Refeições que mais parecem petiscos

novembro 10, 2014 Anabela (Aproveitar a Vida) 3 Comentários

Cá em casa esforço-me para  que a nossa alimentação seja o mais variada e saudável possível. Tento que hajam sempre vegetais à mesa, sejam na salada, sopa ou no prato principal. No entanto, não aprecio legumes simplesmente cozidos e colocados como acompanhamento num prato. Gosto muito que a comida tenha sabor, sabor esse dado por ervas aromáticas e especiarias, que ficam sempre melhores se as refeições forem salteadas ou colocadas no forno. 

E hoje trago-vos um receita que faço com alguma frequência. Fica muito bom e é uma excelente forma de fazer os vossos filhos comerem mais vegetais e peixe. Apesar de na imagem apenas aparecer bróculos, já fiz esta receita com ervilhas, courgete e cenoura raladas, milho e couve. Fica igualmente saboroso e fácil de fazer. E podem sempre fazer as vossas variações, seja no peixe, no marisco ou nos legumes. O que não devem mudar é o molho, pois é ele que faz a diferença. Chamei-lhe o já conhecido "Esparguete do Mar" e esta é a receita que faço. As medidas que vos dou são para uma refeição para três pessoas

Se usar um peixe que precise ser cozinhado antes, é a primeira coisa a fazer. Podem cozer ou grelhar. Depois é preciso tirar as espinhas e desfiar. Quando se usa atum, é mais fácil. Depois cozo meio pacote de esparguete integral em água, sal e um pouco de azeite , durante cerca de dez minutos (tentar que fique al dente). Retiro, passo por água para evitar que coza mais e reservo. Entretanto, numa taça ou copo, trituro com a varinha mágica quatro dentes de alho, um ramo de coentros (reservem um pouco para salpicar no final), uma colher de sobremesa de mostarda Dijon (vale a pena comprarem), uma colher de sobremesa de sal, sumo de meio limão e umas seis colheres de sopa de azeite (podem usar mais ou menos conforme o gosto). Deitem a mistura numa frigideira e coloquem os vegetais para saltear um pouco (costumo deitar os bróculos mais no final para não ficarem cozinhados demais), de seguida coloco o peixe desfiado. Só depois junto as amêijoas e espero que abram. No final junto o camarão que precisa apenas de um minuto para cozer. Por fim, junto o esparguete. Envolvo tudo e rego com o sumo da outra metade do limão. Sirvo numa travessa decorada com azeitonas, pickles e o resto dos coentros. Experimentem que vão gostar.

Bom apetite!

Saiba mais sobre o meu dia-a-dia
FACEBOOK | PINTEREST | INSTAGRAM

Poderá também gostar destes artigos

3 comentários:

  1. ADOREI! :)

    Beijinhos,

    Habilita-te a ganhar um Invisibobble à escolha http://fe-mininices.blogspot.pt/2014/11/retificacao-1-giveaway-feminicies.html

    ResponderEliminar
  2. Não tem propriamente que ver com a sua publicação de hoje, mas achei que este artigo lhe poderia interessar (e a quem lê o seu blogue): http://lifestyle.publico.pt/mitosquecomemos/335370_oleo-de-coco-a-gordura-certa-ou-mais-banha-da-cobra/2

    LP

    ResponderEliminar
  3. Experimentei ontem à noite e o meu especialista de massa APROVOU e perguntou se sobrou para hoje :D
    Embora tenha feito umas pequenas alterações, não triturei o molho, apenas coreti em pedaços bem pequeninos, troquei os coentros por salsa, não coloquei ameijoas, porque não tinha :D e no final coloquei umas rodelinhas de ovo , ficou muito saborosa sim senhora!

    Obrigada e beijinhos

    ResponderEliminar