Avançar para o conteúdo principal

Sweet Monday* - Como simplifiquei as limpezas de Primavera

Como_simplificar_as_limpezas_de_primavera
Estamos a caminho da Primavera (yeah!) e assim que o tempo começa a melhorar, está na altura de fazer aquelas limpezas mais profundas, habituais desta altura. Por aqui tenho-vos a dizer que simplifiquei bastante essa tarefa. A minha casa nunca está imaculada, longe disso, mas com estas dicas que vos digo de seguida, consigo mantê-la mais limpa do que antes. Espero que estes truques vos sejam úteis e que passem a ter mais tempo livre para disfrutar desta estação linda, em vez de o ocuparem a fazer limpezas. Aqui está o que fiz.

Destralhei a casa
Não há grande volta a dar. Se repararem, esta dica está presente sempre que se fala sobre organização, produtividade, gestão de tempo. A razão é simples, ter coisas a mais implica gastar mais tempo a cuidar delas. Mesmo que destralhem um bocadinho de cada vez, é importante ir sempre fazendo. Perdem depois menos tempo a limpar o pó e a lavar o chão, por exemplo.

Faço melhor uso do aspirador ao longo do ano
Esta é a melhor dica que vos poderei dar. Invistam num aspirador com filtro de água. Faz uma diferença enorme! O que faço para simplificar as limpezas de Primavera, é usá-lo em locais que antes só eram limpos duas ou três vezes por ano, como portas (as minhas têm demasiados detalhes que se enchem de pó), os caixilhos das janelas, as portadas, etc. Assim já não preciso fazer nesta altura porque já o fiz ao longo do ano.

Deixei de ter uma rotina certa para as limpezas semanais
A partir do momento em que passei a limpar apenas quando estava sujo, fiquei com tempo para ir fazendo limpezas profundas um bocadinho de cada vez. Por exemplo, os cortinados são todos lavados com mais frequência (seguramente, mais do que duas vezes num ano), os tapetes também e as janelas já não precisam de estar uma lástima para que eu ganhe coragem e as limpe.  No geral, sinto a casa mais limpa e o ar mais respirável.

Optei por tecidos e tapetes fáceis de lavar na máquina
Todos os cortinados da minha casa são estes simples do IKEA. O tecido é fácil de lavar, de passar a ferro e dá a simplicidade que procuro na decoração, sem permitir que se veja para dentro da casa, mesmo com a luz acesa. Gosto disso. É necessário que haja um equilíbrio entre o ser prático e o ficar bonito. Por exemplo, tenho um estore em tecido, na sala de estudo, que tem de ser trocado. Não é nada prático para lavar, o que me rouba imenso tempo.

Optei por móveis com pés ou fáceis de desviar
Já trocámos alguns móveis e optámos sempre pelos que têm pés ou que são fáceis de desviar. Assim, posso facilmente desviá-los e aspirar o cotão que se vai acumulando debaixo. Isto tem sido excelente para manter a limpeza semanal durante mais tempo e liberta-me para fazer outras mais profundas, com maior regularidade.

Comentários

  1. De facto, para simplificar as limpezas é preciso simplificar o que vai ser limpo.
    Excelentes dicas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Frase muito certa. É, sem dúvida, o que me tem facilitado muito o dia-a-dia.
      Obrigada!
      Bjs

      Eliminar
  2. Simplificar facilita-nos em tantos aspectos!
    Felizes aqueles que conjugam este maravilhoso verbo em todos os seus dias!
    Beijinho grande Anabela!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Organização do móvel da cozinha - antes e depois

Organização é um tema que gosto bastante de falar aqui no blog. Não faço tantos posts quanto gostaria mas isso não quer dizer que não vá fazendo pequenas organizações aqui e acolá. Gosto de ler tudo o que está relacionado porque os benefícios que me tem trazido são imensos. São eles:
- Redução de stress  e ansiedade; - Menos acumulação de tralha se existir um lugar para cada coisa; - Maior produtividade (porque não perdemos tempo a procurar coisas); - Maior rapidez nas limpezas; - Mais descanso ou momentos de lazer;
Mas com isto não quero dizer que a organização se faz num abrir e fechar de olhos. Leva tempo, garanto-vos. Primeiro porque não se consegue fazer tudo de uma vez (para ser bem feito, há que pensar bem no que se pretende) e, segundo, porque a organização escolhida pode não resultar. É mesmo na tentativa-erro. 
Cá em casa há ainda muito que fazer mas com calma e um bocadinho de cada vez, conseguimos uma maior fluidez no dia-a-dia.
Um dos cantinhos que há muito "gritava…

O que ando a comer ao pequeno-almoço

Ontem foi um dia complicado. Não que tenha acontecido alguma coisa de mal mas sim porque andei a correr, literalmente. Tive a consulta de rotina do Tiago, dos três anos. Esperei cerca de 30 minutos (depois da hora) e estive quase uma hora lá dentro. Ele está óptimo e recomenda-se. Apenas pequenas alterações na parte da sesta, a ver se as noites ficam melhores. Mas isto é tema para outro post. 
Ora, andei a correr porque quase não chegava a tempo da explicação das 16h, ainda por cima com uma nova aluna. Que stress, só vos digo. Tiago não dormiu sesta devido à hora da consulta e às 18h já ninguém o podia aturar. Deitar cedo era mais que imperativo. 
Foi um dia de correria mas que começou muito bem com um pequeno-almoço que tenho repetido todos os dias nas últimas duas semanas. E calculo que vos vá parecer bem esquisito mas eu adoro a mistura do pão, o queijo-creme e o tomate. Salpicado com coentros fica uma maravilha. Bem sei que isto não agrada à maioria e se calhar alguns até farão c…