Avançar para o conteúdo principal

Ano e meio do Tiaguinho

Olá a todos.

É caso para dizer que mais vale tarde do que nunca. O Tiaguinho já fez os 18 meses em Janeiro mas só agora faço o post para mais tarde recordar. 

Não há palavras que descrevam o quanto o amo, é um sentimento tão grandioso que quase não cabe no peito. É o meu doce, o meu tesouro, o meu bem mais precioso, é...a minha alma!

Desta vez vou fazer algo diferente, em vez de apenas escrever texto, vou antes mostrar algumas imagens do nosso dia-a-dia. Espero que gostem.
 Actividades como estas começam a ser uma constante. Ele adora e eu também!

 Os passeios são excelentes para os dois porque saímos um pouco de casa e desanuviamos. Por enquanto estamos em modo pause porque está muito frio mas em breve voltaremos.
 
 O que ele adora fazer são mesmo as tarefas domésticas (I wish...). O que falta aqui é a parte do passar a ferro, sempre que pode esgueira-se para a dispensa e brinca com o meu ferro!!! A loiça (de brincar, claro!) lavou pela primeira vez e adorou, sem dúvida algo a repetir (as crianças são doidas por água).

Mangueira = Água = Brincadeira = Muda de roupa = Trabalho extra para mim

Continua muito comilão e gosta de quase tudo. Também adora petiscar do nosso comer, quando não é igual ao dele!

A lavar os dentes. Está muuuuito melhor, pelo menos já não reclama e as vossas dicas foram preciosas. Obrigada!

 Adora tecnologia, ou não fosse ele filho de um informático.

 Sem grandes comentários, apenas que ficou uma foto muito, muito gira. Não se preocupem que ele está na boa, aliás, disto é que ele gosta. Muitas vezes tenho de impôr limites porque ele, tendo a idade que tem, não sabe medir o perigo.

 Estamos a entrar nesta fase, antes apenas de forma ocasional e para se ir adaptando, mas agora vou tentar que seja de forma mais certinha. Como não quero que stress, vou começando já para ver se até ao Verão lhe tiro a fralda de dia.

 A história antes de deitar nunca, mas mesmo nunca pode falhar (um dia falhei e o rapaz demorou a adormecer, mesmo cheio de sono).

E é assim que vos mostro um bocadinho dos nossos dias, faltam as fotos das birras (felizmente poucas), do choro e dos meus gritos quando me chateio com ele (que não devia, eu sei).

Desejo um dia carinhoso a todos.

Comentários

  1. um ano e meio e já faz tanta coisa!!! =) é tão bom vê-los crescer! Quanto aos gritos, nem smp se consegue evitar, né? Desde que isso NÃO seja a regra, de vez enquanto tb não o vai matar...

    ResponderEliminar
  2. Muito bem :)
    O que interessa é que tem progredido bem!
    Eles realmente o nosso bem mais precioso.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Adorei o post,fez-me lembrar do meu pequeno tb... é um pouco mais velho do q o teu mas ainda n lava os dentes, pelo menos nao de forma bem feita :p. quanto aos gritos ... compreendo! ;). um abraço, Diana

    ResponderEliminar
  4. Ainda bem que está a aproveitar cada momento. Passa tudo tão depressa (tenho 1 com 17 e outro com 22) .....ás vezes bate a saudade..
    Bjkas

    ResponderEliminar
  5. Que fofinho o teu menino. É tão bom este sentimento de sermos amadas e amarmos sem fim. Adorei ver as fotos.

    ResponderEliminar
  6. A minha também está nesta fase!! vai fazer 19meses a 1 Março! são uns tesouros dados por Deus!! Felicidades!!!

    ResponderEliminar
  7. Os nossos filhos enchem-nos a alma como te entendo Anabela:)

    ResponderEliminar
  8. O meu Tiago acabou de fazer 16 meses e todos os dias tem sido uma novidade.
    Tenho a dizer que os nossos Tiagos têm pijamas iguais, hhahahah.
    Beijocas larocas para o teu Tiago.

    ResponderEliminar
  9. Belo empregado da limpeza.

    Parabens ao Tiago e claro aos papas

    ResponderEliminar
  10. "mãe coruja", deixei-te um miminho no meu blog :)

    parabéns pelo lindo e crescido tiaguinho!

    ResponderEliminar
  11. Tenho um filhote quase da mesma idade :). São a melhor coisa do mundo!
    Tenho um selo no meu blog para ti.
    beijinho

    ResponderEliminar
  12. Que fotos tão fofas do teu rapazote!!! :)

    Quanto ao treino do bacio.... eu nunca fiz adaptação, nem treino previo.

    Quando chegou ao verão, pus o moço de pila ao léu em casa e expliquei-lhe que devia fazer no bacio (fiz para ele ver!!!

    Correu muito bem e só teve 2 acidentes com caca...

    Na segunda semana vesti-lhe uns calções faceis de tirar para ele se habituar e na terceira semana acrescentei as cuecas :)

    Correu mesmo muito bem e sem ser torturante para ele!!

    Ele achou tanta piada que fazia xixi de 15 em 15 minutos para ver a novidade!!! :)) Depois calibrou e ainda bem pq tava a ficar farta de despejar tantos xixis hahahaha :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Organização do móvel da cozinha - antes e depois

Organização é um tema que gosto bastante de falar aqui no blog. Não faço tantos posts quanto gostaria mas isso não quer dizer que não vá fazendo pequenas organizações aqui e acolá. Gosto de ler tudo o que está relacionado porque os benefícios que me tem trazido são imensos. São eles:
- Redução de stress  e ansiedade; - Menos acumulação de tralha se existir um lugar para cada coisa; - Maior produtividade (porque não perdemos tempo a procurar coisas); - Maior rapidez nas limpezas; - Mais descanso ou momentos de lazer;
Mas com isto não quero dizer que a organização se faz num abrir e fechar de olhos. Leva tempo, garanto-vos. Primeiro porque não se consegue fazer tudo de uma vez (para ser bem feito, há que pensar bem no que se pretende) e, segundo, porque a organização escolhida pode não resultar. É mesmo na tentativa-erro. 
Cá em casa há ainda muito que fazer mas com calma e um bocadinho de cada vez, conseguimos uma maior fluidez no dia-a-dia.
Um dos cantinhos que há muito "gritava…

O que ando a comer ao pequeno-almoço

Ontem foi um dia complicado. Não que tenha acontecido alguma coisa de mal mas sim porque andei a correr, literalmente. Tive a consulta de rotina do Tiago, dos três anos. Esperei cerca de 30 minutos (depois da hora) e estive quase uma hora lá dentro. Ele está óptimo e recomenda-se. Apenas pequenas alterações na parte da sesta, a ver se as noites ficam melhores. Mas isto é tema para outro post. 
Ora, andei a correr porque quase não chegava a tempo da explicação das 16h, ainda por cima com uma nova aluna. Que stress, só vos digo. Tiago não dormiu sesta devido à hora da consulta e às 18h já ninguém o podia aturar. Deitar cedo era mais que imperativo. 
Foi um dia de correria mas que começou muito bem com um pequeno-almoço que tenho repetido todos os dias nas últimas duas semanas. E calculo que vos vá parecer bem esquisito mas eu adoro a mistura do pão, o queijo-creme e o tomate. Salpicado com coentros fica uma maravilha. Bem sei que isto não agrada à maioria e se calhar alguns até farão c…