Avançar para o conteúdo principal

O meu cantinho da reciclagem

Olá a todos,

O tema do post de hoje é sobre reciclagem. 
Desde que mudei para a casa nova que sempre quis criar um cantinho da reciclagem pois sendo a cozinha enorme, tinha bastante espaço para isso. 
Portanto, o primeiro passo seria encontrar recipientes próprios para o efeito mas não queria que fossem do género de sacos abertos. 
Um dia quando andava pela minha loja favorita (não vou dizer qual é porque vão descobrir), encontrei estas caixas bem jeitosas:
Resolvi trazer algumas e o resultado final foi este:
Ficaram muito bem e como estão ao lado do frigorífico, quem entra na cozinha nem as vê. Dei-me conta da quantidade enorme de plástico que utilizo no dia-a-dia, é assustador! Quem tem o trabalho de as despejar e lavar é o maridão, já é um hábito para ele e eu fico livre desta tarefa :-)

Desejo um dia fabuloso a todos!

Comentários

  1. Eu gostei imenso do teu cantinho da reciclagem. Ficou uma coisa mesma à séria, super profissional :) Só fiquei com uma dúvida. Elas são abertas, naquele rectângulo, logo acima da inscrição identificativa?
    Quanto à loja, não consigo sequer pôr-me a adivinhar qual seja. Dá lá ajudinhas :)
    Outra coisa que não tem nada a ver, mas que aproveito para partilhar. Porque será que o teu blog é o único da minha lista que nunca aparece actualizado quando colocas post novo?
    Será uma configuração tua?
    Visito-te sempre que me lembro e não quando à novidades :(
    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Olá Luarte,

    Obrigada por me avisares disso, já andava desconfiada. É da porcaria do template. Tenho que me restringir aos originais do blogger e acabam-se as chatices! É que há muitas outras coisas que não consigo fazer tais como colocar vídeos dentro do blog ou colocar links para outros posts relacionados. Enfim...

    As caixas abrem à frente sim, têm uma espécie de dobradiça em plástico, são óptimas. A loja é aquela sueca! Já descobriste?

    Bjs

    ResponderEliminar
  3. No meu comentário, onde se lê, na última linha, "à novidades", deve ler-se "há novidades" :P

    Pois que agora com essa tua ajudinha, não há como falhar :P

    Fico então à espera que o teu blog fique arranjadinho. É que iria mesmo poupar-me de trabalho extra e, além disso, fica bem mais bonito do que estar sempre a ver que não é actualizado há 7 meses :P (assim até parece que desististe dele, o que não é de todo verdade).
    Beijocas

    ResponderEliminar
  4. Ficou óptimo... e é realmente incrível que se junta mais reciclagem do que lixo - pelo menos na minha casa é assim!

    ResponderEliminar
  5. Olá Anabela,
    Eu também tenho um cantinho para a reciclagem.
    Tenho um mini-ecoponto que comprei no Continente, numa altura em que estiveram em promoção.
    Paguei 36€ e o preço normal é de 47€. Acho um exagero o preço que eles pedem pelos ecopontos.
    Reclamam que não se recicla, mas nem toda a gente pode dar 50€ por um ecoponto.
    Eu própria andei a juntar para comprar um e a sorte foi apanhar aquela promoção...
    Bj
    Deo

    ResponderEliminar
  6. Eu também ando a alterar o meu cantinho da reciclagem mas eu não tenho tanto espaço como tu... que inveja (da boa!!)!

    Vou ver se fica pronto logo (falta a ajuda do homem) e depois já vou poder mostrar a toda a gente :)

    ResponderEliminar
  7. Eu comprei uns baldes/bancos grandes na mesma loja, para fazer a reciclagem cá em casa, mas fica à vista, esta tua solução é maravilhosa, ainda por cima eu conheço essas caixas e sei que são muito práticas para abrir. É uma ideia para copiar numa próxima visita à tal loja ;)

    ResponderEliminar
  8. Que giro, tenho umas caixas iguais às tuas para o mesmo efeito! Sao fáceis de utilizar e de limpar, além de que dao um ar organizado e acabam por nao ocupar muito espaco.
    Estou a gostar do teu blog!

    Bjs
    Paula M.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…

Livros "A Arte de Organizar a sua Vida" e "Adeus Coisas"

O primeiro livro "A Arte de Organizar a sua Vida", da autora de Hideko Yamashita, explica o método DAN-SHA-RI. Este método não é mais do que a união de três expressões japonesas que resumem os pontos mais importantes na arte de organizar a vida. São elas:

1. DAN, limitar a entrada do que não merece estar na nossa vida

2. SHA, eliminar tudo aquilo que não precisamos

3. RI, vivência tranquila, desapegada de coisas, com foco no “ser” e não no “ter”

O segundo livro "Adeus Coisas", do autor Fumio Sasaki relata a experiência pessoal de como passou de uma vida cheia de stress e rodeado de objectos, para um dia-a-dia simples mas mais feliz.



A minha opinião sobre os livros é que ambos são bons, valem bem a pena a compra mas se tivesse que escolher um, seria o "Adeus Coisas". Passo a explicar.

O que encontrei de diferente neste livro é que mais do que despejar teoria de como devemos livrar-nos de tralha e os benefícios disso (quando já se leu alguma coisa sobre mi…