Avançar para o conteúdo principal

Sweet Monday* - 5 questões que me ajudam a destralhar [e uma dica]

5_questões_que_me_ajudam_a_destralhar
Se há coisa que me tem ajudado a ter um dia-a-dia mais pacífico, é sem dúvida, destralhar. Eliminar objectos (e ser muito mais selectiva no que entra cá em casa) ajuda-me não só a libertar espaço mas a libertar tempo, que no fundo é o mais importante. Gosto muito de cuidar da minha casa, mas não ao ponto de ser escrava dela.

Decidir o que fica, o que vai e qual o melhor método para organizar não é um processo rápido nem fácil, mas com o tempo vou ficando cada vez melhor a fazê-lo. O que me tem ajudado imenso a simplificar e acelerar as decisões são estas cinco questões, que faço sempre que estou a livrar-me de tralha. 

1 - Uso este artigo com regularidade?
Esta questão ajuda-me não só a decidir o que sai cá de casa mas também o que entra. Foram muitas as vezes em que o número de utilizações de um artigo não justificou a sua compra. 

2 - Poderá outro objecto fazer a mesma função?
Em caso de responderem não à primeira pergunta mas ainda assim ficarem na dúvida se deve ir, façam esta segunda. Imaginem que se livram do artigo que usam poucas vezes mas que entretanto faz falta. Como resolveriam a situação? Haverá outro objecto que poderá fazer a mesma função? A propósito deste ponto, partilharei durante esta semana, no facebook, uma dica que mostra isto na prática. 

3 - Estou a guardar este artigo porque pode fazer falta?
Embora coloque esta questão em terceiro, é das primeiras que faço. Tem sido assim que tenho dado/vendido muita coisa. Se já me fez falta alguma coisa depois de a ter tirado cá de casa? Sim. Morri por causa disso? Felizmente, não. Procuro sempre outras soluções e haverá sempre volta a dar. O saldo tem sido positivo.

4 - Este objecto justifica o espaço que ocupa?
Não é a pergunta que faço com mais frequência porque aplico-a muito a peças de mobiliário, mas digo-vos que a resposta negativa a esta questão já evitou a compra de alguns móveis e ajudou-me a decidir doar outros que tinha e não precisava (uma estante da sala, outra da cozinha, outra do hall e uma sapateira).

5 - Este objecto justifica o tempo que perco a limpá-lo?
Esta questão tem-me ajudado a ser mais minimalista no que toca a objectos decorativos. Se é algo que nem está muito de acordo com o tipo de decoração que gostamos e ainda tenho de perder tempo a limpar, então é para ir. A rotina de limpar o pó é mais rápida e fico livre para fazer actividades que gosto. 
5_questões_que_me_ajudam_a_destralhar

A DICA
Já há alguns anos que tenho esta cesta na entrada (mais um daqueles tesouros que a minha sogra guardava no sotão), onde vou colocando objectos que são para doar. Sempre que algo deixa de servir ou já não precisamos e que ainda está em boas condições, vai para lá. Quando enche, está na altura de levar a quem precisa. 

E assim tenho conseguido deixar a minha casa mais leve e organizada. Espero que vos ajude também.

Comentários

  1. Olá Anabela, tenho lido bastante sobre desapego e destralhe. E embora pense estar no bom caminho, sinto que há ainda muito para sair de casa. Achei a dica da cesta à porta, fantástica! boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vale a pena experimentares Val. Tem ajudado muito a tornar o processo de destralhar mais rápido e eficaz.
      Bjs

      Eliminar
  2. Eu decidi tirar um objeto por dia cá de casa e tem dias que tiro até muito mais! Tenho partilhado no nosso blog de família e até ao fim do ano pelo menos 365 objetos sairão das nossas vidas. Na realidade, interessa mesmo é que não entrem outros 365, mas o facto de andarmos entusiasmados a destralhar, ajuda-nos a recusar a entrada de mais tralha em casa ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida que o que interessa mesmo é a segunda parte. Não deixar entrar tanta tralha em casa.
      Bjs

      Eliminar
  3. Olá, só hoje descobri o site da Anabela. Faço o meu detergente para a roupa já há algum tempo. Na composição entra o Borato de sódio, ora este compro na farmácia, mas sai muito caro. Pergunto: sabem onde comprar este produto? Na farmácia 120 g fica por: 4 pacotes de 30 gr a 0.80 centimos = 3,20. Faço o carborato de sódio, através da desidratação do bicarbonato de sódio. Coloco 120 gr ao lume e logo que borbulhe, transforma-se em carborato. Obrigada por alguma dica que me possa ajudar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu é que agradeço a dica que partilhou aqui. Quanto ao borato de sódio, comprei na farmácia mas se achar muito caro, poderá tentar fazer esta receita da Carla http://blogdacarlacapricho.blogspot.pt/2012/10/como-fazer-detergente-liquido-para.html
      Espero ter ajudado.
      Bjs

      Eliminar
  4. Anabela,

    "Este objecto justifica o espaço que ocupa?" - Gostei dessa parte, me ajudará bastante. :)

    Abraços,
    Simplicidade e Harmonia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá.

      Pois, é sempre uma frase que me faz limitar muitos dos objectos que poderiam aumentar a tralha cá de casa. Tem sido uma grande ajuda.

      Bjs

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Livros "A Arte de Organizar a sua Vida" e "Adeus Coisas"

O primeiro livro "A Arte de Organizar a sua Vida", da autora de Hideko Yamashita, explica o método DAN-SHA-RI. Este método não é mais do que a união de três expressões japonesas que resumem os pontos mais importantes na arte de organizar a vida. São elas:

1. DAN, limitar a entrada do que não merece estar na nossa vida

2. SHA, eliminar tudo aquilo que não precisamos

3. RI, vivência tranquila, desapegada de coisas, com foco no “ser” e não no “ter”

O segundo livro "Adeus Coisas", do autor Fumio Sasaki relata a experiência pessoal de como passou de uma vida cheia de stress e rodeado de objectos, para um dia-a-dia simples mas mais feliz.



A minha opinião sobre os livros é que ambos são bons, valem bem a pena a compra mas se tivesse que escolher um, seria o "Adeus Coisas". Passo a explicar.

O que encontrei de diferente neste livro é que mais do que despejar teoria de como devemos livrar-nos de tralha e os benefícios disso (quando já se leu alguma coisa sobre mi…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…