Como melhorar o rendimento escolar do seu filho: Parte V - Métodos de estudo

abril 17, 2014 Anabela (Aproveitar a Vida) 1 Comentários

Cá vai a então a quinta parte da nova rubrica que falei aqui.
Começo por dizer que não tenho nenhuma formação em psicologia infantil ou área semelhante (a minha área é gestão), por isso as dicas e textos que vão ler sobre este tema são fruto da experiência de catorze anos a dar explicações e da aplicação prática (com respectivos resultados) daquilo que vou lendo em livros. Também não sou nenhuma mãe perfeita mas tento praticar a maioria das coisas que aqui falo. Não sei o que o futuro me reserva mas espero poder fazer uma grande diferença na vida do meu filho (pela positiva, claro!).

Vamos então falar de: Métodos de estudo

Espero que as dicas que deixo ajudem a organizar melhor o vosso estudo, o que permite que este seja mais produtivo e, consequentemente, mais curto, deixando mais tempo para fazerem outras coisas que gostam.

GESTÃO DE TEMPO
Organizar um horário das actividades é essencial. Imprime e preenche um horário com cores para as diferentes actividades. O objectivo é seres mais produtivo e estares mais concentrado no tempo de estudo, para que possas ter mais tempo para brincar.

REGRAS NO TEMPO DE ESTUDO
- Deve ser feito o mais cedo possível, após as aulas, porque ainda te recordas do que foi dito e farás os exercícios mais facilmente.

- Divide as disciplinas por grau de dificuldade e faz sempre as mais difíceis primeiro pois é quando estás mais concentrado.

- Faz pequenas pausas para um copo de água, ir à casa-de-banho ou simplesmente ir à janela.

- Não estejas muito tempo em cada disciplina. Mais vale 15 a 20 minutos de cada vez e de forma concentrada do que 2 a 3 horas com imensa distracção pelo meio.

TER OBJECTIVOS ESCRITOS
Numa folha, escrever algumas metas que queiras atingir e coloca-as num local visível. Servem não só para te ajudar a focar mas também para que o esforço que estás a ter tenha algum sentido.

Exemplos:
- Pertencer ao quadro de honra da escola;
- Possibilidade de fazer uma viagem especial (ex.: Disneyland);
- Possibilidade de frequentar um desporto ou actividade;
- Caminhar a passos largos para uma profissão que se goste.

PLANEIA E ESTABELECE PRAZOS
Se tens um teste, o estudo deve ser repartido por 3 a 4 dias antes, durante pouco tempo de cada vez, em vez de passares a véspera a estudar durante uma tarde inteira (que na realidade se traduz em muito pouco estudo, pelas distracções e pelo cansaço), sem tempo para brincar.

O estudo deve ser feito da seguinte forma:

1º dia - Fazer um resumo da matéria mais importante, sempre com a ajuda de esquemas, quadros ou pontos chave.
2º dia – Estudar esse resumo
3º dia – Fazer fichas/testes para te familiarizares com o tipo de pergunta que pode sair. Deverás responder sem qualquer apoio, para perceberes onde deves rever melhor a matéria.

Quanto a trabalhos, quando surgem, deves fazê-los o mais rápido possível e não esperar até à última, caso contrário a entrega irá coincidir com a altura de testes. Se evitares deixar o trabalho para o fim, evitas também muito stress e ansiedade já que ficas com excesso de trabalho (na realidade traduz-se em trabalhos fracos e testes que podiam ser muito melhores...).


Tenham um óptimo dia.

Poderá também gostar destes artigos

1 comentário:

  1. Obrigada pela partilha, este é um tema que me interessa bastante tenho duas filhas em idade escolar e ando sempre a procura de formas de as estimular e optimizar o tempo de estudo.Obrigada

    ResponderEliminar