Finalmente consegui!!!

By Anabela (Aproveitar a Vida) - abril 20, 2011
Olá a todos.

Há já algum tempo que pedi ajuda aqui no blog para perceber o que é que fazia mal quando tentava fazer pão em bolinhas. O post foi este e nele recebi uma ajuda preciosa da Humming. Na altura recusei-me terminantemente a comprar um máquina de fazer pão porque queria aprender a fazer sozinha. Bom, mas parece que a minha teimosia não venceu porque acabei por comprar uma.

De qualquer forma continuei com o mesmo problema, o pão fica massudo e nunca com aquele aspecto fofinho que vejo em muitos blogues. Acabei por me resignar à evidência de que o problema estaria no meu forno, ou, pelo menos, pensava eu.

Bom, mas o que quero contar é que no outro dia (não sei bem porquê) fiz uma coisa diferente que foi desfazer o fermento em cima da farinha em vez de o derreter na água morna. Então não é que a massa ficou muito melhor para moldar e as bolinhas ficaram fofinhas?! Nem queria acreditar! Será que andava a fazer isto mal o tempo todo? Fica aqui uma imagem das bolas fofinhas que me saem agora. Agora só falta mesmo que não fiquem com tanto sabor a fermento (devo colocar demais, só pode) e que fiquem ainda mais leves como o pão de padaria.


Quem costuma fazer bolinhas de pão, como faz com o fermento? Ah e a quantidade? Eu uso cerca de 25g de fermento de padeiro para 500g de farinha, é muito? Humming estás por ai?

Desejo um dia delicioso a todos.
  • Share:

You Might Also Like

21 comentarios

  1. Bom dia!

    Essa quantidade de fermento dá para 1 Kg de farinha. O facto do pão ficar massudo nada tem a ver com o fermento mas sim com o tipo de farinha utilizada e com a forma como se amassa o pão. A massa deve ser muito bem amassada antes de levedar.
    Cristina

    ResponderEliminar
  2. Olá, eu uso 15g!Não sei se é a quantidade certa pq tb ainda não acertei com o pão :(
    O teu pão tem um aspecto maravilhoso :)
    Bj e boa Pascoa

    ResponderEliminar
  3. Olá, gosto muito do teu Blog, tem me dado umas ideias jeitosas. Sobre o pão pelo que tenho experimentado uma saqueta de 5g (falando de fermento em pó) dá para um pão de 500g. É experimentar talvez por isso as bolas fiquem papudas. É tudo questão tentativa e erro.

    ResponderEliminar
  4. olá vim ter a este blog por causa da iogurteira e vi este comentário em relação ao pão. Eu faço pão na máquina mas seja como for o principio é o mesmo a diferença é que esta é que o amassa. O fermento deve ser dissolvido em água edepois usar-se esta água na confecção do mesmo. A quantidade que uso é cerca de 7 a 8g de fermento para cerca de 560g de farinha. espero ter ajudado

    ResponderEliminar
  5. Bom dia. Esquecime de dizer que o tipo de fermento que uso é o fresco pois também há o fermento em pó, mas como fica mais caro é raro usar, em alguns blogs usam cerca de 5,5g de fermento seco para a mesma quantidade de farinha, já não estou bem cerca mas com 3,5g de fermento seco já é suficiente para levedar o massa. já agora a quantidade de água que uso é 350ml, mas é sempre uma questão de afinação pois costumo sempre acrescentar farelo e cereais à massa, espero ter ajudado

    ResponderEliminar
  6. Boa noite, pelo que percebi continua com o problema em relação ao fermento, eu nou nenhuma experte mas o erro que poderá estar a cometer é que a água poderá estar muito quente e estar a matar as leveduras, o que leva a que o pão não levede. Não custa nada experimentar como tal deixo aqui uma receita â consideração para ser testada ou não é a receita que eu faço e tem corrido bem. Já me estou a alongar como tal deixo já a seguir um tópico com a receita para ser mais fácil

    ResponderEliminar
  7. Olá anónimo.

    Tenho tido sempre atenção à temperatura da água e nas últimas fornadas nem tenho dissolvido. Mas já percebi que tenho colocado imenso fermento, daí o sabor ao dito cujo. Fico a aguardar a receita porque receitas que correm bem são sempre bem vindas.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  8. A receita é
    350 ml de água(Temperatura ambiente)
    +/- 8gr de fermento fresco ou 3 a 4 gr de fermento seco
    560 g de farinha
    2 colheres de sopa de azeite(ponho a olho) (opcional)
    1 pitada de sal
    1 pitada de açúcar (opcional)
    Pode adicionar ainda cereais ex:farelos, aveia, muesli...
    Geralmete coloco a água na cuba e adiciono-lhe o fermento o qual o dissolvo na própria cuba com um pauzinho do chinês com, coloco um fio de azeite, adiciono a farinha e os cereais se for ocaso e por fim coloco no cimo da farinha a pitada de sal e de açúcar.
    Como tem máquina do pão pode fazer um programa básico (pode ser usada para fazer na hora ou para programar por exemplo á noite par ter pão fresco ao pequeno almoço)se quiser que esta coza o pão, caso seja para fazer bolinhas, para cozer no forno para facilitar a tarefa faça o programa de massa leveda (ou seja o programa que serve para fazer massa de pizza) e no final do mesmo retira a massa tende-a a seu gosto, deixa levedar mais um pouco no tabuleiro e depois leve ao forno a cozer.
    Quando se programa a máquina, não se deve deixar o sal ou o açúcar em contacto com o fermento, como não sei bem qual deles é que é coloco-os sempre no cimo da massa e separados.
    Espero ter ajudado e boa sorte, para encontrar a receita ideal,esta resultou comigo
    PS as primeiras vezes que fiz pão tive o mesmo problema, com o sabor excessivo a fermento.
    Alguém falou no tipo de farinha já usei farinha normal do Lidl os pacotes azuis, do continente geralmente compro a marca é sem fermento e também já usei a do continente penso que uma é tipo 55 e a outra 65, também já comprei a espiga (?sacos de 3 ou 5 Kg) isto falendo em marcas mais conhecidas. Não peneiro a farinha pois com alguns tipos de granulemetria esta fica muito fina e o pão não cresce tanto e não fica tão bom

    ResponderEliminar
  9. Bem como tem tido atenção á temperatura não sei o que possa estar a ocorrer era só uma sugestão. Caso também não corra bem, que espero que não seja o caso tem muitas receitas de pão diferentes em http://www.lusitana.pt/receitas2.asp?id_receita=111, já à algum tempo que fiz receitas daqui e correram bem. Além do mais pode sempre fazer outros tipos de pão.
    Cumprimento

    ResponderEliminar
  10. Olá novamente.

    Obrigada pela paciência e pela receita! Que espectáculo! Vou experimentar essa dica do programa para massa de pizza. A ver vamos como corre. Depois conto.

    Obrigada mais uma vez.

    Cumprimentos
    P.S.:Podia ao menos saber o seu nome?

    ResponderEliminar
  11. Olá chamo-me Lília e ainda bem que pude tentar ajudar pelo menos, tenho esperanças que corra bem pois já dei a receita a outras pessoas e correu bem. Dica caso desconheça pode comprar fermento fresco e partir em cubinhos de 8g e congelar, para depois ir usando quando precisa, para tal retira da arca coloca na água e dissolve-o.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  12. Olá, acabei por ficar uma seguidora assídua embora não esteja registada no blog, não sou muito de escritas, gosto de ver e tirar ideias, sei que deixar um comentário é sempre uma forma de incentivo para quem escreve, o continuar a fazer pois sente o feed-back de quem lê e passa pelo seu espaço. Desejo-lhe as melhoras para a sua depressão e que tudo continue pelo melhor. Pode não ser o melhor post para estas observações, mas tenho curiosidade de saber se a receita (pão) que deixei foi aprovada (quero com isto dizer se correu bem), caso já tenha sido testada. Eu sei que não tem tido muito tempo, mas sempre que posso ou me lembro passo por aqui a ver os comentários para saber se correu bem.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  13. Olá Lília, é você, certo?

    Ainda não experimentei porque meteu-se muita coisa pelo meio mas ainda bem que escreveu este comentário porque farei este fds. Lembrei-me de uma coisa, é que eu compro maior quantidade de fermento na padaria e depois divido e congelo em quantidades mais pequenas. Será que a congelação do fermento poderá estar a fazer diferença?

    E a temperatura do forno, qual a que mete?
    O forno é pré-aquecido antes de meter a massa?
    A massa é colocada a meio do forno ou mais em baixo?
    Quanto tempo deixa a cozer?

    Pergunto isto tudo porque quero fazer exactamente como faz para saber onde está o problema, se houver.

    Assim que fizer as bolas venho cá dizer como correu.

    Bjs e muito obrigada por se lembrar de mim :)

    ResponderEliminar
  14. Respondendo as perguntas colocadas, eu também congelo o fermento, pois também compro em grandes quantidades o que noto é que por vezes quando está um pouco mais de frio, demora mais para ficar activo, mais isto só se nota se for para fazer na máquina, pois sendo a fermentação final fora é só esperar mais um pouco. A temperatura do forno não sei indicar, como o tempo mais frio e como tenho uma salamandra com forno geralmente coso lá o pão, mas é um pão normal(receita) e está por volta dos 100 a 150ºC e fica pouco corado, pois gosto dele mais para o branco, deixo entre os 40 minutos a 1hora. Penso que tenha que ser pré-aquecido pois antigamente o pão era feito nos fornos a lenha e tinha que se colocar a lenha para aquecer, retirar esta e depois cozer o pão. Na salamandra fica mais perto do fundo mas sem que assente neste (nos fornos antigos era colocado directamente sobre a base do forno).
    Provavelmente não consegui esclarecer bem as dúvidas mas não posso ajudar muito mais, pois o meu forno não é grande coisa para fazer bolos, pois como é a gás não controlo a temperatura e com os bolos que lá fiz geralmente saem queimados por baixo, assim sendo nunca experimentei o pão.
    Bjjs

    ResponderEliminar
  15. Por curiosidade e devido ás dúvidas levantadas, por um acaso vi neste blog http://aromassaboreseoutrascoisas.blogspot.com/, uma senhora que fez pão integral da forma tradicional e coseu-o no forno. Ela coloca-o no forno pré-aquecido a 180ºC, unta o tabuleiro com óleo, eu pessoalmente coloco farinha.

    ResponderEliminar
  16. Já vi um posto novo com imagens de pão, penso que tenha feito a receita que deixei, e pelo que percebi correu bem, fico contente (não precisa de colocar quem cedeu a receita, basta deixar a receita tal como indicou que iria fazer, para que outras pessoas possam usar). Não mencionei anteriormente, mas pode juntar à receita que deixei, farelos e outros tipos de cerais, embora tenha deixado a receita de pão branco raramente faço em casa, sigo a receita e adicione-lhe geralmente farelos, flocos de aveia, centeio, e por vezes faço com um preparado de cerais que é o muesli. Como coloco logo no inicio tudo geralmente os cereais ficam desfeitos, mas o que importa é o sabor (esta dica fica depois de através do blog ter entrado na página do facebook). Não tenho quantidades adiciono a olho, consoante os cereais que opto por adicionar.
    Bjjs

    ResponderEliminar
  17. Lília, estou a terminar o post para falar sobre o pão e tenho lá o seu nome escrito porque gosto de colocar o nome de quem me ajuda. Se não autorizar, peço que me avise (pode ser para o email aproveitaravidaja@gmail.com).

    Apenas experimentei em bolas e, de tudo o que já fiz, foi o que mais gostei. Percebi que o fermento que punha era um exagero e por isso de sabor ficou excelente. Apenas lhe falta aquela elasticidade característica do pão de padaria, mas tem a ver com o meu forno e não com a receita em si. Quero fazer um pão normal com esta receita, apenas o que falta para completar o post e publicar.

    Mais uma vez obrigada pelo apoio nesta minha longa jornada :)

    Bjs

    ResponderEliminar
  18. olá
    a farinha utilizada para o pão/pizza, à qual se junta o fermento de padeiro, deve ser sem fermento ou é irrelevante? é uma dúvida que tenho e que ainda não encontrei resposta.
    obrigada

    ResponderEliminar
  19. Faço pão muitas vezes, na máquina e à mão, e fica sempre uma delicia. Como já vi que tem vários problemas, com o fermento, com a temperatura da água, com o amassar, e até com a temperatura do forno resolvi deixar-lhe uma receita básica e que vai ver vai ficar bem de certeza. Aparentemente parece complicado porque o texto é longo mas depois de fazer uma vez vai ver como é fácil e que o aspecto é o de um pão tostadinho por fora e macio por dentro.

    Bom apetite!

    1 tablete de fermento biológico fresco (15 g), equivale a 1/2 colher de sopa de fermento biológico seco (5 g), atenção que o fermento tipo Royal (normalmente usado para bolos, não serve. Se usar fermento em pó não se dissolve, ou seja mistura directamente com os outros ingredientes, se usar fermento fresco tem que ser dissolvido em água quente (um pouco mais de morna pois é o calor que activa o fernento) e depois de bem dissolvido misturar aos outros ingredientes.

    INGREDIENTES:

    (EU COSTUMO FAZER MEIA RECEITA)

    1 colher (sopa) de fermento biológico seco ou o equivalente de fermento fresco
    1 colher (sopa) de sal grosso
    700ml de água
    1kg de farinha de trigo T65

    PREPARAÇÃO:

    No recipiente escolhido, colocar o fermento, o sal e a água. Mexer. Juntar a farinha e mexer no centro, com uma colher de pau, até toda a farinha das bordas ficar incorporada. Assim que tiver tudo misturado (vá envolvendo de baixo para cima para despegar a farinha que possa estar agarrada à tigela), não mexer mais, esse é o segredo para o pão ficar fofinho, fica uma massa pegajosa
    Deixar levedar cerca de 2h (se estiver muito frio pode deixar 3 a 4 horas), tapado, à temperatura ambiente.
    A massa está pronta para ser usada, ou pode ir para o frigorífico.

    Quando for para ser usada, polvilhar a superfície da massa com farinha, puxar a quantidade desejada (tamanho de uma toranja) e cortar com uma faca de serra ou tesoura. Também pode fazer um pão inteiro para cortar às fatias. Colocar numa superfície enfarinhada e tende-se uma bola amassando o mínimo possível, rodando a massa e virando para baixo as bordas.
    Colocar no recipiente que vai levar ao forno (lembre-se que vai ter que meter o recipiente dentro do tabuleiro com água por isso tem que ter alguma altura), e deixe levedar 40min. destapado. Pode usar um tacho de barro ou um pirex.

    Pré-aquecer o forno a 230ºC e o tabuleiro com a água. Esta parte depende dos fornos, eu tenho forno eléctrico e aqueço apenas a 180º, terá que experimentar no seu qual a temperatura ideal.

    Polvilhar o pão com farinha e com uma faca bem afiada (eu costumo cortar uma cruz com a tesoura), fazer uns golpes de decoração (xadrez, zebra).
    Colocar o recipiente com a massa dentro do tabuleiro e deitar 1 chávena de água quenteno tabuleiro.
    Assar cerca de 30min. a 180ºC ou alterar o tempo e a temperatura conforme o forno.
    Retirar e deixar arrefecer um pouco sobre uma grelha.

    NOTA, MAS NÃO MENOS IMPORTANTE:

    - No fim de levedar a 2.ª vez deve-se ter o máximo cuidado para que a massa não seja amassada.

    ResponderEliminar
  20. Só depois de colocar o post vi a pergunta do anónimo do dia 4 de maio às 21:48H. Para fazer pão ou pizza não pode ser farinha com fermento tem que ser farinha tipo 55 ou 65 mas sempre sem fermento. Ao contrário da massa de pão que deixei se for uma massa de pizza já tem que ser bem amassada. Tem que ficar de modo a esticar com facilidade, mesmo à mão, bastando para tal polvilhar a bancada com farinha e ir esticando ao tamanho desejado. Eu gosto da massa de pizza bastante fininha mas caso gostem dela mas grossa convêm picar a massa para não ficar grossa demais.

    Espero ter ajudado.

    ResponderEliminar