Avançar para o conteúdo principal

Ecografia morfológica e actualização da barriga

Olá a todos,

Ainda não tinha contado mas fui fazer a ecografia morfológica à duas semanas atrás. Foi absolutamente maravilhoso. É indescritível ver o nosso bebé, um ser, uma vida dentro de nós!

Gostaria muito de colocar aqui fotografias da ecografia mas por algum motivo não estou a conseguir retirá-las do vídeo. Vou pedir ao maridão para tentar ver o que se passa e depois venho aqui mostrar. As que a médica tirou da máquina são apenas técnicas e não se vê o Tiaguinho todo. 

Mas falando da ecografia propriamente dita, eu e o papá fartámo-nos de babar a ver o nosso filhote. Estava numa posição muito engraçada, parecia que estava na praia, só lhe faltava o refresco numa mão e uns óculos de sol (LOL). Tinha as perninhas cruzadas, uma mão na cabeça e a outra bem aberta como que a dizer "dá cá mais cinco". A médica até se riu e disse que ele estava assim para contarmos bem os dedos, não havia dúvida que eram mesmo cinco! Ainda o vimos esticar as pernas e abri-las porque a médica queria confirmar que era mesmo um pilocas. Depois andou a ver bem o coração, cérebro e os demais órgãos, o colo do útero (não sabia que também viam), a placenta (que felizmente deixou de ser prévia) e o cordão umbilical. 
Relatório final, tudo normal para grande alívio dos papás. Se percebi bem o relatório, está no percentil 50, o que penso ser bom, do pouco que sei disto. 

Ah e muito importante para quem não sabe, nunca mas nunca metam nada na pele no dia que fizerem uma ecografia, seja ela obstétrica ou não, porque a imagem não fica tão nítida. E eu, estúpida, sabia disto e esqueci-me. Meti na mesma porque já é um hábito, nem me lembrei. Mas na próxima não me esqueço de certeza porque a médica carregou-me tanto na barriga que no dia seguinte nem podia tocar no sítio. Bom, pelo menos o que ponho deve ser excelente porque meti  por volta das 8h30/9h00 e a eco foi às 18h00.

De resto tenho andado às mil maravilhas, sem grandes queixas, só mesmo a azia que me visita de vez em quando. O Tiago mexe imenso, tanto que, um dia, quando estava sentada, tive que me esticar porque parecia que o espaço era pouco para a ginástica toda que ele queria fazer! Mas ainda bem que ele se mexe muito porque deixa a mamã mais descansada, depois explico porquê...

E por hoje fico por aqui deixando-vos com umas fotos do T0 do Tiaguinho às 22 semanas:


Desejo uma excelente noite a todos!

Comentários

  1. Mas que barriga linda!!! Ao ver a tua barriga dá-me umas saudades da minha... É fantástico sentirmo o pequeno a mexer, nos últimos meses de gravidez até ficava com as barriga quadrada de ele se esticar tanto.
    Ainda bem que está tudo bem com o pilinhas e com a mamã.
    Um beijão grande.

    ResponderEliminar
  2. Acho maravilhoso a forma como acompanhas essa gravidez, nota-se à distância que são pais muito babados...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. amei a descrição da ecografia, é um amor tão grande, então quando nascem ainda maior se torna,
    que linda barriguinha,
    felicidades

    ResponderEliminar
  4. Que barriguinha linda!
    Deve ser realmente maravilhoso ver o vosso bebé lá dentro e a mexer-se...
    Beijinhos :*

    ResponderEliminar
  5. Olá amiga

    Que barriguinha tão linda, parabéns amiga , goza muito bem essa gravidez, é maravilhoso.
    Beijocas para os dois da Xanó

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Como conseguir refeições rápidas e saudáveis [com uma lista de ingredientes a ter sempre em casa]

Das várias ementas e preparações da semana que já publiquei, só numa delas partilhei as refeições que iria fazer nos almoços. De resto todas as ementas que lá estão, são para as refeições que fazemos ao jantar. 
Mas lá porque não falo sempre dos almoços, não quer dizer que não tenha de os fazer. E aqui tenho alguns truques para conseguir ter uma refeição minimamente saudável, em poucos minutos. 
Normalmente oriento-me pelo menu que o Tiago tem na escola, para garantir que não repito acompanhamentos e que alternamos carne e peixe. Uso também restos do jantar da noite anterior e garanto que há sempre sopa. Muitas vezes o meu almoço e do maridão é uma boa tigela de sopa, que acompanhamos com uma sandes, um wrap ou algo do género.





Deixo-vos então uma série de truques que me ajudam a acelerar a confecção das refeições (muitos já falei noutros posts) e os ingredientes que tenho sempre em casa, para garantir que despacho o almoço em pouco tempo. É claro que a lista varia de acordo com as prefer…

Organização do móvel da cozinha - antes e depois

Organização é um tema que gosto bastante de falar aqui no blog. Não faço tantos posts quanto gostaria mas isso não quer dizer que não vá fazendo pequenas organizações aqui e acolá. Gosto de ler tudo o que está relacionado porque os benefícios que me tem trazido são imensos. São eles:
- Redução de stress  e ansiedade; - Menos acumulação de tralha se existir um lugar para cada coisa; - Maior produtividade (porque não perdemos tempo a procurar coisas); - Maior rapidez nas limpezas; - Mais descanso ou momentos de lazer;
Mas com isto não quero dizer que a organização se faz num abrir e fechar de olhos. Leva tempo, garanto-vos. Primeiro porque não se consegue fazer tudo de uma vez (para ser bem feito, há que pensar bem no que se pretende) e, segundo, porque a organização escolhida pode não resultar. É mesmo na tentativa-erro. 
Cá em casa há ainda muito que fazer mas com calma e um bocadinho de cada vez, conseguimos uma maior fluidez no dia-a-dia.
Um dos cantinhos que há muito "gritava…