Avançar para o conteúdo principal

Brinquedos...

Olá a todos.

Pois, cá em casa já começam a ser demais o que faz com que o Tiaguinho não saiba muito bem como brincar, é que a escolha é muita, demasiada e isso prejudica a sua criatividade. Grande parte deles foram oferecidos desde que ele nasceu porque eu prefiro comprar livros e mais livros ou então brinquedos de madeira sempre que encontro.

Parece-me a mim que é já neste Natal que iremos escolher alguns (que ele não liga nem nunca ligou verdadeiramente) para doar e deixar algumas crianças mais felizes! Penso que é um óptimo hábito desde pequenino para evitar que caia nas garras do consumismo e materialismo.

Algum dos meus leitores costuma ter este hábito de doar brinquedos? Se sim, onde fazem? 

Deixo-vos com alguns dos brinquedos de madeira que ele tem com peças de encaixar, distracção que ele muito gosta.


Recentemente no aniversário recebeu dos papás, avós e prima estes daquela loja sueca  que eu tanto gosto:




Mas na realidade o que o Tiaguinho mais gosta de fazer é brincar no jardim, na terra, na água, enfim, na natureza. Ah e claro, fazer asneiras!!! (ihihih)

E por aí como brincam os vossos filhotes?

Comentários

  1. Post interessante este .
    Cá por casa são dois como deves imaginar os brinquedos são ainda mais então de modo que eles não se fartem e brinquem só com aqueles determinados ou seja os novos eu quando é natal ou aniversários que é quando geralmente recebem mais e ainda a ajudar eles fazem os dois anos perto do natal eu guardo numa caixa na garagem os mais antigos ... e depois !??!?! depois quando eles estão fartos daqueles que receberam no natal vou buscar os outros e troco ;) poupo dinheiro e eles tem sempre brinquedos novos ;) quando vejo que já não há muito interesse nalgum brinquedo dou aqui a uma igreja perto de minha casa ;) desculpa o testamento ;)

    ResponderEliminar
  2. No Natal costumam haver várias campanhas para doação de brinquedos. Em Tavira costuma haver «Natal Solidário» e há um local onde os podemos deixar. A minha filhota adora fazê-lo. É bom que ela goste de partilhar.

    ResponderEliminar
  3. Olá Anabela,

    Lá em casa antes do Natal e dos anos da Bia vamos as duas para o quarto e ela escolhe o que quer ficar e o que é para dar no fim entrego na Cruz Vermelha que é lá pertinho da minha casa.
    Bjs
    Betty

    ResponderEliminar
  4. O meu pequenito tb tem montanhas de brinquedos. Eu costumo dar no infantário onde ele anda.

    ResponderEliminar
  5. Os brinquedos são lindos! Qual é mesmo a loja?
    Tenho uma amiga que doou os brinquedos do filho ao IPO de Lisboa.
    Beijinhos
    Élia

    ResponderEliminar
  6. Olá Anabela :)

    Acho que fazes muito bem em apostar nos livros. Ocupam menos espaço em casa, e claro que o saber não ocupa lugar.

    Quanto aos brinquedos, costumo colocar nos contentores, em espaços comerciais, para o efeito.
    Mas no ano passado, a Igreja da minha freguesia, fez um peditório e doei lá. Pelos vistos é comum, e não é só por cá, é uma questão de te informares.
    Além disso, há sempre instituições de apoio às crianças que aceitam brinquedos, roupas...

    Quando podemos ajudar, acho que o devemos fazer. Fico fula quando ouço pessoas a dizer que queimaram tudo, brinquedos, roupas, etc, porque não querem ter mais filhos, é de lamentar.

    Beijinhos e um excelente fim-de-semana :)

    ResponderEliminar
  7. é muito verdade, os miudos tem muitos brinquedos e depois não ligam a nada e existe tantos que nada tem.se toda a gente pensa-se como nós tinhamos um mundo melhor.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Ainda não tenho filhotes, mas quando tiver, vou tentar fazer como tu e habituá-lo às coisas simples (e são sempre as melhores) da vida.
    Podes tentar ver alguma casa de acolhimento de crianças ou instituição da tua zona, para doares os brinquedos.
    Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  9. Eu tenho esse hábito sim.. e a Mariana ajuda sempre!!
    Este ao então tenho muita coisa para doar..
    Tenho entregue em igrejas, centros paroquiais, mas este ano estou virada para a CASA MÃE em Aveiras de Cima (Azambuja).
    Bom fds, bjs

    ResponderEliminar
  10. ola eu como ainda não tenho criança faço com a roupa que ja não usamos ca em casa e que ainda esteja em bom estado. pela altura do natal na empresa onde estou tem um local para deixarmos artigos que ja não queremos para doar a segurança social local para poder distribuir por quem mais precisa, no resto do ano, tenho ido a cruz vermelha entregar. mas existe muitos sitios onde se pode entregar.
    aproveito para dar os parabens pelo blog.bj

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Livros "A Arte de Organizar a sua Vida" e "Adeus Coisas"

O primeiro livro "A Arte de Organizar a sua Vida", da autora de Hideko Yamashita, explica o método DAN-SHA-RI. Este método não é mais do que a união de três expressões japonesas que resumem os pontos mais importantes na arte de organizar a vida. São elas:

1. DAN, limitar a entrada do que não merece estar na nossa vida

2. SHA, eliminar tudo aquilo que não precisamos

3. RI, vivência tranquila, desapegada de coisas, com foco no “ser” e não no “ter”

O segundo livro "Adeus Coisas", do autor Fumio Sasaki relata a experiência pessoal de como passou de uma vida cheia de stress e rodeado de objectos, para um dia-a-dia simples mas mais feliz.



A minha opinião sobre os livros é que ambos são bons, valem bem a pena a compra mas se tivesse que escolher um, seria o "Adeus Coisas". Passo a explicar.

O que encontrei de diferente neste livro é que mais do que despejar teoria de como devemos livrar-nos de tralha e os benefícios disso (quando já se leu alguma coisa sobre mi…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…