Avançar para o conteúdo principal

Ideias de lanches para os miúdos e uma receita [em VÍDEO] de granola com cereais puff

Estão com falta de ideias para o lanche dos vossos miúdos? Pois aqui fica uma lista com imensas opções, muitas delas já experimentadas com o meu filho. 

É claro que umas são mais saudáveis que outras mas podem sempre fazer versões caseiras. Não só controlam os ingredientes e as quantidades como podem ainda enriquecer nutricionalmente. 

Como extra trago-vos a receita da nossa granola caseira [em vídeo], feita com cereais puff. Uma excelente alternativa aos pseudo cereais excessivamente açucarados, que se vendem nos supermercados. Seguem então as sugestões.




Ideias de lanches para os miúdos

PÃO
O mais clássico de todos e aquele que mais vezes mando ao Tiago. Tento que seja pão de mistura ou de centeio e vou variando o recheio. Deixo algumas ideias fora do habitual queijo ou fiambre:
FRUTA
O ideal é que a fruta seja enviada sem ser cortada, para não perder nutrientes, por isso maçã, pêra ou banana são boas opções. O kiwi, por exemplo, pode ser apenas partido ao meio e comido com uma colher, os morangos podem ser enviados com o pé. Mirtilos ou uvas também são uma boa opção.

VEGETAIS
Palitos de cenoura ou pepino com queijo-creme ou hummus fez um sucesso com o Tiago (tenho uma caixinha pequena onde coloco o queijo-creme à parte). Também podem juntar numa caixinha tomate cherry com bolinhas de mozzarella.

PANQUECAS
Geralmente incluo fruta na massa das panquecas (maçã, framboesas, mirtilos ou banana) e raspas de limão ou laranja, para que fiquem mais saborosas. Também uso muitas vezes farinha de espelta ou de trigo integral. Depois costumo variar entre minipanquecas ou então duas panquecas grandes, mais fininhas para fazer uma espécie de sanduiche com compota ou nutella caseira. Costuma fazer muito sucesso.

ROLINHOS DE CREPES
Faço uma receita de crepes simples, barro com a nutella caseira, compota ou mel e canela. Enrolo num tubo e corto em várias tiras. O Tiago adora. 

WRAPS
Esta opção é excelente para levarem em passeios mas também vale como lanche para a escola. No primeiro caso, como serve de almoço, faço um recheio mais composto com atum, salmão, pescada ou frango (um destes), arroz, feijão, alface, tomate, abacate e queijo-creme. Na segunda opção convém que seja mais leve mas podem sempre incluir alface com queijo ou fiambre.



BOLACHAS E BISCOITOS CASEIROS
Há um sem número de receitas saudáveis por essa internet fora. É uma questão de escolherem uma da vossa preferência. Por aqui faço muitas vezes a olhómetro, seguindo algumas regras simples como não usar farinhas refinadas (opto por trigo integral, farinha de espelta ou outras similares), incluo quase sempre aveia, opto por adoçantes como o mel, coco ralado ou banana, se uso cacau é sempre puro e o chocolate é sempre do de 70%. Se usar açúcar, é sempre do mascavado. Deixo uma receita que fiz há algum tempo e que fez sucesso. 

BOLOS OU MUFFINS CASEIROS
Se repararem, sempre que falo de opções doces, refiro que devem ser caseiras. As opções comerciais estão muito longe de serem saudáveis, não só por terem mil e uma variações de açúcar e gordura mas também por incluirem demasiados aditivos químicos. Assim deixo-vos algumas receitas já partilhadas no blog.



CROISSANTS CASEIROS
Já fiz esta receita inúmeras vezes e é sempre um sucesso. Podem depois rechear a gosto. Por aqui o mais habitual é ser misto. Fica a receita.

FRUTOS SECOS E SEMENTES
O Tiago gosta muito, principalmente nozes, por isso volta e meia mando uma caixinha pequena com nozes, amêndoas, sementes de abóbora e passas, ameixas ou alperces secos (sem adição de xarope de açúcar).

GRANOLA CASEIRA COM CEREAIS PUFF
E aqui está a receita da granola que fazemos cá em casa. O Tiago gosta muito. Já fiz uma versão de chocolate, adicionando cacau puro mas esta versão do vídeo é a nossa preferida. Costumo juntar ao iogurte que tenho comido todas as manhãs e o Tiago já comeu com leite. Para a escola costumo mandar numa caixinha à parte e ele pode depois juntar ao iogurte se quiser, ou então consumir mesmo assim, sem nada. Fica o vídeo com o passo-a-passo.

[CLIQUEM NA FOTO PARA VEREM O VÍDEO]
Granola_caseira_com_cereais_puff


IOGURTES
Por aqui fazemos iogurtes caseiros muitas vezes mas também compramos os comerciais. Hoje em dia há opções bastante saudáveis, é uma questão de sabermos escolher. Quanto compro, opto pelos biológicos e com a menor quantidade de ingredientes possível. Afinal, iogurtes simples só levam leite e fermentos lácteos. Se quiserem experimentar fazer em casa, deixo-vos o link de como fazer e algumas receitas bem deliciosas.
BATIDOS
Idealmente, os batidos devem ser consumidos assim que são feitos, para não perderem propriedades. Por aqui opto por fazê-los para o pequeno-almoço do Tiago e só enviar para a escola em casos pontuais. Costumo usar papas de aveia ou de millet para os engrossar (feitas com antecedência), junto uma ou duas peças de fruta e adiciono sempre um pouco de sumo de limão. Não só ajuda a enaltecer o sabor da fruta como também atrasa um pouco a oxidação. 

BARRAS DE CEREAIS
Não sou muito boa a fazer barras de cereais, pelo que simplifico fazendo a granola que vos expliquei acima. Mas se fizerem uma pesquisa, irão encontrar muitas receitas saudáveis e de agrado ao palato da criançada. Também há várias opções comerciais que não são más, é preciso é ler bem os ingredientes. Recentemente partilhei, na página de facebook, um artigo com o título "O açúcar escondido nos alimentos". Vale a pena lerem para perceberem que o que parece saudável pode muitas vezes não o ser.


PAPAS OU PUDINS
O famoso pudim de chia poderá ser um lanche bem saúdavel. Por aqui não utilizamos porque não nos damos muito bem com essa semente mas pode ser uma opção bem interessante e diferente para os miúdos comerem. Como não uso chia, faço papa de millet, aveia ou maizena, com fruta e mel,para dar cor e sabor. Trituro as duas primeiras muito bem para ficar cremoso e coloco em frascos no frigorífico. Podem depois colocar fruta fresca e um pouco da granola em cima. Quase parece uma sobremesa.

E são estas as opções de lanches infantis que vos deixo. Têm outras? Partilhem nos comentários.



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…

Livros "A Arte de Organizar a sua Vida" e "Adeus Coisas"

O primeiro livro "A Arte de Organizar a sua Vida", da autora de Hideko Yamashita, explica o método DAN-SHA-RI. Este método não é mais do que a união de três expressões japonesas que resumem os pontos mais importantes na arte de organizar a vida. São elas:

1. DAN, limitar a entrada do que não merece estar na nossa vida

2. SHA, eliminar tudo aquilo que não precisamos

3. RI, vivência tranquila, desapegada de coisas, com foco no “ser” e não no “ter”

O segundo livro "Adeus Coisas", do autor Fumio Sasaki relata a experiência pessoal de como passou de uma vida cheia de stress e rodeado de objectos, para um dia-a-dia simples mas mais feliz.



A minha opinião sobre os livros é que ambos são bons, valem bem a pena a compra mas se tivesse que escolher um, seria o "Adeus Coisas". Passo a explicar.

O que encontrei de diferente neste livro é que mais do que despejar teoria de como devemos livrar-nos de tralha e os benefícios disso (quando já se leu alguma coisa sobre mi…