Avançar para o conteúdo principal

E da festinha...

Olá a todos.

Ora o post de hoje é para falar um bocadinho da festinha do meu pequerrucho que está a crescer a olhos vistos. Já passou um ano, nem quero acreditar, como o tempo voa. Parece que foi ontem que o vi pela primeira vez, senti o seu cheiro, a sua pele suave, uma ternura. E naquele momento mágico a minha vida mudou, para melhor, claro! Ai, só de lembrar já fico emocionada...

Quanto à "favinha", está muito traquinas (ainda bem, é bom sinal) e  muito desenvolvido, mas do meu tesourinho falarei noutro post dedicado inteiramente a ele :)

Por agora ficam apenas algumas fotos da festinha, que correu lindamente. Não fiz nenhum tema, apenas optei por fazer uma decoração colorida na parede da sala e encomendei um bolo com decoração do Pocoyo, simplesmente porque além de ser colorido, tem alguns animais, que o Tiago adora. 

Portanto foi isto:

 Mesa com muitos docinhos, alguns com etiquetas para se saber o que é.

 Mais alguns doces antes de irem para a mesa
(seguem receitas nos próximos posts)


A decoração principal


As ofertas, muito simples, para os convidados 
(uma foto a agradecer a presença e uma espetada de gomas caseiras)


O Bolo (feito por uma vizinha minha)


E claro, o principal, o aniversariante!
Amor mais lindo da mamã :)
(desculpem estar de costas mas já sabem que por aqui salvaguardo a sua segurança)


Desejo um dia alegre a todos


Comentários

  1. Olá!

    Parabéns ao pequerrucho!

    Beijinho, tenha uma boa noite e um bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  2. Juro que pensava que o teu Tiaguinho tinha mais idade. Afinal acabou de comemorar 1 aninho. Não me recordo mesmo de teres anunciado o seu nascimento. Será que ainda não tinhas blog nessa altura? Ai que já estou toda baralhada.
    Independentemente dos meus lapsos de memória, estava tudo muito bonito e gostei bastante da ideia das etiquetas nos doces.
    Parabéns à tua favinha :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Desculpa, a minha total azelhice, mas não é que eu comentei pensando que estava a comentar noutra blogger? Por isso é que estava a achar estranho. Claro que tens blog muito antes do Tiaguinho e tantas coisas partilhaste tu aqui enquanto andavas grávida. Eu estou mesmo mal :P
    Desculpa, Anabela.
    A segunda parte do comentário anterior é para manter :D
    Beijoquinhas

    ResponderEliminar
  4. Muitos Parabéns ao Tiago e a mamã que também merece :)
    Aproveita cada dia do Tiago, passa tão depressa, acredita!!Ainda ontem a L nasceu e já vai fazer 4 anos...

    Bj grande

    ResponderEliminar
  5. Parabéns ao Tiaguinho e ´´a mamão que preparou uma festa gira e com um aspecto delicioso!
    ;)
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Olá a todas.

    Obrigada pelas palavras :)

    Luarte, sim anunciei o seu nascimento. Simplesmente não coloco posts sobre datas especiais nos dias específicos, faço-o uns dias mais tarde.

    bjs

    ResponderEliminar
  7. Parabéns à mamã e ao Tiago! O bolo estava um espectáculo :)

    ResponderEliminar
  8. Nossa seus doces me deram água na boca, meu sonho é saber fazer todos esses dessa mesa, ehehe
    Por acaso você tem as receitas aqui no seu blog? Me manda o link?
    Obrigada,
    Abraços

    Melissa
    melissa@tdf.com.br

    ResponderEliminar
  9. Fiquei apaixonada com a mesa de doces...quanta coisa gostosa...tem receitas?? Estou babando, hehhehe!!
    Parabéns pela festa... linda!!!
    Bjs

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…

Livros "A Arte de Organizar a sua Vida" e "Adeus Coisas"

O primeiro livro "A Arte de Organizar a sua Vida", da autora de Hideko Yamashita, explica o método DAN-SHA-RI. Este método não é mais do que a união de três expressões japonesas que resumem os pontos mais importantes na arte de organizar a vida. São elas:

1. DAN, limitar a entrada do que não merece estar na nossa vida

2. SHA, eliminar tudo aquilo que não precisamos

3. RI, vivência tranquila, desapegada de coisas, com foco no “ser” e não no “ter”

O segundo livro "Adeus Coisas", do autor Fumio Sasaki relata a experiência pessoal de como passou de uma vida cheia de stress e rodeado de objectos, para um dia-a-dia simples mas mais feliz.



A minha opinião sobre os livros é que ambos são bons, valem bem a pena a compra mas se tivesse que escolher um, seria o "Adeus Coisas". Passo a explicar.

O que encontrei de diferente neste livro é que mais do que despejar teoria de como devemos livrar-nos de tralha e os benefícios disso (quando já se leu alguma coisa sobre mi…