Distrair a criançada

By Anabela (Aproveitar a Vida) - agosto 27, 2012


Ora pois bem, posso afirmar que o Tiaguinho entrou definitivamente naquela famosa fase dos Terrible two's. Faz birra à mínima coisa, quer tudo para ele (temos tentado conviver com crianças o mais possível para ele aprender a partilhar), usa e abusa do não (que aprendeu apenas recentemente) e as coisas têm que ser feitas como ele quer, senão...

Como é óbvio, não fazemos tudo o que ele quer nem como quer mas confesso que tem sido difícil dar algum equilíbrio à coisa. Por um lado não queremos ser demasiado limitativos mas por outro não podemos abrir precedentes em situações que não queremos que ele repita, porque depois é complicado explicar a uma criança de dois anos porque é que só deixámos fazer uma vez. Portanto isto de ser mãe não é pêra doce e, claro, sei que não vos estou a dar nenhuma novidade.

Mas adiante, que o post não era para falar disto. O que quero mostrar hoje é, digamos, uma compilação das brincadeiras rápidas que costumo fazer por aqui (embora neste momento faça poucas porque temos passeado e aproveitado a piscina). São fruto de pesquisa e também de alguma criatividade aqui de casa.


Esta primeira actividade já tinha mostrado. Podem ver aqui.
Aqui fiz uma massa com farinha, água, sal e óleo e depois juntei uma série de coisas como ervas, massas, pauzinhos e muesli e disse-lhe para fazer uma pizza. Foi um sucesso!

Lavar a loiça é daquelas actividades infalível e na qual ele se distrai mais tempo.

Coisas tão simples como colocar massinhas dentro das formas de silicone. Deram-me uns valentes minutos (sim, não pensem que ele está nisto uma hora) para terminar o jantar descansada.

Baú de surpresas
Vi esta brincadeira de descobertas no site Imagination Tree e achei que era de experimentar. Ele gostou bastante. Poderão colocar lá dentro o que vos apetecer e, dependendo da idade, objectos maiores ou menores. Ele estava mesmo ao pé de mim e por poder vigiar o tempo todo decidi colocar os feijões. Convém ir alterando para que seja sempre uma surpresa ver o que está lá dentro.

Bolas e cestos nunca falham.

Quem não gosta de um cantinho especial para pôr a leitura em dia.

Usar caixas para fingir que são carrinhos. Só é preciso que alguém empurre...!

Eu descasco de um lado e o Tiago finge que está a preparar um prato de esparguete com legumes...

Fazer biscoitos, muito educativo mas ele só gosta mesmo é de amassar porque o resto eu que o faça! Mas digamos que a massa fica muito bem amassada.
E é isto, dou voltas e voltas à cabeça para distrair o meu pimpolho. Espero que vos ajude a distrair os vossos.

Desejo um dia entretido a todos.
assinatura

  • Share:

You Might Also Like

5 comentarios

  1. Boas ideias! a minha está nessa fase... obrigada!

    ResponderEliminar
  2. Gosto especialmente da foto em que está a lavar a louça de chucha ;)

    Birras?!ui ui também estamos nessa fase.

    ResponderEliminar
  3. É incrível como as crianças se distraem basta imaginação:)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Ideias fantásticas e que ajudam a exercitar a imaginação dos mais pequeninos:) Fiquei agradavelmente surpreendida com as brincadeiras. Não tenho filhos, mas as crianças que me rodeiam são "inundadas" de brinquedos (ñ por mim!) pelos avós, tios, padrinhos e até pelos pais. Dão brinquedos mas dão pouco mais que isso e essa situação entristece-me. Não é preciso uma montanha de brinquedos para entreter uma criança, apenas dedicar um pouquinho de tempo e atenção a essa tarefa:)
    beijinhos

    ResponderEliminar