Dos planos furados e um sítio óptimo para comer gelados

By Anabela (Aproveitar a Vida) - setembro 01, 2014

Nem sei muito bem como hei-de descrever estes dias. Têm sido bem aproveitados, com mergulhos na piscina e idas à praia. Organiza-se e trabalha-se o mais que se pode de manhã, para podermos passear à tarde. No entanto paira sempre uma inquietude por não ter as obras já terminadas. Nem começadas, quanto mais...

Pois é, lá saíram furados os planos de ter tudo pronto antes de começar a trabalhar. O senhor que vem tratar da sala e do hall teve que ficar em repouso porque teve um problema no joelho. A princípio ainda pensei chamar outra pessoa mas como a recuperação tem sido muito boa e confio no trabalho do senhor, optei por esperar. Sinceramente não sei se fiz mal porque desde o meio de Agosto que vou ouvindo o mesmo, mais uma semana. Hoje vou saber como é que vão ficar as coisas e decidir o que fazer. Tenho sala e hall praticamente vazios há semanas e a sala de estudo cheia (as obras eram para terem sido feitas no início de Agosto). Hoje já empurrei dois alunos para a próxima semana porque nesta primeira não consigo. E são alunos que precisam trabalhar antes de iniciarem as aulas porque têm muitas dificuldades. Estou neste impasse. Não gosto deste não saber o que fazer. Hoje alguma coisa tem de ficar decidida. Aliás, basta dizerem-me que é preciso mais uma semana e facilitam-me o trabalho.

E para não despejar mais o meu stress nas palavras, deixo-vos a dica de um lugar para comerem uns gelados artesanais maravilhosos. Não encontrei o site nem página de facebook e fui lá ter porque li esta belíssima recomendação do Miguel Esteves Cardoso. Para já foram só os gelados (que são muito bons e com preço muito acessível) mas conto de lá voltar para experimentar as iguarias do restaurante.

Saiba mais sobre o meu dia-a-dia
FACEBOOK | PINTEREST | INSTAGRAM

  • Share:

You Might Also Like

0 comentarios