Avançar para o conteúdo principal

Lavar os dentes...ou talvez não!

Olá a todos.

Pois, estão a estranhar o título? Não, não somos porquinhos, lavamos os dentes mais do que uma vez por dia.
Este título surge porque estou com um problemazito no que se refere à lavagem dos dentes do Tiago. Comprei-lhe uma destas escovas...

...e gostei bastante porque o Tiago consegue agarrá-la facilmente e escova muito bem as gengivas. Ora o meu problema começa aqui, é que ele fica-se pela gengivas e quando é para escovar os dentes (que é o que realmente importa) é que são elas. Tenho de fazê-lo à força, porque ele começa a cerrar os lábios e não quer. Já tentei de várias maneiras, escovo os meus dentes à frente dele para ver se ajuda (porque eles seguem o nosso exemplo), canto uma canção, falo com calma, de nada serve e como é algo que não posso nem quero deixar passar, lá tem de ser forçado.

Já pensei na dedeira mas parece-me que será pior porque como ele faz força para fechar a boca, é provável que o aleije, pois as cerdas desta escova são super macias enquanto que as das dedeiras parecem-me mais rijas.

Neste momento já usa pasta de dentes, quer dizer, apenas raspo um pouco nas cerdas, quase nem se vê, é apenas para ele sentir qualquer coisa na boca e ir-se habituando, sem engolir nada. Tenho usado a nossa pasta normal porque ele não toma flúor logo não há problema de excesso e além disso não quero que se habitue ao doce excessivo das pastas para crianças. Pedi conselho a uma pessoa da família que trabalha no ramo e me disse não haver problema mas vou também perguntar à médica do Tiago.

A minha pasta caseira ainda não lhe dou mas temos usado esta (que nos é trazida gratuitamente pelo familiar que falei) que é excelente. De difícil habituação mas que, com o tempo, lá vai.

Portanto e para não me exceder no post, precisava de dicas para este assunto. Como fazem com os vossos filhotes? É que isto tem andado a consumir-me porque não quero que o Tiago veja a escovagem dos dentes como algo negativo (ele assim que vê a escova agarra logo nela e fica contente, pelo menos por enquanto...) mas também não posso deixá-lo apenas escovar as gengivas, fica a faltar o mais importante. Ajuda precisa-se...

Desejo um dia fresquinho a todos.


Comentários

  1. Olá Anabela!
    Eu com o meu pequenito não tive esse problema, não sei se por desde muito cedo lhe lavar os dentitos (mal apareceu o 1º lá andava eu com a dedeira)... acabou por ser uma rotina tão normal quanto o banho.
    Também ajudou o facto de ter pedido à educadora para lhe lavar os dentes também no infantário antes de 1 ano de idade (o que não é costume pq fazem essa rotina mais tarde).
    Como já tentaste tnta coisa, o jeito é ires continuando a insistir no meio de brincadeiras, ou comprares-lhe um livro que ensine a importância de lavar os dentes. Já sei que o teu é muito pequenito, mas há uns muito giros com bonecos muito apelativos.
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  2. Pois, acho que passamos todas por esse problema :)
    No meu caso ela detestava as pastas, e só com a da chicco com sabor a banana é que consegui que ela lavasse.Tem sabor a banana e não tem aquele "pico" ácido das pastas e ela adorou.Acho que o segredo é não te mostrares preocupada com isso, deixá-lo escovar por ele nem que o faça mal...com o tempo ele vai conseguir!Também comprei uma ampulheta em forma de crocodilo e ela acha piada estar durante aquele tempo a escovar os dentes ( 3 min).Lembra-te tb que eles sabem o que mexe connosco e sabem usá-lo " contra nós, percebes? Portanto relaxa e faz do momento uma diversão, desvaloriza o facto de ele não querer! Comigo resultou assim, hoje lava sem problemas e deixa-me ajudar!
    Bj

    ResponderEliminar
  3. Olá Anabela,
    Tenho uma pequenina de 16 meses e nunca tive problemas nesse sentido. Comprei-lhe uma escova daquelas com o desenho do Pooh que ela adora e até a pede! Quanto à pasta, uso uma da chicco com sabor a banana e maçã, ela adora o sabor e até diz: Maissss! :) No entanto estou a ver se acabo com essa porque não tem fluor e a médica disse que já se pode dar (ela diz que pode usar uma das nossas). Comprei-lhe uma daquelas dos miúdos para dentes de leite, não me recordo do nome mas penso que é da aquafresh e tem sabor a morango! Acho que aqui o truque é o sabor, sim, porque eles gostam de comer pasta...pelo menos a minha adora :P
    Outra coisa que ela gosta muito é de escovar os nossos dentes. Quando estamos a escová-los, ela agarra no cabo com a sua mãozinha e faz o movimento :P farta-se de rir!
    Bjs,
    Ilda

    ResponderEliminar
  4. Ponho um pouquinho minimo de pasta como tu e dou-lhe a escova para a mão, expliquei-lhe 2 ou 3 vezes que era para escovar os dentes para os limpar.... e não faço mais nada!
    Ele olha para mim e tenta imitar! Obviamente não lava nada com jeito mas eu não o pressiono.... com o tempo ele apanha o jeito!!

    ResponderEliminar
  5. Obrigada a todas.

    O problema aqui não é a pasta, é mesmo ele não passar a escova nos dentes. A única preocupação que tenho é se o facto de o deixar lavar à vontade (sabendo que nos dentes a escova passa muito pouco) venha a trazer consequências nos dentes. Vou tentar o livro e mais tarde a ampulheta. Obrigada pelas dicas, a sério!

    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Anabela,
    Mesmo que ele não lave bem de inicio, o que é compreensivel há coisas que podes fazer que ajudam a que os dentes sejam "poupados"... para além de evitar os doces (que certamente sabes) podes dar no fim da refeição um bocadinho de maça para mastigar, ajuda bastante a limpar os dentes ;)

    ResponderEliminar
  7. Aqui em casa o que resultou para ela colaborar mais foi colocar um espelho à frente dela, para ela ver o que está a acontecer....
    Estranho, não é? :)

    ResponderEliminar
  8. Especialmente Gaspas,

    Vou também fazer isso. Todas as dicas são preciosas.

    Obrigada!
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Ternurinha,

    Vou tentar isso, nunca se sabe ehehehe.

    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Ok, agora deu-me vontade de rir porque pus-me a pensar no que vai dar fazer todas as coisas que me disseram. Vejamos:

    - Dar-lhe um bocadinho de maçã no fim da refeição.

    - Deixá-lo escovar os dentes à vontade a olhar para um espelho

    - Ter a ampulheta a contabilizar o tempo (isto mais tarde, provavelmente)

    - Mostrar-lhe um livro sobre o tema, talvez antes de dormir, não sei.

    - Deixá-lo escovar os meus dentes (esta deve ser divertida!)

    Mas vou tentar, depois vou contando como está a ir. Obrigada mais uma vez.

    ResponderEliminar
  11. Pois eu nunca tive problemas com a minha pequenita desde cedo que lhe coloquei a escova na mão para ela lavar os dentes sozinha. Até tenho de esconder a escova e a pasta se não leva o dia a lavar os dentes.
    Também uso a pasta de dentes da Chicco.

    http://asdicaseaeconomia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  12. Acho que vou por o meu cachopo a lavar os dentes do pai!!! hahahahahahahahaha Os meus não porque tenho de estar livre para fotografar!! :)

    ResponderEliminar
  13. Não será o caso de lhe fazer impressão? Ou mesmo uma questão de sensibilidade. É preciso cuidado com a ingestão de flúor pode causar fluorose (manchas brancas) nos dentes definitivos.

    ResponderEliminar
  14. Olá Anabela,
    Peço desculpa de estar a comentar sobre um tema que já publicaste à muito tempo, mas esta questão surgiu-me agora. Tenho um "cabrito" (ainda estava na minha barriga e já o chamava assim) com 22 meses e que começou agora a usar a pasta. Ele lava os dentes mesmo muito mal... acho que nem as gengivas lava. Eu deixo-o lavar os meus dentes, ele sobe para 1 banquinho para se ver ao espelho, a pasta que comprei é 100% á base de plantas (e que engole sempre) e fico preocupada (com remorsos) por não insistir mais com ele para ficarem bem lavados. Com isto tudo penso que já passou esta fase para ti, como é que fizeste?
    Muito obrigada
    Andreia Neto
    P.S. Já fizeste a maionese de soja, sem ovos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Andreia. Essa fase ainda continua :) O segredo é insistir, insistir, insistir e dar o exemplo. Mostrar como escovam os dentes e fazê-lo junto com ele. Este detalhe fez toda a diferença. Acaba por ser uma actividade em família.

      Espero ter ajudado. Bjs
      P.S.: Ainda não tive tempo para fazer a maionese mas hei-de experimentar!

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Organização do móvel da cozinha - antes e depois

Organização é um tema que gosto bastante de falar aqui no blog. Não faço tantos posts quanto gostaria mas isso não quer dizer que não vá fazendo pequenas organizações aqui e acolá. Gosto de ler tudo o que está relacionado porque os benefícios que me tem trazido são imensos. São eles:
- Redução de stress  e ansiedade; - Menos acumulação de tralha se existir um lugar para cada coisa; - Maior produtividade (porque não perdemos tempo a procurar coisas); - Maior rapidez nas limpezas; - Mais descanso ou momentos de lazer;
Mas com isto não quero dizer que a organização se faz num abrir e fechar de olhos. Leva tempo, garanto-vos. Primeiro porque não se consegue fazer tudo de uma vez (para ser bem feito, há que pensar bem no que se pretende) e, segundo, porque a organização escolhida pode não resultar. É mesmo na tentativa-erro. 
Cá em casa há ainda muito que fazer mas com calma e um bocadinho de cada vez, conseguimos uma maior fluidez no dia-a-dia.
Um dos cantinhos que há muito "gritava…

O que ando a comer ao pequeno-almoço

Ontem foi um dia complicado. Não que tenha acontecido alguma coisa de mal mas sim porque andei a correr, literalmente. Tive a consulta de rotina do Tiago, dos três anos. Esperei cerca de 30 minutos (depois da hora) e estive quase uma hora lá dentro. Ele está óptimo e recomenda-se. Apenas pequenas alterações na parte da sesta, a ver se as noites ficam melhores. Mas isto é tema para outro post. 
Ora, andei a correr porque quase não chegava a tempo da explicação das 16h, ainda por cima com uma nova aluna. Que stress, só vos digo. Tiago não dormiu sesta devido à hora da consulta e às 18h já ninguém o podia aturar. Deitar cedo era mais que imperativo. 
Foi um dia de correria mas que começou muito bem com um pequeno-almoço que tenho repetido todos os dias nas últimas duas semanas. E calculo que vos vá parecer bem esquisito mas eu adoro a mistura do pão, o queijo-creme e o tomate. Salpicado com coentros fica uma maravilha. Bem sei que isto não agrada à maioria e se calhar alguns até farão c…