Poupar sem abdicar do que é saudável

abril 16, 2016 Anabela (Aproveitar a Vida) 3 Comentários

 
Poupar não significa abdicarmos do que gostamos de fazer ou de comer ou pior ainda, passarmos a ter hábitos pouco saudáveis só porque é mais barato. Estes iogurtes gregos são apenas uma pequena prova disso. Fazendo as contas ao que gastei com a fruta (tinha morangos congelados da horta do papá) e respectiva confecção da compota, do leite, dos iogurtes, do gás e da [pouca] eletricidade para aquecer o forno, estes 12 iogurtes ficaram-me por cerca de 3,50€ (fazendo contas por alto), com a vantagem de não terem aditivos esquisitos. Sei o que lá está dentro. Talvez aqui a poupança não seja o ponto forte porque pode haver algum vale ou promoção que me permita comprar mais baratos mas a verdade é que essas promoções nem sempre ocorrem e eu posso fazer estes iogurtes quando quiser, sem delapidar muito a minha carteira.

Poderá também gostar destes artigos

3 comentários:

  1. Também gosto muito de fazer iogurtes :)

    ResponderEliminar
  2. O problema é que os iogurtes gregos não são muito saudáveis, porque têm muita gordura. A gordura é o que dá a textura cremosa desses iogurtes

    ResponderEliminar
  3. É verdade mas há coisas que não se consegue mesmo dar a volta e uma alimentação saudável não é nada amiga da economia familiar. :-(
    Adoro iogurtes caseiros. Hoje será dia de fazer os meus!

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/04/ovos-no-pao-e-cogumelos-recheados.html

    ResponderEliminar