil.

Próximas mudanças a implementar: opção mais ecológica para tampões, pensos higiénicos e detergente de lavar a loiça (sem ser comercial). Tentar novamente fazer compostagem (a nossa mini-horta agradece). Testemunhos de quem já fez estas alterações são muito bem vindos. 

E por aí, que mudanças já fizeram?

Visitem a minha conta Instagram para terem acesso a uma oferta em parceria com a loja Círculo Bio.

*alguns produtos mencionados neste artigo foram oferecidos pela Círculo Bio

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Livros "A Arte de Organizar a sua Vida" e "Adeus Coisas"

O primeiro livro "A Arte de Organizar a sua Vida", da autora de Hideko Yamashita, explica o método DAN-SHA-RI. Este método não é mais do que a união de três expressões japonesas que resumem os pontos mais importantes na arte de organizar a vida. São elas:

1. DAN, limitar a entrada do que não merece estar na nossa vida

2. SHA, eliminar tudo aquilo que não precisamos

3. RI, vivência tranquila, desapegada de coisas, com foco no “ser” e não no “ter”

O segundo livro "Adeus Coisas", do autor Fumio Sasaki relata a experiência pessoal de como passou de uma vida cheia de stress e rodeado de objectos, para um dia-a-dia simples mas mais feliz.



A minha opinião sobre os livros é que ambos são bons, valem bem a pena a compra mas se tivesse que escolher um, seria o "Adeus Coisas". Passo a explicar.

O que encontrei de diferente neste livro é que mais do que despejar teoria de como devemos livrar-nos de tralha e os benefícios disso (quando já se leu alguma coisa sobre mi…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…