Video mapping em Lisboa

agosto 21, 2013 Anabela (Aproveitar a Vida) 1 Comentários



Pois que fomos ver e ficámos deslumbrados. Mas só mesmo a dupla adulta porque o  mais pequenote, aos cinco minutos de espectáculo, já dizia que se queria ir embora. Não o critico, 21h30 é a sua hora de ir para a cama e o corpo pedia descanso.

Esta é a dificuldade das saídas com uma criança de três anos, queremos sair um bocado, namorar, espairecer a cabeça mas o horário a que está habituado não ajuda. E mesmo esticando um pouco, também não dá para grandes extravagâncias. Não querendo sobrecarregar os meus pais e sendo nosso filho, participa daquilo que pudermos fazer, tendo em conta a sua idade.

Teria sabido bem dar por ali uma volta e, quem sabe, beber um caipirinha ou um mojito, as nossas bebidas favoritas. Mas não, o pimpolho achou que aquilo era confusão a mais e vá de ir para casa logo de seguida. Tive pena que não começassem o espectáculo mais cedo mas por razões de luminosidade, compreendo perfeitamente que não desse.

Mas pronto, saímos à noite com ele, coisa rara, mesmo rara. Há que esperar que cresça e ir guardando na cabeça e, principalmente, no coração, todos aqueles sítios onde gostaríamos de ir mas que ainda não vale a pena por ele ser pequenino. Não faz mal, aproveita-se de outra forma.
assinatura

Poderá também gostar destes artigos

1 comentário:

  1. Olá Anabela,

    Cá por casa também fomos ver, e por aqui também foi os adultos que gostaram e apreciaram mais.

    Mas nós (mãe e pai) achamos que podemos vencer, nem que seja por exaustão e alguma coisa há-de ficar nas cabecitas dos rapazes cá de casa.

    Achámos na noite, que tinha sido uma seca para o nosso de 4 anos, ontem fomos ver a exposição da Joana Vasconcelos e ele perguntou se ia haver luzes como no outro dia. Portanto alguma coisa lá ficou.

    Resto de boa noite =)

    ResponderEliminar