Avançar para o conteúdo principal

O [meu] quarto


É a divisão da casa que mais gosto neste momento. Sinto-me sempre tranquila cada vez que lá entro. Aos poucos vai ficando como eu e o maridão gostamos. Felizmente estamos em sintonia quanto ao estilo decorativo. Branco de base com pinceladas de cor dadas pelas plantas, pelos materiais naturais e pelos [poucos] objectos decorativos. E é assim que, aos poucos, vamos alterando um espaço que outrora era pesado, com cores demasiado fortes e que pouco tinha a ver connosco. Estamos a ir no bom caminho.

O que falta fazer:

- mudar fotografias do quadro
- Pintar a minha mesinha de cabeceira
- Mudar a mesinha de cabeceira do maridão
- Comprar mais uma planta
- Mudar portas do roupeiro
- Mudar a altura dos cortinados
- Fazer almofadas decorativas com padrões suaves

Saiba mais sobre o meu dia-a-dia
 FACEBOOK | PINTEREST | INSTAGRAM

Comentários

  1. As fotos revelam um ambiente muito tranquilo, acolhedor e espaçoso. E que generosas dimensões tem o teu quarto :)
    Um espaço só é realmente sentido como nosso quando sentimos que traduz o nosso estado de espírito e a nossa forma de estar na vida. Ainda bem que tudo é passível de mudança.
    Penso que deve ser do teu conhecimento que não é aconselhável dormir diariamente com plantas no quarto, por libertarem dióxido de carbono.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Luarte.

      Tem sim, o quarto é enorme, assim como toda a casa. Tenho muita sorte, mesmo!

      Em relação às plantas, com estas não há problema. Até é bom tê-las no quarto porque libertam oxigénio durante a noite.

      Beijocas

      Eliminar
  2. Anabela, gosto muito!
    Acha que um dia pode fazer uma publicação com fotos a 360º, para dar uma noção do todo?
    E porque é que quer mudar a altura dos cortinados? Pergunto isto, porque mudei de casa há pouco tempo e nesta os varões estão colocados mesmo perto do teto!
    LP

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá LP.

      Quando o quarto estiver preparado, farei isso. Até lá só consigo mostrar alguns bocadinhos.

      Em relação aos cortinados poderá ver a razão nesta imagem http://www.apartmenttherapy.com/psa-hang-curtains-high-wide-elements-of-style-170163

      Já fiz isto num dos quartos e resulta muito bem. O quarto até fica mais iluminado.

      Cumprimentos

      Eliminar
  3. Se calhar é uma ideia ultrapassada, mas sempre ouvi dizer que as plantas à noite consomem oxigénio e libertam dióxido de carbono. Que apenas à exposição solar, durante a fotossíntese, é que libertam oxigénio. Estarei enganada?
    De qualquer forma, não faz mal estarem no quarto, dado que é um consumo mínimo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No caso de certas plantas como a que vês na imagem, não. Esta até liberta oxigénio de noite. Não há problema.

      Mas obrigada pela preocupação.

      Bjs

      Eliminar
  4. é lindo, deve de ser tão tranquilo dormir aí. :)))

    ResponderEliminar
  5. Olá Anabela o teu quarto transmite tranquilidade e realmente é muito espaçoso.
    Muito bom gosto, beijinho:)

    ResponderEliminar
  6. Olá Anabela :)
    Esse quarto é lindissimo!! Super confortante, gosto muito da harmonia do branco com o tom natural da madeira. Se me permites, eu nem mudaria a altura dos cortinados, gosto de os ver assim, colocava era entre cada janela um simples meio tranparente, já agora é bom vermos o exterior... sem que nos vejam a nós, eheh :)
    Tens que mostrar a cabeceira da cama e as mesinhas;) fiquei curiosa!
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida Lúcia.

      Essa harmonia que falas é do que gosto muito também. Os cortinados normalmente estão abertos, sem ter nada no meio porque temos uma vista de campo atrás. Apenas coloquei assim para a foto. Pendurar os cortinados mais alto traz mais luminosidade ao quarto. Para espaços pequenos é um truque para parecerem maiores. Ora vê esta imagem. https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/98/6b/61/986b613f4e917df1291300c7687b23a4.jpg

      A cabeceira da cama podes ver aqui http://www.aproveitaravida.pt/2015/01/tutorial-capa-para-cabeceira-da-cama.html.

      O resto ainda não está feito. Mas hei-de mostrar tudo a seu tempo.

      Bjs

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Organização do móvel da cozinha - antes e depois

Organização é um tema que gosto bastante de falar aqui no blog. Não faço tantos posts quanto gostaria mas isso não quer dizer que não vá fazendo pequenas organizações aqui e acolá. Gosto de ler tudo o que está relacionado porque os benefícios que me tem trazido são imensos. São eles:
- Redução de stress  e ansiedade; - Menos acumulação de tralha se existir um lugar para cada coisa; - Maior produtividade (porque não perdemos tempo a procurar coisas); - Maior rapidez nas limpezas; - Mais descanso ou momentos de lazer;
Mas com isto não quero dizer que a organização se faz num abrir e fechar de olhos. Leva tempo, garanto-vos. Primeiro porque não se consegue fazer tudo de uma vez (para ser bem feito, há que pensar bem no que se pretende) e, segundo, porque a organização escolhida pode não resultar. É mesmo na tentativa-erro. 
Cá em casa há ainda muito que fazer mas com calma e um bocadinho de cada vez, conseguimos uma maior fluidez no dia-a-dia.
Um dos cantinhos que há muito "gritava…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…