Avançar para o conteúdo principal

Ementa e preparação da semana #2

EMENTA_E_PREPARAÇÃO_DA_SEMANA
Esta semana trago-vos uma foto ainda mais composta da preparação da semana. Mas o propósito não é mostra-vos que sou a super mulher e que faço imensas coisas num domingo de manhã. As fotos servem para mostrar o poder de fazer um menu ou ementa semanal e também para dar algumas dicas preciosas para quem não tem pachorra nenhuma para fazer refeições para a semana (mas sente que precisa de gerir melhor o tempo) ou para quem simplesmente já tentou mas não conseguiu manter o ritmo e ficou frustrado.

Primeiro que tudo, nunca é demais lembrar que, por trás daquilo que vemos nas redes sociais, há sempre uma vida real, que não é assim tão perfeita como se mostra. Nem sempre tenho vontade de fazer tudo isto para ter uma semana mais descansada. Já aconteceu (e acontece) tomar o pequeno-almoço no sofá e depois ficar por lá, sem mexer uma palha até à hora do almoço. E se calhar nesses momentos, estão alguns de vocês na cozinha a preparar tudo direitinho.  A realidade é isto. Temos momentos em que fazemos tudo e outros em que a preguiça fala mais alto. E não há problema nenhum com isso. Aliás, decidi passar a fazer estas ementas mais detalhadas primeiro que tudo para me motivar a fazer sempre alguma coisa com antecedência. E tem sido muito positivo porque ganho um tranquilidade não só para mim mas para o resto da família.

Também é preciso dizer que muitas vezes preparar uma semana não significa fazer várias refeições com antecedência, basta simplesmente adiantar algumas tarefas que reduzem o tempo de preparação da comida, no dia específico. E que podem ir fazendo uma ou outra coisa, que leva 5 minutos a preparar, antes da manhã em que normalmente deixam tudo orientado. Esta semana foi assim para mim.

EMENTA_E_PREPARAÇÃO_DA_SEMANA_com_dicas

A alface, o tomate, as uvas, o abacaxi e os cogumelos foram cinco alimentos que lavei e preparei no sábado, enquanto o jantar estava a cozinhar.  Ainda aproveitei a casca do abacaxi para fazer a bebida para o almoço de domingo. Depois é que fiz tudo o resto. Fica o menu e a preparação. No final do post podem ler as tais dicas que falei acima e que ajudam a poupar algum tempo mesmo sem fazerem preparação nenhuma.





Ementa

2ª feira - Esparguete do mar

3ª feira - Frango com arroz fingido de couve-flor, brócolos e cenoura

4ª feira - Almôndegas com arroz e salada

5ª feira - Salada de grão com millet e queijo feta

6ª feira - Polvo à Lagareiro

A orientação

Comecei por colocar no forno um frango, que temperei com sal, alho, limão e azeite. Optei por fazer o frango inteiro porque parte dele foi para congelar e usar noutras refeições e o que sobrou do almoço de Domingo, usei em duas refeições da semana, uma num almoço e outra no jantar de terça. Deixei-o cozinhar durante 3 horas, a uma temperatura baixa (120ºC a 150ºC). Enquanto isso, descasquei e cortei vegetais e legumes para a sopa. Fiz uma base de abóbora porque tinha imensa para gastar. Leiam no menu anterior como faço para me organizar em relação às sopas. Esta semana fiz uma com acelgas e outra com couve-coração.

EMENTA_E_PREPARAÇÃO_DA_SEMANA_com_dicas

Enquanto a sopa cozinhava, preparei o arroz fingido. Triturei meia couve-flor com uma cenoura grande, 1/4 de pimento amarelo e um bocadinho de brócolos. Juntei um dente de alho, uma cebola roxa pequenina e um raminho de coentros. Salteei depois o preparado numa frigideira com um pouco de azeite. Temperei com sal e pimenta. Eu gostei muito do resultado e esta foi uma tentativa para variar um pouco os acompanhamentos e adicionar mais vegetais às refeições. O resto do pessoal comeu mas não como se fosse uma pizza cheia de queijo, se é que me entendem.

Feito isto, dediquei-me a preparar o molho de tomate para as almôndegas. Aproveitei umas beringelas que tinha no frigorífico para enriquecer o molho (como trituro o molho, ninguém dá por nada) e comecei por salteá-las com cebola e alho, num pouco de azeite. Quando ficaram moles, juntei o tomate e temperei com sal e oregãos. Depois de tudo triturado, juntei um pouco de mel para cortar a acidez do tomate.

Próximo passo, maionese de alho e coentros, para juntar a uma salada russa (comemos num almoço). Aqui fica a receita caseira que já tinha publicado. A diferença é que deixei de usar óleo e passei a usar azeite.


EMENTA_E_PREPARAÇÃO_DA_SEMANA_com_dicas
Falta apenas tratar do crepes de espinafres porque ainda tinha um resto no frigorífico e que precisavam mesmo de ser usados. Usei esta receita mas com algumas adaptações. Usei farinha de trigo sarraceno e em vez de leite usei soro de iogurte. Ficaram óptimos. O recheio foi depois feito no dia, com alface, tomate cereja, frango, millet e queijo-creme. Uma delícia.

Para terminar, preparei umas maçãs reinetas para irem ao forno, assim que o frango estivesse pronto. Ainda fiz umas bolachinhas de coco (não partilho a receita porque foi tudo a olho e já não me lembro) e no final disto tudo ir ao forno, usei o calor residual para deixar iogurtes a fazer.

Durante a noite de domingo, ainda deixei millet de molho, que cozinhei na manhã de segunda-feira. Utilizo-o para variadas situações, desde batidos a acompanhamentos e até sobremesas.

EMENTA_E_PREPARAÇÃO_DA_SEMANA_com_dicas


Foi isto que andei a preparar a semana passada. Para as pessoas que não tem paciência para estas coisas mas que, ainda assim, precisam de se organizar melhor, deixo algumas sugestões que ajudam a poupar imenso tempo.

- lavar fruta e legumes assim que são comprados
- cortem cebola e congelem
- piquem alho e deixem em azeite
- preparem molho para saladas (num frasco pequeno junto sal, azeite e vinagre)
- tenham alguma mistura de vegetais no congelador (salvam-me em tantas situações)
- cozinhem a mais para poderem ir tendo algumas refeições congeladas (para a semana irão ver o poder desta dica)

Espero que vos ajude e que tenham uma excelente semana. Qualquer dúvida ou sugestão, já sabem, usem a caixinha dos comentários.





Comentários

  1. Eu adoro sempre as tuas sugestões e dicas. Eu esta semana ainda não irei fazer ementa, porque estaremos de férias. Embora a minha filhota já esteja na escola. Mas 6ªf que vem, irei sentar-me e colocarei a ementa em prática. Faz-me falta! A única coisa que mantenho mesmo em férias, são os inventários. Tenho falado neles no blog. beijinhos

    https://saboresdoninho.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cláudia.

      Obrigada pelo carinho. Realmente preparar a semana faz muita diferença e ter inventário feito é meio caminho para pouparmos uma boa quantia na carteira.
      Bjs

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Livros "A Arte de Organizar a sua Vida" e "Adeus Coisas"

O primeiro livro "A Arte de Organizar a sua Vida", da autora de Hideko Yamashita, explica o método DAN-SHA-RI. Este método não é mais do que a união de três expressões japonesas que resumem os pontos mais importantes na arte de organizar a vida. São elas:

1. DAN, limitar a entrada do que não merece estar na nossa vida

2. SHA, eliminar tudo aquilo que não precisamos

3. RI, vivência tranquila, desapegada de coisas, com foco no “ser” e não no “ter”

O segundo livro "Adeus Coisas", do autor Fumio Sasaki relata a experiência pessoal de como passou de uma vida cheia de stress e rodeado de objectos, para um dia-a-dia simples mas mais feliz.



A minha opinião sobre os livros é que ambos são bons, valem bem a pena a compra mas se tivesse que escolher um, seria o "Adeus Coisas". Passo a explicar.

O que encontrei de diferente neste livro é que mais do que despejar teoria de como devemos livrar-nos de tralha e os benefícios disso (quando já se leu alguma coisa sobre mi…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…