Menu da semana #7

fevereiro 23, 2015 Anabela (Aproveitar a Vida) 9 Comentários

Créditos
As chatices das alergias estão difíceis de passar. Tive uma recaída e por isso esta semana tive que continuar ausente. Sinto-me muito melhor mas ainda não totalmente recuperada. Para ajudar à festa, tenho o Tiago com uma amigdalite daquelas e começo a desesperar. Já não sei o que fazer mais. É uma atrás da outra. Noto que o sistema imunitário dele está bastante enfraquecido e apesar de lhe tentar dar uma alimentação saudável, sei que não chega. Quando toma suplementos alimentares, anda sempre muito bem. Assim que os termina, pronto, lá vem doença outra vez. E é isto. Quem desse lado já teve estas chatices com os filhotes, que caminho seguiram? O que resultou por aí? Queria muito evitar que ele fosse operado.
Deixo-vos o menu para esta semana (super atrasado), que pede muito forno.

Segunda-feira: Quiche de legumes

Terça-feira: Pargo no forno com alho, alecrim e limão

Quarta-feira: Canelones recheados com cogumelos
Quinta-feira: Arroz de bacalhau no forno

Sexta-feira: Pizza

Nota: por norma, as refeições são acompanhadas por sopa e salada. As receitas sem links são as que sigo de livros ou que são muito comuns. Poderei publicá-las caso queiram, é só dizer.

Bons cozinhados!


Saiba mais sobre o meu dia-a-dia

Poderá também gostar destes artigos

9 comentários:

  1. E queres evitar a todo o custo que ele seja operado, porquê!? És mãe, sofres tu e sofre ele com essas constantes doenças! Foi a melhor coisa que fiz ao meu filho, a Melhor!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quero primeiro tentar outros caminhos porque sei de alguns casos em que a cirurgia não ajudou muito e tenho cá em casa uma pessoa que não tendo amígdalas, fica com infecções pulmonares! Também está a antibiótico e quando vai ao médico há sempre uma frase que é dita "as amígdalas fazem muita falta".

      Ainda bem que resultou consigo.

      Eliminar
  2. Ola Anabela,
    ainda bem que já está melhor. As melhoras do Tiago.
    O meu filho mais novo também andava sempre a fazer amigdalites, faringites e tudo mais. Fiz um pouco de resistência para não ser operado, mas hoje não me arrependo da decisão.
    Foi difícil os 2 primeiros dias a seguir a operação, mas não tão difícil como vê-lo em sofrimento quase 1 vez por mês e já estava a chegar ao ponto de ser de 15 em 15 dias.
    Para mim foi a melhor decisão que podia tomar, já vai fazer um ano em Maio que foi operado e nunca mais tive problemas de saúde com ele.
    Se não quer optar pela operação porque não tenta uma opinião de um naturopata?
    Beijinhos e as melhoras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marisa.

      Obrigada pelo seu testemunho. É para onde me quero virar com o apoio da pediatra. Ele reage muito bem a suplementos vitamínicos. Fica com um apetite voraz e anda sempre bem de saúde. Nota-se que o corpo não vai buscar os nutrientes que necessita e que o sistema imunitário vai abaixo. Com que idade foi o seu filhote operado? É que o Tiago também está numa idade em que estas situações ocorrem com mais frequẽncia e que com o passar do tempo, acalmam porque eles desenvolvem e o sistema imunitário também.

      Bjs

      Eliminar
    2. Olá Anabela,
      o meu filho foi operado com 4 anos. Mas associado as amigdalites ele também tinha muitas bronquiolites e tudo mais acabado em ites. Associado a isto ele estava com problemas em desenvolver a fala para a idade ainda falava muito a bebe e praticamente só eu é que o percebia, ele não dizia a primeira silaba das palavras e a pediatra disse que podia estar associado com as crises de inflamações na parte respiratória superior, e dai a minha decisão em operá-lo e não esperar mais.
      A verdade é que o Pedro desenvolveu imenso a fala desde que foi operado, apesar de ele ter entretanto começar a terapia da fala, até mesmo a terapeuta afirmou que depois da operação a evolução foi muito mais rápida.
      Bjs e tudo de bom.

      Eliminar
    3. Olá Marisa.Obrigada pela resposta. Pois, realmente se o Tiago estivesse como estava o teu filhote, também estaria mais inclinada para cirurgia. Mas não, tirando as amigdalites de agora, tem andado mais ou menos. Umas ranhocas de vez em quando e uma ou outra otite apanhada a tempo e que não necessitou de antibiótico. Os aerossóis são muito eficazes quando usados atempadamente e é por ele andar mais ou menos que penso noutras opções ainda. Além disso, ele reage super bem aos suplementos e noto que isso pode ajudar muito. Vamos lá ver como isto vai correr.

      Bjs e tudo de bom.

      Eliminar
  3. Olá.

    A minha filhota tem um problema parecido, mas com as otites. Também já me disseram que, se não melhorar, terá de ser operada, mas eu ando a tentar evitar a todo o custo. Tento reforçar o sistema imunitário e, felizmente, tenho uma pediatra que é da mesma opinião (que se deve evitar a operação) e nos vai ajudando muito.

    Beijinho e as melhoras para todos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A pediatra do Tiago também não é apologista de operar e por isso vamos tentando outras opções que já percebemos que ajudam. Vamos lá ver como corre.

      Bjs

      Eliminar
  4. olá anabela eu consegui resolver o problema das amigdalites do meu filho com o paspat,receitado pelo pediatra,o meu filho fazia amigdalites de 15 em 15 dias,tinha de fazer penincilina ainda hoje tem pavor a essas injecções, os médicos já falavam em operar mas isso só na última , o paspat foi a única vacina que fez com que deixasse de ter amigdalites, agora faz todos os anos o paspat por volta de outubro, faz 28 dias,pára 28 dias e torna repetir mais 28 dias, ele tem quase 18 anos.as melhoras

    ResponderEliminar