Avançar para o conteúdo principal

Tiago e as pipocas

Olá a todos.

Lembram-se deste post? Pois bem, antes do Tiago nascer utilizávamos esta panelinha muitas vezes, depois dele nascer ficou parada durante uns tempos mas ultimamente tem voltado a servir muito. Cá em casa adoramos pipocas! Como a panela faz algum barulho a fazer as ditas cujas e para não acordar o Tiago, fazemos antes de o deitar e passamos nem que sejam 15 minutos no sofá os três de volta das pipocas. Eu e o papá comemos e ele mexe nelas que nem um louco. Assim que consegue agarrar uma farta-se de abrir e fechar a mão. Primeiro porque deve ser uma sensação diferente do que é costume e depois porque elas ficam coladas e ele deve querer que aquilo se solte. Muito giro de ver. Ao mesmo tempo vai desenvolvendo o tacto. É claro que temos de estar muito atentos para ele não meter nenhuma na boca, porque tentativas não faltam. Há-de chegar a altura em que as poderá comer, por enquanto terá de ser assim. Ficam algumas fotos (horríveis porque a máquina estava com a bateria em baixo e não consegui tirar em modo Motion).


 
Desejo um dia doce a todos.

Comentários

  1. O meu delira com pipocas, desde os 18 meses ou antes que lhas comecei a dar :)

    P.s.: Lembras-te do nome do filme adaptado do livro: nunca me esqueças?

    ResponderEliminar
  2. Especialmente Gaspas,

    Pois esse é o grande problema que tenho, não consigo encontrar o nome do filme. É que na altura vi apenas o fim e nem consegui saber o nome do dito cujo, depois acabei por não ir à net nessa altura ver a programação da RTP2 e pronto, foi assim que deixei passar o nome do dito cujo. Se achares tu diz-me qualquer coisa.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. A pedido de muitas famílias:...

    Não se trata de um filme mas sim de uma mini-série de 2 episódios.

    e o nome é....... "MARY BRYANT"

    Também conhecido com o título "The Incredible Journey of Mary Bryant"

    Mais info aqui:
    https://secure.wikimedia.org/wikipedia/en/wiki/The_Incredible_Journey_of_Mary_Bryant
    http://www.imdb.pt/title/tt0428134/

    ResponderEliminar
  4. Eh lá, realmente tenho um maridão fantástico! Mil vezes obrigada. Vou já dizer à Especialmente Gaspas.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  5. Olá marido (da Anabela) agradeço imenso!!!!!

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Finalmente consegui!!!

Olá a todos.

Há já algum tempo que pedi ajuda aqui no blog para perceber o que é que fazia mal quando tentava fazer pão em bolinhas. O post foi este e nele recebi uma ajuda preciosa da Humming. Na altura recusei-me terminantemente a comprar um máquina de fazer pão porque queria aprender a fazer sozinha. Bom, mas parece que a minha teimosia não venceu porque acabei por comprar uma.

De qualquer forma continuei com o mesmo problema, o pão fica massudo e nunca com aquele aspecto fofinho que vejo em muitos blogues. Acabei por me resignar à evidência de que o problema estaria no meu forno, ou, pelo menos, pensava eu.

Bom, mas o que quero contar é que no outro dia (não sei bem porquê) fiz uma coisa diferente que foi desfazer o fermento em cima da farinha em vez de o derreter na água morna. Então não é que a massa ficou muito melhor para moldar e as bolinhas ficaram fofinhas?! Nem queria acreditar! Será que andava a fazer isto mal o tempo todo? Fica aqui uma imagem das bolas fofinhas que me sa…

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…