Como melhorar o rendimento escolar do seu filho: Parte VIII - Nada se faz sem trabalho

maio 26, 2014 Anabela (Aproveitar a Vida) 0 Comentários

Cá vai a então a oitava parte da nova rubrica que falei aqui.
Começo por dizer que não tenho nenhuma formação em psicologia infantil ou área semelhante (a minha área é gestão), por isso as dicas e textos que vão ler sobre este tema são fruto da experiência de catorze anos a dar explicações e da aplicação prática (com respectivos resultados) daquilo que vou lendo em livros. Também não sou nenhuma mãe perfeita mas tento praticar a maioria das coisas que aqui falo. Não sei o que o futuro me reserva mas espero poder fazer uma grande diferença na vida do meu filho (pela positiva, claro!).
 
Vamos então falar de: produtividade no estudo

Neste post quero apenas deixar alguns exemplos dos esquemas que poderão fazer para organizar melhor os vossos resumos. Tenham sempre em conta que quanto mais visual ele for (com esquemas, quadros e pontos-chave), melhor. Para textos maçudos já temos os manuais. Estes são os exemplos de esquemas mais comuns.

Mapa margarida (ou aranha)
Excelente para vocabulário nas línguas.

Cadeia de acontecimentos
Excelentes para textos longos e em especial para a disciplina de história.
Esquema de comparação
Como o próprio nome indica, sempre que tiverem que comparar dois conceitos, é de usar. Para qualquer disciplina.

Factos matemáticos
Como próprio nome indica, é comum para a disciplina de matemática. Basicamente passa apenas por criarem um quadro com duas colunas em que de um lado colocam a fórmula a saber e do outro a aplicação dessa mesma fórmula. Ajuda muito quando, por exemplo, têm de saber bem os casos notáveis a matemática.

Árvore ou rede
Os manuais apresentam, muitas vezes, este tipo de resumo. Pode ser usado por exemplo, para os graus dos adjectivos, distribuição de poder, etc.
Ciclo
Excelente para ciclo da água, ciclos de vida, fenómenos atmosféricos, etc...

Bom trabalho!

Poderá também gostar destes artigos

0 comentarios: