Opções mais saudáveis #4 - Leite do dia (ou melhor, leites vegetais)

outubro 14, 2014 Anabela (Aproveitar a Vida) 6 Comentários

opções_mais_saudáveis_leite_do_dia_ou_leites_vegetais
Antes de vos dizer que alteração fizemos em relação ao leite, conto-vos apenas uma história engraçada que aconteceu com o Tiago. Como já vos contei, reduzi a quantidade de leite que lhe dou.Opto por dar Tento ir fazendo leites vegetais de amêndoa, aveia e coco.
Sabendo disto, tentei que o Tiago bebesse leite de coco antes de dormir, em vez do de vaca. Mas não lhe disse nada. Esperei para ver a reacção. Viu leite branquinho, quis logo beber. Mas ao fim de uns segundos percebeu logo que não era o mesmo e disse que não queria. A graça está que, desde então, me pede especificamente leite de vaca e pergunta sempre se é mesmo antes de beber. Portanto, tenho aqui uma tarefa hercúlea. Os leites vegetais só entram naquele corpinho se forem disfarçados. 

E agora a alteração que fizemos cá em casa em relação ao leite. Como relatei neste post, eu deixei de beber café com leite de manhã e com isso deixei também de beber leite definitivamente. Só vos posso dizer que tem sido uma maravilha. Nunca mais tive barriga inchada e todo o desconforto que isso traz. Este post da Luarte e este da Joana falam um pouco sobre se será mesmo necessário consumir leite de vaca em idade adulta. Vale a pena lerem. E eu chego mais longe e questiono se será mesmo necessário ser consumido por crianças. É que o Tiago já teve alguns problemas intestinais que melhoraram drasticamente apenas pela diminuição do consumo de leite de vaca e derivados. Também já li inúmeras vezes que quando uma criança tem problemas respiratórios, das primeiras coisas a fazer é diminuir o consumo de leite de vaca. Isto dá que pensar. Apesar de ser um alimento muito completo, também é de difícil digestão. Um dilema, portanto.

Por enquanto, apenas eu retirei o leite de vaca da minha alimentação, embora ainda o use na confecção de certas refeições. O filhote e o maridão ainda o consomem. Assim, começámos a pensar na quantidade de leite que consumíamos e visto que não era nada por aí além e não implicava grandes gastos, optámos por passar a comprar apenas leite do dia e deixar o leite ultra pasteurizado. Passados poucos dias o maridão comentou a diferença de sabor entre um e outro. O do dia sabia melhor, claro. Por isso, esta alteração é para manter até conseguirmos ir alternando entre este e o vegetal. Um exemplo de que não precisamos tentar logo ser radicais mas que podemos começar por fazer pequenas alterações e tornar mais fácil a transição. O que é mesmo pena é o leite do dia ter data de validade cada vez mais prolongada e isso diz muita coisa...

Saiba mais sobre o meu dia-a-dia
FACEBOOK | PINTEREST | INSTAGRAM

Poderá também gostar destes artigos

6 comentários:

  1. Agora há umas quantas marcas que já tem leite sem lactose. nós lá por casa usamos esse. O marido diz que a digestão lhe parece muito melhor e não fica incomodado.

    ResponderEliminar
  2. Olá Anabela! Sabe, eu acho que não é preciso ir tão longe.... Independentemente do muito ques e tem escrito sobre este assunto, o leite é muito importante no crescimento! Claro que se as mamãs o disfarçam com cereais e afins, o açucar contido nos mesmos vai reduzir a absorção do cálcio, que é fundamental para o desenvolvimento ósseo, dentição etc...
    Tenho para mim que a melhor opção é efectivamente o consumo de leite do dia. Quanto aos adultos, um copo de leite pela manhã é o bastante!
    Valeu?! Beijinhos para si e para o Tiaguinho.

    ResponderEliminar
  3. Aqui também estamos a passar para o leite sem lactose. É que eu e o marido acostumamo-nos a outros sabores como o de soja ou amêndoa, mas as cachopas nem por isso!!!! A solução foi o sem lactose da Milbona (LIDL) e de facto só numa semana notamos as diferenças principalmente a nível intestinal!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Eu também estou a deixar o leite (mas adoro leite), de manhã tenho feito papas de aveia com água, mas hoje comprei leite de coco para fazer com metade água e metade leite de coco. E com grande esperança que a minha barriga deixe de ficar inchada, também estou a tirar o pão...
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  5. Eu também estou a deixar o leite (mas adoro leite), de manhã tenho feito papas de aveia com água, mas hoje comprei leite de coco para fazer com metade água e metade leite de coco. E com grande esperança que a minha barriga deixe de ficar inchada, também estou a tirar o pão...
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  6. Bom dia, também deixei o leite (mas não os derivados). Bebo leite sem lactose (Pingo Doce). Ainda não me habituei a beber leites de soja, ou outros! Parabéns pelo blog!

    ResponderEliminar