Avançar para o conteúdo principal

Sweet Monday* - 10 dicas para se conseguir levantar cedo

Na semana passada falei-vos das vantagens de levantar cedo. Hoje deixo-vos algumas dicas que ajudam a fazê-lo, para que não seja um sacrifício tão grande. Todas a sugestões que vos trago são usadas por mim. Quando não coloco algumas delas em prática, acabo por me levantar mais tarde do que gostaria. 

#1 Deite-se cedo
Não há grandes explicações. Se querem que seja mais fácil levantarem-se cedo, têm mesmo de se deitar cedo. Só assim o corpo tem o descanso que precisa. Quando me deito tarde, é mesmo muito difícil sair da cama pelas 6h00/6h30. O corpo precisa do descanso. Por aqui deito-me, regra geral, pelas 22h30, máximo 23h00.

#2 Tenha uma rotina de sono certa 
Isto é muito importante porque permite que o corpo se habitue a um ciclo de sono certinho. Além de ser benéfico para o descanso cerebral, o que significa que acordam com mais energia, também é vantajoso porque acabam por acordar naturalmente, sem ajuda de despertador (embora ele esteja lá preparado para tocar, no caso de isso não acontecer).

#3 Mantenham o despertador (ou telemóvel) longe da cama
A razão é simples. Terão de se levantar para o desligarem. O facto de já estarem levantados evita que fiquem na cama só mais uns minutos.

#4 Deixe a luz natural entrar pela janela (de manhã)
A melatonina, uma hormona que nos ajuda a adormecer, é segregada durante a noite. Isto ajuda a que durante o sono, o nosso cérebro possa descansar e recuperar bem de toda a actividade do dia anterior. De manhã, há um processo inverso, em que a hormona segregada é o cortisol, que prepara o nosso corpo para sair do sono. Esta hormona é influenciada pela luz solar. Por isso, ao deixarmos os estores um pouco abertos, de forma a que o quarto vá clareando de forma suave, diminuímos os níveis de melatonina e aumentamos os níveis de cortisol . Assim, teremos um acordar mais fácil.

#5 Tome banho assim que sai da cama
Não sei como é a vossa rotina matinal mas por aqui vou para o duche assim que me levanto. Já tenho a roupa preparada na casa-de-banho (faço sempre no dia anterior) e assim não perco muito tempo. Ir para o duche assim que me levanto ajuda-me a despertar.

#6 Prepare uma mesa bonita para o pequeno-almoço
No dia anterior, deixo sempre tudo pronto. Não é preciso nada de especial mas além da habitual chávena, prato, guardanapo e colher, coloco sempre uma jarrinha com flores. Para alguns pode parecer parvoíce mas para mim é importante ter estes pequenos mimos, que ajudam a começar o dia da melhor forma.

#7 Faça exercício físico
Aviso já que detesto fazer exercício físico mas sei que quando o faço (por aqui são caminhadas), fico muito bem disposta e desperta. A razão é simples, fazer exercício físico aumenta os níveis de energia e faz o corpo produzir seratonina, a hormona que influencia o nosso humor.
#8 Prepare um bom pequeno-almoço
Poderá ser complicado para quem não consegue comer muito de manhã mas é nesta altura que o nosso corpo faz um melhor aproveitamento dos nutrientes que ingerimos, além que que ajudará a ficar com mais energia, logo mas desperto.

#9 Deixe o maior número de coisas preparadas no dia anterior
O objectivo de levantar cedo não é para limpar a cozinha que se deixou suja no dia anterior ou para escolher a roupa que se vai vestir ou para preparar algo que podia muito bem ser sido feito no anteriormente. Imaginem estarem na cama, o despertador tocar às 6h30 e lembrarem-se logo que têm a loiça por lavar ou que ainda têm de arrumar uma sala caótica. Nem dá vontade de sair da cama, certo? Pois bem, então preparem tudo o que conseguem no dia anterior. No meu caso, esta é a nossa preparação. A cozinha é limpa, a roupa é escolhida, a mochila do Tiago é preparada (por ele) e a mesa do pequeno-almoço é deixada já pronta. Por vezes arrumo a sala ou pelo menos tento deixar o mais arrumada possível. Não somos máquinas e às vezes há desarrumação, mas estes pequenos passos já começam a ser hábitos. Quando não acontecem, roubam-me tempo de lazer precioso.
#10 Tenha um objectivo/motivação
Esta dica, embora em último lugar, é a mais importante. Têm de ter algo que vos motive a sair da cama mais cedo. Para mim é poder ter alguns minutos de sossego, em que posso comer calmamente, ver televisão e escrever no meu bullet journal. Por vezes também é bom porque faço algumas tarefas simples, como estender roupa ou limpar o pó, o que permite que tenha a roupa em ordem e não tenha que fazer limpezas ao fim-de-semana.

Espero que estas dicas vos ajudem.

Comentários

  1. Eu não só acordo cedo mas como a toda a hora! Tenho cá uma bebe malandreca :)))
    Mas gosto de me levantar cedo, abrir as cortinas e tomar o pequeno almoço sossegada a olhar lá para fora. Adoro sair para trabalhar e abrir um bocadinho o vidro do carro para sentir o ar fresco no inverno ou quente no verão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo malandreca. Acordar a toda a hora não pode ser! Tens de lhe explicar o que é aceitável ihihih
      Agora a sério, também faço isso de olhar muito para o jardim e apreciar o silêncio.
      Bjs

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Olá Lígia.
      Provavelmente porque não é uma pessoa matinal. Basta reparar em que alguras do dia se sente mais produtiva e concentrada. Se for mais ao final do dia, está aí a prova de que não é uma pessoa matinal.
      Bjs
      P.S.: às vezes também não me apetece levantar cedo mas regra geral o dia corre melhor quando o faço.

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…

Livros "A Arte de Organizar a sua Vida" e "Adeus Coisas"

O primeiro livro "A Arte de Organizar a sua Vida", da autora de Hideko Yamashita, explica o método DAN-SHA-RI. Este método não é mais do que a união de três expressões japonesas que resumem os pontos mais importantes na arte de organizar a vida. São elas:

1. DAN, limitar a entrada do que não merece estar na nossa vida

2. SHA, eliminar tudo aquilo que não precisamos

3. RI, vivência tranquila, desapegada de coisas, com foco no “ser” e não no “ter”

O segundo livro "Adeus Coisas", do autor Fumio Sasaki relata a experiência pessoal de como passou de uma vida cheia de stress e rodeado de objectos, para um dia-a-dia simples mas mais feliz.



A minha opinião sobre os livros é que ambos são bons, valem bem a pena a compra mas se tivesse que escolher um, seria o "Adeus Coisas". Passo a explicar.

O que encontrei de diferente neste livro é que mais do que despejar teoria de como devemos livrar-nos de tralha e os benefícios disso (quando já se leu alguma coisa sobre mi…