Avançar para o conteúdo principal

Arca organizada

Olá a todos.

Tal como prometido cá venho mostrar como ficou a minha arca depois de cheia e organizada. Desde que pensei em comprá-la que sabia que a organização iria ser feita com caixas  e não com sacos. Tinha o péssimo exemplo da minha mãe que, coitada, cada vez que precisava tirar alguma coisa do fundo da arca, via-se aflita com tanto saco. Às tantas nem sabia o que tinha congelado. Pois bem, eu cá não irei ter esse problema porque com as caixas sei onde está tudo e fica de forma organizada. Aqui está ela:


 Em cada caixa escrevi o que guardo lá dentro com uma daquelas canetas que só se tira com álcool e assim não me perco, ficando tudo organizadito.

Pois bem, aqui fica a lista do que guardo dentro da dita cuja

- Legumes variados desde abóbora, cenoura, tomate, alho francês, couve-coração, couve-flor, courgette, feijão-verde, etc... (a maior parte do cultivo do meu papá)
 
- Frango do campo (que nada tem a ver com o frango regular, um sabor muito melhor)

- Massa para pizza (feita na MFP)

- Sacos de legumes para sopa

- Sacos de legumes para jardineira

- Sacos de legumes para receitas vegetarianas (quiches, massas, etc.)

- Saquinhos com legumes para fazer arroz primavera

- Salsa e coentros congelados (para aquelas alturas em que não tenho plantado)

- Duas ou três refeições congeladas (pretendo fazer mais mas por enquanto ainda não consigo fazer isso)

- Sopas congeladas do Tiaguinho (só tenho para alguma emergência porque ele raramente come sopa que tenha sido congelada)

- Pão (Bolinhas feitas por mim e pão que já tinha comprado anteriormente)

E pronto, de momento está assim e penso que a organização é fácil de manter. A minha mamã gostou tanto que vai implementar também, isto porque já está pelos cabelos com a porcaria dos sacos.

Desejo um dia fresquinho a todos.

Comentários

  1. Acho que não conseguia ter uma arca horizontal... Esquecia-me das coisas do fundo por meses a fio!!

    Escolhi uma vertical grande, por isso e por achar mais prática!

    A minha sogra tem uma dessas e usa e guarda em sacos, de vez enquando lá a vejo revolver a arca para achar algo...

    :)

    ResponderEliminar
  2. Uma arca super organizada!!! Eu não tenho arca, mas o meu congelador é um Fim de Mundo ;o)))) eh eh

    ResponderEliminar
  3. Congelas cenoura? Nunca experimentei. Tenho é de adoptar esse sistema das caixas, a minha está tudo em sacos e é mesmo uma confusão, nunca encontro nada e depois cai tudo dos sacos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Tenho pena de não ter uma arca, mas não tenho espaço para ela.

    Está tudo muito organizado, parabéns!

    ResponderEliminar
  5. Eu não tenho arca, nem propriamente espaço para ela, mas no combinado também arrumo quase tudo em caixinhas, gostei muito da tua organização. Congelas todo o tipo de legumes?

    ResponderEliminar
  6. muito organizada! ;) gostei de ver!

    ResponderEliminar
  7. Excelente! Tenho muita dificuldade em manter a minha organizada até porque para apanhar as coisas do fundo tenho de quase me atirar de cabeça lá para dentro e também porque está na garagem (dentro de casa só tenho na arca do próprio frigorifico o que vou usando mais frequentemente). Sem dúvida uma arca inspiradora a tua!!

    ResponderEliminar
  8. Olá!

    Achei este espaço por acaso e gosto do que escreves. Muito util. Estou a seguir.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  9. Eu tenho muita salsa e coentros e não sabia que podia congelar...tens algum cuidado especial para que conservem o seu sabor?

    ResponderEliminar
  10. Vida Nova,

    Sim, congelo, já cortadinha que assim é só tirar e meter na comida. Depois tenho quase sempre algumas no frigorífico para utilizar em cru. A da arca é só para cozinhar.

    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Te,

    Ainda bem que gostaste. Espero que as minhas ideias te sejam úteis.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Tânia.

    Sim, podes congelar muitas ervas aromáticas. Não tenho grande cuidado, apenas as lavo antes e escorro muito bem. Mas atenção que as ervas aromáticas congeladas só são para utilizar nos cozinhados, não para ser utilizado a cru porque depois de descongeladas ficam moles.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Bem, que mimo. O resultado ficou extraordinário. Adorei!

    ResponderEliminar
  14. Olá Anabela,
    Eu também recorro à congelação e dá sempre muito jeito, além da economia quer de tempo, quer de dinheiro.
    Eu utilizo caixas e sacos, e como tenho um combinado grande, com 4 gavetas de boa capacidade, dá para separar bem o género de alimentos congelados.
    Passei por aqui, apenas para te sugerir ( espero que não leves a mal) e recomendar que utilzes caixas adequeadas à congelação, pois nem todas dão e consegues comprar no IKEA de boa qualidade e baratas.Vi que utilizas da Tupperware, mas não são as adequadas. Quando comprares vê sempre o símbolo que corresponde à congelação, tal como para o micro-ondas, pois além de permitirem o alimento congelar mais rapidamente, também não se partirão com tanta facilidade.
    Um beijinho
    Romã

    ResponderEliminar
  15. Muito inspirador.
    Também guardo tudo em caixas, é mais económico e ecológico.
    Também congelo tudo, desde cenoura, abóbora aos cubos, bróculos, alho francês, batatas já cortadas aos palitos, alho picado, cebola picada, salsa e coentros picados, espinafres, couve lombarda cortada aos quartos... tudo menos alface, grelos, fruta...agora não me lembro de mais.
    Beijinos
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ola como congela as batatas? cruas? só cortadas em palitos? obrigada

      Eliminar
  16. Olá Romã.

    Claro que não levo a mal mas olha, as caixas não são da Tupperware, nem sei de que marca são, se é que têm marca mas uma coisa sei, é que são sim adequadas à congelação pois têm os símbolos que falas, aliás, foi uma das minhas preocupações quando as comprei e foram baratinhas na mesma :)

    De qualquer forma obrigada pela preocupação.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  17. Olá! Gostei mto da arrumação, obrigada por partilhares. Tb ando a pensar comprar uma arca pq, tal como tu, acho q se poupa tempo e dinheiro... Será q me podias dizer qual é o modelo q tens? Parece-me estreita... Bjs, Fátima

    ResponderEliminar
  18. Cá em casa dos meus pais temos uma arca dessas, e tal como a tua mãe a minha tambem arruma tudo em saco. É uma porcaria e um stress. quando tiver a minha arca sem duvida que será por caixas tambem.

    ResponderEliminar
  19. Comecei há pouco a ler o blog e estou a adorar!!!
    Excelentes posts. Parabéns. Aconselho a escrever um livro. Bem-haja pelas dicas.

    ResponderEliminar
  20. Duas perguntas:
    Congelas os legumes em cru ou escaldas primeiro?
    A massa da pizza depois de descongelada estica bem? Pergunto porque me parece que está congelada em "montinhos".
    Obrigado pela partilha de dicas de organização! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Assunção.

      Aquilo que escaldo são apenas os brócolos, tudo o resto vai em cru. A massa de pizza estende lindamente. Só tenho que ter atenção a duas coisas, enfarinhar bem a massa antes de a guardar e deixar descongelar bem antes de esticar (ou seja, deve ser retirar umas boas horas antes de a utilizarmos). Tem sido uma maravilha. Faço 1kg de massa e depois divido em porções. Mesmo bom para aqueles dias que não apetece nada cozinhar.
      Bjs

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Livros "A Arte de Organizar a sua Vida" e "Adeus Coisas"

O primeiro livro "A Arte de Organizar a sua Vida", da autora de Hideko Yamashita, explica o método DAN-SHA-RI. Este método não é mais do que a união de três expressões japonesas que resumem os pontos mais importantes na arte de organizar a vida. São elas:

1. DAN, limitar a entrada do que não merece estar na nossa vida

2. SHA, eliminar tudo aquilo que não precisamos

3. RI, vivência tranquila, desapegada de coisas, com foco no “ser” e não no “ter”

O segundo livro "Adeus Coisas", do autor Fumio Sasaki relata a experiência pessoal de como passou de uma vida cheia de stress e rodeado de objectos, para um dia-a-dia simples mas mais feliz.



A minha opinião sobre os livros é que ambos são bons, valem bem a pena a compra mas se tivesse que escolher um, seria o "Adeus Coisas". Passo a explicar.

O que encontrei de diferente neste livro é que mais do que despejar teoria de como devemos livrar-nos de tralha e os benefícios disso (quando já se leu alguma coisa sobre mi…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…