Avançar para o conteúdo principal

Poupar no muda-fraldas

Olá a todos,

Hoje vai ser mais um post de poupança. 

Quando estive a organizar o quarto do Tiago não queria comprar nenhum móvel/fraldário pois além de ir gastar mais dinheiro, depois ficaria com um móvel sem utilidade.

Então lembrei-me do que tinha feito uma prima minha (que rica ideia prima, obrigada!) que apenas comprou um muda fraldas e colocou em cima de uma cómoda. Fácil e barato.

Então lá comprei o muda-fraldas (com uns pézitos e tudo, para não escorregar) e coloquei em cima de uma cómoda que já tinha (o quarto do Tiago ficou muito em conta).


Em cima coloquei um resguardo feito por mim e voilá, aqui está uma fraldário simples e barato.

Ao lado fica o cesto da higiene, o termo dado pela avó paterna (coloco água para lavar o rabiosque do Tiaguinho, não uso toalhetes em casa, apenas quando saio) e a famosa banheira shantala que ele adora (chora quando o tiramos de lá!!!)

Então que acham?

Desejo um dia poupadinho a todos

Comentários

  1. Boas dicas, eu nunca tive um fraldário, mudava o meu filho sempre em cima da cama;) (forreta), mas é uma boa solução sem dúvida e económica. O meu irmão vai ter uma menina (ele não, a minha cunhada) e vai comprar uma mobília transformável. Ainda estou para ver o que é, não conheço, mas ele diz que dá até ela ser grandinha (claro, o nome diz tudo).

    ResponderEliminar
  2. No poupar é que está o ganho! Um fraldário deixaria de servir em pouco tempo. Vê lá tu que eu pensava que não havia móveis fraldário (ai como eu sou tão atenta a esses pormenores)! Pensava eu que só existia o muda-fraldas. E já seria uma coisa muito à frente. Não há muito tempo as mães colocavam um resguardo sobre o sofá ou a sua cama (numa qualquer superfécie lisa e com extensão), e era aí mesmo que faziam as mudas.
    Beijocas e boas poupanças que nos ensinas

    P.S: Estar dentro da shantala deve ser mesmo bom. É aí que lhe dás o seu banhinho? E com o crescimento dele, não se torna pequenita? Acho esse apetrecho mesmo interessante :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. acho o mais prático e económico!
    quando for mãe é essa a minha ideia!
    bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  4. Luarte,

    Sim, é ali que lhe dou banhinho, como ainda não se mexe muito, continuamos em cima da cómoda. Depois passará para o chão para não haver acidentes.

    Esta banheira dizem que dá até 1 ano, o que eu, sinceramente, acho demais. Olha vou usando até ele não se sentir confortável lá e depois mudarei para uma insuflável que já vi à venda e adorei. Depois mostrarei :)

    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Excelente ideia essa de usar a termos para ter sempre a água quentinha para limpar o rabiosque! Nada de toalhitas a irritar a pele do bebé.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Olá!!!...

    Então, como está o pimpolho?!... Espero que bem!...
    Fiz exactamente como tu Anabela, na altura de escolher a mobília para o quarto do Duendezinho, além de ter optado por mobília que lhe dê pelo menos até à adolescência, sem contar com o berco e a cama de grades, também optei por não comprar um fraldário e também o mudo em cima de uma cómoda, com um muda-fraldas apropriado... O Duendezinho também refilava sempre que o tirava da shantala, eheheh...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. É uma optima ideia!!!
    Na altuta comprei o fraldário porque ficou em 10n euros, agora uso-o para outras coisas. Mas esta ideia é optima!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Acho que fizes-te uma óptima escolha. Realmente há coisas em que não é mesmo necessário gastar dinheiro.
    *

    ResponderEliminar
  9. 5 estelas Belinha adorei... para o g tabém comprei um muda fraldas que alías ainda hoje usa sempre que o tiro da banhoca...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Optima ideia sim..
    Bjinho até mais ler

    ResponderEliminar
  11. Eu usei o mesmo sistema. Comprámos o muda fraldas quase igual por 19 euros e quando ela estava no nosso quarto o muda-fraldas estava na nossa cómoda, exactamente igual a essa.
    Quando mudou para o quarto dela, o muda fraldas passou a estar na escrivaninha do quarto dela. Aproveitámos a minha mobília de solteira e a escrivaninha era o muda-fraldas, com a altura perfeita e tudo :) Agora que ela é maior e mais fugidia mudamo-la na cama, porque se torna mais seguro.

    ResponderEliminar
  12. olá belinha

    Estou a caminho de ter a minha 2ª princesa, estamos a pensar comprar outra mobilia para o nosso quarto, gosto dos moveis MALM do ikea,creio que essa tua cómoda seja de lá.
    o que achas do material?
    tem bastante espaço? tens mais alguma coisa da MALM?
    obrigado pelas respostas

    ResponderEliminar
  13. Olá Elisa,

    Sim, tenho mais móveis MALM e adoro. As gavetas são muito espaçosas e abrem e fecham lindamente. É claro que a qualidade não é assim estonteante mas serve bem para o propósito que tem que é guardar roupa.

    Tenho duas cómodas destas que vês na imagem e foram compradas nas oportunidades porque tinham dois defeitos pequenos e quase imperceptíveis. Comprei as duas quase pelo preço de uma.

    Bjs,
    Anabela

    ResponderEliminar
  14. obrigado pela resposta anabela

    bem que pechincha, tenho que ir espreitar mais vezes a zona das oportunidades

    beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde,

    E onde comprou essa cómoda?É muito engraçada.

    Obrigada

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Panquecas (ou crepes) sem ovos

Apetecia-me tanto panquecas e não tinha ovos em casa. Que chatice! Lembrei-me então de procurar nesse mundo maravilhoso que é a internet, se havia forma de fazer as ditas cujas sem ovos. E espantem-se, havia! A receita é a que deixo já de seguida. A minha opinião? Gostei, embora a textura fique densa em vez de fofinha. Mas não me surpreendeu, já estava à espera disto. Penso é que é capaz de ficar melhor se fizerem crepes. Só a minha opinião. Fica a receita.
Panquecas sem ovos
- 1 copo ou chávena (cerca de 200ml) de farinha - 3/4 copo de leite (para crepe colocar 1 e 1/3 copo) - 2 colheres de sopa de óleo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1/2 colher de chá de sal
Colocar os ingredientes secos numa taça e misturar bem. Juntar o óleo e o leite aos poucos e mexer bem para não formar grumos. Aquecer uma frigideira anti-aderente (pode deitar um pouco de manteiga, se preferir) e colocar um pouco da massa. Quando esta ficar com furinhos, está boa para virar. Deixe ficar dourada de ambos o…

Organização do móvel da cozinha - antes e depois

Organização é um tema que gosto bastante de falar aqui no blog. Não faço tantos posts quanto gostaria mas isso não quer dizer que não vá fazendo pequenas organizações aqui e acolá. Gosto de ler tudo o que está relacionado porque os benefícios que me tem trazido são imensos. São eles:
- Redução de stress  e ansiedade; - Menos acumulação de tralha se existir um lugar para cada coisa; - Maior produtividade (porque não perdemos tempo a procurar coisas); - Maior rapidez nas limpezas; - Mais descanso ou momentos de lazer;
Mas com isto não quero dizer que a organização se faz num abrir e fechar de olhos. Leva tempo, garanto-vos. Primeiro porque não se consegue fazer tudo de uma vez (para ser bem feito, há que pensar bem no que se pretende) e, segundo, porque a organização escolhida pode não resultar. É mesmo na tentativa-erro. 
Cá em casa há ainda muito que fazer mas com calma e um bocadinho de cada vez, conseguimos uma maior fluidez no dia-a-dia.
Um dos cantinhos que há muito "gritava…

O que ando a comer ao pequeno-almoço

Ontem foi um dia complicado. Não que tenha acontecido alguma coisa de mal mas sim porque andei a correr, literalmente. Tive a consulta de rotina do Tiago, dos três anos. Esperei cerca de 30 minutos (depois da hora) e estive quase uma hora lá dentro. Ele está óptimo e recomenda-se. Apenas pequenas alterações na parte da sesta, a ver se as noites ficam melhores. Mas isto é tema para outro post. 
Ora, andei a correr porque quase não chegava a tempo da explicação das 16h, ainda por cima com uma nova aluna. Que stress, só vos digo. Tiago não dormiu sesta devido à hora da consulta e às 18h já ninguém o podia aturar. Deitar cedo era mais que imperativo. 
Foi um dia de correria mas que começou muito bem com um pequeno-almoço que tenho repetido todos os dias nas últimas duas semanas. E calculo que vos vá parecer bem esquisito mas eu adoro a mistura do pão, o queijo-creme e o tomate. Salpicado com coentros fica uma maravilha. Bem sei que isto não agrada à maioria e se calhar alguns até farão c…