Técnica para destralhar - Parte II

junho 12, 2012 Anabela (Aproveitar a Vida) 7 Comentários

Olá a todos.

Lembram-se deste post? Cá venho mostrar, um mês depois, o que fui retirando para as gavetas e o que ficou na caixa.

Depois de o tempo terminar, lá fui buscar a dita cuja e o que tinha ficado era isto:


O resto já estava arrumado nas gavetas. Ainda tirei três coisas da caixa porque, apesar de não as ter utilizado naquele mês, sabia que as utilizaria. O que tirei foi o martelo (que usei alguns dias depois), a colher de gelado e o abre-latas. De resto, se repararem até tirei uma das divisórias do lado direito, onde estão os pauzinhos de espetadas e o rolo da massa.


Esta técnica ajuda muito. Mesmo que não queiram colocar de lado numa caixa e ir tirando, basta pensarem que, se não usaram nos últimos tempos, então é porque não precisam. Se repararem, é o facto de dizerem "ah, mas pode fazer falta" que faz com que acumulem tralha.

E assim se vai destralhando. Sinto-me bem e cada vez mais leve. 

Desejo um dia suave a todos.
assinatura

Poderá também gostar destes artigos

7 comentários:

  1. Eu costumo dizer isso!Tou a gamhar coragem para me livrar de alguns objectos.

    ResponderEliminar
  2. É uma dica interessante para destralhar! Também tenho implementado algumas técnicas para eliminar o supérfluo e cada vez me sinto melhor e com mais tempo, mas ainda não experimentei esta ideia! :)

    ResponderEliminar
  3. Eu tenho dificuldade em "deixar ir as coisas"! Achas que ja não vais usar o quebra-nozes, coador e facas? Vais mesmo jogar fora?

    bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não gosto de nozes e se as comprar é sempre sem casca, mais caras, eu sei, mas neste caso prefiro assim. Há anos que não uso isto e, sinceramente, acho que nunca lhe toquei :)

      Coador, tenho um maior e melhor que tanto serve para canecas como para tigelas, por exemplo. Não preciso deste.

      Facas, tirei as que usei e as que ficaram na caixa raramente usava.

      Dei à minha mãe para ela fazer uma escolha e depois costumo colocar próximo do caixote do lixo, para o caso de alguém querer aproveitar alguma coisa.

      Se fizer falta, logo se vê. Haja criatividade e, como se costuma dizer, quem não tem cão caça com gato.

      Bjs

      Eliminar
    2. Então fazes muito bem!!!;-)
      bj

      Eliminar
  4. Como já te tinha dito, gabo-te a coragem :) Aqui há dias estive a fazer as arrumações das roupas de Inverno e tirar fora as de Verão... finalmente e a muito, muito custo pus 2 sacos de roupa fora que já não vestia hà anos!!! Todos os anos pensava "pode ser preciso"... olha, fechei os olhos e contentor de roupa com aquilo! Sinto-me muito mais leve :) Agora é preciso aplicar ao RESTO da tralha cá em casa :)

    ResponderEliminar
  5. Como já te tinha dito, gabo-te a coragem :) Aqui há dias estive a fazer as arrumações das roupas de Inverno e tirar fora as de Verão... finalmente e a muito, muito custo pus 2 sacos de roupa fora que já não vestia hà anos!!! Todos os anos pensava "pode ser preciso"... olha, fechei os olhos e contentor de roupa com aquilo! Sinto-me muito mais leve :) Agora é preciso aplicar ao RESTO da tralha cá em casa :)

    ResponderEliminar