Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Como passei a trabalhar full time a partir de casa

Cada vez que falo sobre o facto de trabalhar full time a partir de casa, surgem sempre algumas questões sobre este assunto.
Para não estar sempre a repetir as mesmas respostas e também porque tenho imenso a falar sobre isto, decidi escrever este post para explicar tudo e, quem sabe, ajudar alguém que queira dar o primeiro passo.

Antes de vos explicar como cheguei até aqui, nunca é demais lembrar que o que escrevo neste blog é fruto da minha experiência e, como tal, o que vão ler é apenas um relato do meu percurso, com todos os altos e baixos que ele teve.
Espero que aquilo que escrevo, sendo que não é nenhuma ciência exacta, vos ajude a alcançar os objectivos que pretendem.
A minha experiência no mundo das explicações é vasta. Já dei explicações individuais (que é o que faço hoje), a grupos de dois alunos, a grupos de 10 ou mais (num centro de estudos), na casa dos meus pais, em centros de explicação, em casa dos alunos e até já tive um pequeno centro de estudos (que desisti por exce…
Mensagens recentes

Como fazer cornetos caseiros [VÍDEO]

Já faço estes cornetos caseiros há alguns dois anos mas só agora me lembrei de gravar o processo.
Podem ver o passo-a-passo de como fazer estes cornetos deliciosos de doce de leite e morango/framboesa no vídeo que coloco de seguida. 
Partilho também a receita do recheio. Ficam tão bons que quando os provarem não vão querer comprar mais dos comerciais.
Outras receitas de gelados Cliquem na imagem para verem o vídeo no canal. Comentem e digam-me o que acharam. Fico a aguardar o vosso feedback.  
Os próximos vídeos serão sobre projectos de DIY simples e mini tours da minha casa (o primeiro será sobre a minha cozinha). Se gostam destes temas, subscrevam o canal do White Home Love e sigam-me no Instagram (@white_home_love).
Podem ainda seguir a página de facebook White Home Love, onde partilho muita coisa sobre casa e decoração. Passem por lá. 
Fica então o vídeo. Espero que gostem!





Como fazer fluffy slime e resolver problemas [VÍDEO]

Depois do meu filho me pedir para fazer fluffy slime vezes sem conta, lá consegui desencantar esta receita mais simples e até perceber como resolver alguns problemas que poderão surgir.
Já vi inúmeros vídeos sobre como fazer slime mas sinceramente pediam certos ingredientes que tive dificuldade em encontrar, a começar pela cola. 
Além disso, disse ao Tiago que não iria fazer slime normal, que aquilo pega-se facilmente a todo o lado, inclusivé nas mãos. Mães entenderão :)


Por isso, quando descobri que poderia fazer um slime que mais parecia plasticina fofinha, não hesitei. Foi só uma questão de descobrir os ingredientes certos e que fossem fáceis de encontrar. 
No vídeo podem ver o passo-a-passo, todo o material que vão necessitar, os ingredientes, onde os podem encontrar e ainda formas de resolver alguns problemas que podem surgir.
Deixo só uma nota importante. Caso o slime fique nalgum tecido (roupa, sofá ou tapetes), é mais fácil deixar secar e tirar depois porque fica rijo, do que tirar…

Ideias de lanches para os miúdos e uma receita [em VÍDEO] de granola com cereais puff

Estão com falta de ideias para o lanche dos vossos miúdos? Pois aqui fica uma lista com imensas opções, muitas delas já experimentadas com o meu filho. 
É claro que umas são mais saudáveis que outras mas podem sempre fazer versões caseiras. Não só controlam os ingredientes e as quantidades como podem ainda enriquecer nutricionalmente. 
Como extra trago-vos a receita da nossa granola caseira [em vídeo], feita com cereais puff. Uma excelente alternativa aos pseudo cereais excessivamente açucarados, que se vendem nos supermercados. Seguem então as sugestões.



Ideias de lanches para os miúdos PÃO
O mais clássico de todos e aquele que mais vezes mando ao Tiago. Tento que seja pão de mistura ou de centeio e vou variando o recheio. Deixo algumas ideias fora do habitual queijo ou fiambre:
manteiga de amendoim com bananamanteiga de amendoim com compota nutella caseiraqueijo-creme caseiro (e feito a partir de iogurte)queijo-creme e fiambrequeijo-creme e abacatequeijo fresco ou requeijãohummus e…

Livro "O Monge que Vendeu o seu Ferrari" - Robin Sharma

Provavelmente muitos de vocês já leram o livro "O Monge que Vendeu o seu Ferrari". Eu só o li agora e percebo porque faz tanto sucesso. Adorei e a principal razão de ter gostado tanto dele é pelo facto de me ter apercebido que de uma forma ou de outra, já pratico um pouco a sabedoria do Julian, mesmo sem saber. Senão vejamos.
Os meus momentos de silêncio matinais são cada vez mais introspectivos. penso muito naquilo que realmente gosto de fazer e nos passos que preciso dar para manter o que tenho e chegar onde quero. Muito focada, mais do que antes.
Quem sofre de ansiedade, sabe que a nossa mente inventa problemas onde eles não existem e dramatiza tudo ao quadrado. Uma técnica que me tem ajudado imenso é forçar o pensamento numa situação específica que me acalme. E recorro a ela sempre que me sinto mais em baixo. Tentar encontrar algo de positivo em todas as situações, principalmente nas difíceis, também ajuda. Faz-nos mudar a perspectiva e relativizar. 
Deixei de fazer pla…

Livros "A Arte de Organizar a sua Vida" e "Adeus Coisas"

O primeiro livro "A Arte de Organizar a sua Vida", da autora de Hideko Yamashita, explica o método DAN-SHA-RI. Este método não é mais do que a união de três expressões japonesas que resumem os pontos mais importantes na arte de organizar a vida. São elas:

1. DAN, limitar a entrada do que não merece estar na nossa vida

2. SHA, eliminar tudo aquilo que não precisamos

3. RI, vivência tranquila, desapegada de coisas, com foco no “ser” e não no “ter”

O segundo livro "Adeus Coisas", do autor Fumio Sasaki relata a experiência pessoal de como passou de uma vida cheia de stress e rodeado de objectos, para um dia-a-dia simples mas mais feliz.



A minha opinião sobre os livros é que ambos são bons, valem bem a pena a compra mas se tivesse que escolher um, seria o "Adeus Coisas". Passo a explicar.

O que encontrei de diferente neste livro é que mais do que despejar teoria de como devemos livrar-nos de tralha e os benefícios disso (quando já se leu alguma coisa sobre mi…

Como melhorei o meu vestuário sem perder conforto

Quem me acompanha há algum tempo, sabe que ando numa luta para melhorar o meu vestuário. 
Não tem sido fácil porque isto de me querer vestir melhor sem perder o conforto tem que se lhe diga. A ajudar à festa, tenho imensa dificuldade em encontrar roupa com qualidade e confortável, que não custe um rim. Não sei se sou eu que sou esquisita (se calhar sou!) mas a verdade é que vestuário com uma boa relação qualidade/preço encontro muitas vezes em lojas como o Aldi e o LIDL.
Outra questão importante nesta caminhada era o de não querer passar a ter carradas de roupa. Estando o minimalismo cada vez mais presente em diversas áreas da minha vida, na roupa não iria ser diferente. 
Neste post que fiz sobre como ter um vestuário minimalista (ou se quiserem, um armário cápsula), falei sobre o que faço para conseguir isso. Na verdade, eu já aplicava muitas das dicas bem antes de se falar sobre este assunto.  A diferença agora é que uso praticamente todas as peças que tenho no roupeiro e antes pegava …