Avançar para o conteúdo principal

9 meses do Tiaguinho

Olá a todos.

Venho um bocadinho atrasada porque o meu tesourinho já fez os 9 meses no dia 17 mas de qualquer forma deixo aqui (para depois recordar) todos os seus desenvolvimentos.
O amor...esse cresce desalmadamente, de tal forma que quase não cabe dentro do peito. Ser mãe é mesmo maravilhoso!!!

E, portanto, aos 9 meses estamos assim:

Alimentação:

- Come muito bem. Despacha um prato de sopa cheio em menos de nada. Até fico espantada!
- Não há nada que não goste, marcha tudo!
- Come muito bem bolacha Maria, banana aos bocadinhos e já vou colocando alguns vegetais e massa cozidos num pratinho para se entreter enquanto jantamos. Claro que só faz chafurdice mas vai aprendendo a mastigar e a levar alimentos à boca.
- Já desisti de dar pão porque de todas as vezes que lhe dei engasgou-se. Põe-se a chupar, a chupar e depois ficam bocados grandes na boca com os quais se atrapalha e engasga. Não vale a pena, tem muito tempo para comer pão.
- Continua com a maminha. Mama entre 4 a 5 vezes. Duas de manhã, uma antes de dormir a sesta e por vezes quando acorda também, outra antes de deitar e outra durante a noite. Como não tenho muito leite, dando muitas vezes é uma forma de manter a produção.

Sono:

- Em noites normais acorda apenas uma vez, em noites especiais dorme a noite toda. Tenho sempre de lhe mudar a fralda que está a abarrotar de xixi e dou-lhe mama. Na maior parte das vezes em menos de meia hora estamos despachados.
- Deita-se religiosamente às 21h, por vezes antes disso se a sesta foi curta. Foi ele próprio que criou este hábito e eu muito lhe agradeço :)
- Acorda sempre por volta das 8h/8h15, às vezes antes.
- Faz sempre duas sestas, uma de manhã que varia entre 1h/1h30 e outra de tarde que costuma ser entre 2h/2h30. Sim, considero-me uma sortuda :)
- Agora vem a parte complicada. Ainda o adormeço no colo a andar de um lado para o outro e a cantar ou o "Olha a bola Manel" ou "Naquela linda manhã". Andámos ai numa fase em que lhe dava mama, deitava-o logo de seguida, umas palmadinhas ao de leve no rabinho e em 5 minutos estava a dormir. O meu pai fazia o mesmo (com excepção da mama, claro!) e ele habituou-se bem, embora nas primeiras vezes tivesse sido um pouco complicado. Depois não sei o que aconteceu e perdemos o hábito de fazer isto porque ele andava mais rabugento e demorava muito mais tempo a adormecer assim, no colo levava os mesmos 5 minutos. Agora é uma chatice porque só lá vai mesmo com o colo. Preocupa-me isto porque aprender a adormecer sozinho (que, como é óbvio, ainda não aprendeu) é tão importante como aprender a comer sozinho, por exemplo. Preciso de dicas, conselhos, como foi com os vossos filhotes?
- Ah e já dorme de barriga para baixo e cada vez que o vou espreitar ao quarto está numa posição diferente, às vezes não muito confortáveis e tenho de lhe mexer. Felizmente não acorda.
- Só vem para a nossa cama de manhã quando acorda ou se estiver com algum problema/dor (como já aconteceu), de resto sempre na caminha dele. Nesta parte evitamos ao máximo trazê-lo para a nossa cama durante a noite. 

Desenvolvimento psicomotor:

- Gatinhar não é com ele mas arrastar-se tipo cobrinha, isso sim é que é!
- Adora andar de pé.
- Já fica bem de pé agarrado ao sofá e só não consegue levantar-se sozinho porque não se consegue agarrar ao sofá para se içar.
- Senta-se e rebola-se perfeitamente bem.
- Por vezes mostra língua quando lhe pedimos. Já me ri à brava porque fica muito engraçado.
- Ainda não bate palminhas (farto-me de o ensinar). O que faz é juntar as mãos e depois fica assim, com elas juntas, sem mexer. Mas é capaz de bater muito bem nas nossas mãos ou em qualquer outro lado.
- Dá-nos papinha dele, se pedirmos, ou seja, dá-nos comer à boca.
- Quando tem sono esfrega muito os olhinhos e só quer colinho e criou o péssimo hábito de me puxar os cabelos para adormecer, coisa que eu detesto porque dói que se farta!
- Dá os bracitos para ir para o colo de quem quer.
- Já começa a fazer as suas birrinhas quando não lhe dão o que ele quer.
- Farta-se de palrar e já diz muitos sons com consoantes. Já diz ocasionalmente mamã e papá mas ainda não com aquele sentido de saber o que está a dizer, se é que me faço entender.
- Dá muitos miminhos aos papás, festinhas na cara, abracitos, uma verdadeira delícia.
- Já sabe dizer adeus muito bem.
- Ri-se muito quando se vê ao espelho e quer apanhar-se.

Brincadeira:

- Gosta muito de livros e fica entretido com eles. 
- Já tentei começar a rotina de lhe mostrar livros à noite antes de deitar. Primeiro comecei por ler histórias pequenas mas ele ficava demasiado irrequieto e depressa percebi que ainda era demais para ele. Assim passei a mostrar-lhe livros só com imagens ou sons e vou explicando o que lhe vou mostrando
- Adora passear, seja de carro, no carrinho dele, no colo, é preciso é sair de casa para ver o mundo.
- Adora mexer nas gatas e puxar-lhes o rabo.
- Também gosta de bater no aquário que os meus pais têm e fica tempos infindos a ver os peixes.
- Fica muito quietinho quando lhe dou beijinhos à esquimó :)
- Adora bolas e já brincamos muito a passar a bola um ao outro (apesar de ele a mandar para mim porque calha).

E pronto, é isto. Assim de repente é do que me lembro. Está um amor, pois claro!

Desejo um dia carinhoso a todos.




Comentários

  1. OLá.
    Parabéns, filho lindo. Aproveita todas as faser, passa muito rápido.
    A minha filha está com 16 anos e parece que foi ontem que nasceu.
    Sinto saudades

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Já 9 meses?????
    Como o tempo voa!
    Está lindo e crescido! ;)

    ResponderEliminar
  3. Quanto a mim, ser mãe foi o melhor que me aconteceu!!!
    Parabéns tens um bebé lindo!!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. A minha filhota tb tem 9 meses e está muito parecida com o teu! Felicidades!+

    ResponderEliminar
  5. como está grande ...agora vai parecer uma bolinha a rebolar :-)))

    ResponderEliminar
  6. Parabéns Anabela;)
    Os nossos filhos são de facto o melhor que temos...Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Muitos parabéns! Reconheço muitos destes desenvolvimentos. Em relação ao adormecer não te consigo ajudar muito pq a M. nunca gostou de adormecer ao colo, só qd está doentita. Com certeza vais ter de o deixar chorar um pouco, não concordo muito com deixar chorar os bebés, acho que eles têm muito tempo na vida para chorarem sem ser consolados, mas um pouquinho de cada vez pode ser que ele se habitue.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Organização do móvel da cozinha - antes e depois

Organização é um tema que gosto bastante de falar aqui no blog. Não faço tantos posts quanto gostaria mas isso não quer dizer que não vá fazendo pequenas organizações aqui e acolá. Gosto de ler tudo o que está relacionado porque os benefícios que me tem trazido são imensos. São eles:
- Redução de stress  e ansiedade; - Menos acumulação de tralha se existir um lugar para cada coisa; - Maior produtividade (porque não perdemos tempo a procurar coisas); - Maior rapidez nas limpezas; - Mais descanso ou momentos de lazer;
Mas com isto não quero dizer que a organização se faz num abrir e fechar de olhos. Leva tempo, garanto-vos. Primeiro porque não se consegue fazer tudo de uma vez (para ser bem feito, há que pensar bem no que se pretende) e, segundo, porque a organização escolhida pode não resultar. É mesmo na tentativa-erro. 
Cá em casa há ainda muito que fazer mas com calma e um bocadinho de cada vez, conseguimos uma maior fluidez no dia-a-dia.
Um dos cantinhos que há muito "gritava…

O que ando a comer ao pequeno-almoço

Ontem foi um dia complicado. Não que tenha acontecido alguma coisa de mal mas sim porque andei a correr, literalmente. Tive a consulta de rotina do Tiago, dos três anos. Esperei cerca de 30 minutos (depois da hora) e estive quase uma hora lá dentro. Ele está óptimo e recomenda-se. Apenas pequenas alterações na parte da sesta, a ver se as noites ficam melhores. Mas isto é tema para outro post. 
Ora, andei a correr porque quase não chegava a tempo da explicação das 16h, ainda por cima com uma nova aluna. Que stress, só vos digo. Tiago não dormiu sesta devido à hora da consulta e às 18h já ninguém o podia aturar. Deitar cedo era mais que imperativo. 
Foi um dia de correria mas que começou muito bem com um pequeno-almoço que tenho repetido todos os dias nas últimas duas semanas. E calculo que vos vá parecer bem esquisito mas eu adoro a mistura do pão, o queijo-creme e o tomate. Salpicado com coentros fica uma maravilha. Bem sei que isto não agrada à maioria e se calhar alguns até farão c…