Avançar para o conteúdo principal

Guia de horta caseira - Beringela

Fonte
Nome 
Beringela (Solanum melongena) 

Época de sementeira 
De Setembro a Fevereiro 

Época de plantação 
As sementes podem ser semeadas em sementeiras, saquinhos de plástico ou copinhos de papel, realizando o transplante das mudas de berinjela quando estas estão com 8 a 10 cm de altura. A germinação das sementes ocorre numa ou duas semanas. O espaçamento ideal varia com o porte do cultivar e o clima da região (maior em clima mais quente, ligeiramente menor em clima mais ameno), podendo variar de 60 cm a 1 m entre as linhas de plantio e de 50 cm a 1 m entre as plantas.

Condições favoráveis

Esta planta necessita de alta luminosidade, com pelo menos algumas horas de sol direto diariamente. O solo deve ser bem drenado e rico em matéria orgânica, com pH entre 5,5 e 6,8. Irrigue com frequência para que o solo seja mantido húmido, sem que permaneça encharcado.
Dicas
As plantas de pequeno porte podem ser facilmente cultivados em vasos.

Pragas
Para pragas da beringela, esta é uma receita natural eficaz.

Extrato de pimenta do reino, alho e sabão

• 100 g de pimenta do reino
• 2 L de álcool
• 100 g de alho
• 50 g de sabão neutro

Prepara-se uma garrafa com 100 g de pimenta do reino e 1 L de álcool. Deixar por uma semana. Ao mesmo tempo, fazer outra garrafa com 100 g de alho e 1 L de álcool. Passada esta semana, dissolver 50 g de sabão neutro num litro de água quente. Apenas na hora de aplicação, juntar as três partes na seguinte proporção: 200 ml da garrafa de pimenta + 100 ml de garrafa de alho e toda solução de sabão podem ser diluídos em 20 L de água (um pulverizador costal).
A aplicação deve ser feita nas horas mais frescas do dia.


Benefícios 
- Promove a redução dos níveis de colesterol;
- Favorece a circulação e pressão sanguínea;
- Favorece a eliminação dos líquidos em excesso;
- Aumenta a eliminação de gorduras e reduz o seu armazenamento no organismo, sendo por isso, muito utilizada na diminuição de peso;
- Indicada para indigestões e prisão de ventre devido às suas propriedades fibrosas, laxantes e nutritivas.


Fontes: http://www.agriculturaorganica.xpg.com.br/
            http://www.hortas.info
           http://ervanariashalom.blogspot.pt

Comentários

  1. Olá Anabela!

    Embora já siga o seu blog há algum tempo, só hoje me apercebi da rubrica de jardinagem! Culpa minha, que sou despistada, lol. Enfim, já andei a ler a rubrica quase toda, porque adorava montar uma pequena horta em minha casa, mas infelizmente não tenho jeitinho nenhum para a jardinagem... Lembrei-me que talvez fosse interessante um post sobre o b-a-bá da jardinagem... Os básicos mesmo ( do género "o que plantar" para quem está a começar, como preparar a terra, que tipo de terra e fertilizante utilizar, etc)! Eu pelo menos iria adorar lê-lo. Fica a sugestão :)

    Um beijinho
    http://coisasquefaco2014.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá.

      Obrigada pela sugestão. Já tinha pensado em fazer um post bem simples sobre o que vou fazendo para ir tendo melhores resultados. Mas nada de muito complicado porque ainda sou uma naba nestes assuntos.

      Bjs

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Livros "A Arte de Organizar a sua Vida" e "Adeus Coisas"

O primeiro livro "A Arte de Organizar a sua Vida", da autora de Hideko Yamashita, explica o método DAN-SHA-RI. Este método não é mais do que a união de três expressões japonesas que resumem os pontos mais importantes na arte de organizar a vida. São elas:

1. DAN, limitar a entrada do que não merece estar na nossa vida

2. SHA, eliminar tudo aquilo que não precisamos

3. RI, vivência tranquila, desapegada de coisas, com foco no “ser” e não no “ter”

O segundo livro "Adeus Coisas", do autor Fumio Sasaki relata a experiência pessoal de como passou de uma vida cheia de stress e rodeado de objectos, para um dia-a-dia simples mas mais feliz.



A minha opinião sobre os livros é que ambos são bons, valem bem a pena a compra mas se tivesse que escolher um, seria o "Adeus Coisas". Passo a explicar.

O que encontrei de diferente neste livro é que mais do que despejar teoria de como devemos livrar-nos de tralha e os benefícios disso (quando já se leu alguma coisa sobre mi…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…