Avançar para o conteúdo principal

Produtos de higiene do Tiaguinho III

Olá a todos.

Finalmente vou terminar de falar (por enquanto) dos produtos de higiene que uso para o Tiaguinho.  Já aqui tinha dito que uso fraldas reutilizáveis para o meu tesourinho que, devo dizer, não dá trabalho nenhum e foi a melhor coisa que podia ter feito. A máquina lava, eu estendo e o maridão apanha e mete os absorventes. Querem melhor? Com trabalho de equipa todos ganham :)

Mas o post não é sobre fraldas mas sim sobre aquilo que utilizo para limpar o rabiosque do Tiago quando saio de casa.  Depois de muita pesquisa a ver produtos decentes aqui e de ler comentários sobre os produtos lá me decidi por este, da California Baby que, segundo o link acima, tem um risco para a saúde de zero. Pesquisem pelo nome e poderão ver.
Gosto bastante porque além de ter produtos naturais, não tem perfume (Tem um cheiro agradável mas não é maravilhoso pois vem dos e de óleos essenciais) e posso limpar o rabiosque do Tiaguinho, quando não estou em casa, de forma simples e rápida. Utilizo os paninhos que já havia falado (ver imagem) e assim não preciso usar as "famosas" toalhitas. Quando troco a fralda meto as duas coisas no mesmo saco e lavo tudo junto na máquina, sem problema.
Ah e uso este spray desde que ele nasceu e o Tiago nunca fez alergia, por isso, boa compra (comprei através da Amazon).

Se houver questões digam nos comentários.

Desejo um dia suave a todos.

Comentários

  1. Parece-me uma bela opção...Se o Tiaguibho ainda não fez alergia é com certeza;)

    ResponderEliminar
  2. Estou a adorar o teu blogue mais e mais! Estou a criar um documento só com as receitas naturais para aplicar cá em casa! Já era fã dos sabonetes sólidos e líquidos do Dr. Bronner mas depois de ver a tua receita para fazer gel de banho para o teu tesouro... uau! Vou "roubar" a receita! Não quero mais nada! Obrigada mesmo!!!

    Uma questão: e para fazer um shampôo caseiro a receita pode ser a mesma? O marido não gosta do sabonete líquido do Dr. Bronner como shampôo nem como gel de banho porque é liquido demais para ele... eu não quero outra coisa!

    Outra questão: não haverá uma receita caseira para se fazer esse spray sem gastar muito dinheiro?

    Obrigada :)))

    ResponderEliminar
  3. Viva Anabela

    Estes posts que tenho colocado com algumas receitas são um pouco a minha maneira de lhe agradecer o que já aprendi consigo.

    Desta vez descobri aqui

    http://angrychicken.typepad.com/angry_chicken/2007/11/for-some-friend.html

    que é possível fazer Vicks Rub (deve ser semelhante ao Vicks VapoRub)! Só não dei ainda com a receita...

    É mais um site que está em inglês e é mais um que é muito bom.

    Veja :)

    Beijinhos

    Maria.

    ResponderEliminar
  4. Olá Maria,

    Uau, obrigada pela partilha. Vou cuscar ;)

    Bjs

    P.S.: O spray leva vários ingredientes, tenho que ver. Nunca pensei fazer. Pode ser que consiga.

    ResponderEliminar
  5. Viva Anabela

    Uma questão: onde comprou esses paninhos? É que vou ter uma princesa em breve e não me estava a apetecer nada ter de gastar dinheiro em toalhitas descartáveis e cheias de químicos...

    Outra questão: usou e/ou usa fraldas laváveis no seu príncipe? Se sim, que marca prefere?

    Obrigada :)

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  6. Maria,

    Comprei-os através da Amazon, não me lembro da loja. Mas cá em Portugal tem algumas lojas online a vender. Basta pesquisar toalhitas reutilizáveis e aparece muita coisa.

    Quanto às fraldas, sim continuo a usar. As minhas preferidas são as Blueberry Deluxe, caras mas compensa, a meu ver. Inicialmente comprei de outras marcas e se soubesse o que sei hoje tinha guardado esse dinheiro porque elas estão guardadas a um canto (não eram confortáveis e deixavam passar xixi).

    Qualquer dúvida esteja à vontade para mandar email.

    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Viva Anabela:

    Dei agora com a receita caseira do Vicks Vapo Rub . Aqui está ela (em inglês):

    http://www.keeperofthehome.org/2011/11/homemade-herbal-vapor-rub-to-relieve-coughs-and-congestion.html


    É a minha forma de agradecer o que já aprendi e aprendo com o seu blogue :)

    Uma questão - tem a ver com as fraldas reutilizáveis: a Anabela lava-as à mão primeiro ou não? Desinfecta-as de alguma forma antes de irem para a máquina ou coloca vinagre no local do amaciador?

    Vou ver essas fraldas Blueberry Deluxe. Pelo que percebi não deixam passar fugas e aguentam muito bem várias horas, sim?
    Há mais alguma marca que goste? Se sim, porquê?

    Obrigada :)

    Beijinhos!

    Maria Moreira.

    ResponderEliminar
  8. Olá Maria.

    Obrigada pela receita. Espero não precisar dela, é bom sinal.

    Quanto às fraldas lavo-as normalmente com detergente em pó num programa a 40ºgraus. Não as desinfecto, não é necessário.

    As fraldas que falei são muito boas mas temos de ter em conta que são fraldas de pano, sem químicos, logo devem ser mudadas com mais frequência. De qualquer forma uma criança não deve estar com a mesma fralda mais do que 3 a 4 horas. Eu troco mais ou menos de 2h30 em 2h30.

    Experimentei mais duas marcas estrangeiras mas detestei, além de deixar passar, eram desconfortáveis.

    Bjs,
    Anabela

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…

Livros "A Arte de Organizar a sua Vida" e "Adeus Coisas"

O primeiro livro "A Arte de Organizar a sua Vida", da autora de Hideko Yamashita, explica o método DAN-SHA-RI. Este método não é mais do que a união de três expressões japonesas que resumem os pontos mais importantes na arte de organizar a vida. São elas:

1. DAN, limitar a entrada do que não merece estar na nossa vida

2. SHA, eliminar tudo aquilo que não precisamos

3. RI, vivência tranquila, desapegada de coisas, com foco no “ser” e não no “ter”

O segundo livro "Adeus Coisas", do autor Fumio Sasaki relata a experiência pessoal de como passou de uma vida cheia de stress e rodeado de objectos, para um dia-a-dia simples mas mais feliz.



A minha opinião sobre os livros é que ambos são bons, valem bem a pena a compra mas se tivesse que escolher um, seria o "Adeus Coisas". Passo a explicar.

O que encontrei de diferente neste livro é que mais do que despejar teoria de como devemos livrar-nos de tralha e os benefícios disso (quando já se leu alguma coisa sobre mi…