21 de outubro de 2010

Matar insectos sem químicos

Olá a todos,

Hoje venho cá muito rapidamente só para mostrar como matamos melgas e mosquitos cá em casa sem químicos.

Aqui está o segredo:

Esta raquete é um espectáculo, tem o mesmo sistema daquelas redes que se vêem nos cafés para matar as moscas. Tem uma pequena bateria para recarregar e depois quando se quer matar a bicharada é só ligar m botão e carregar noutro para que a corrente passe na rede e assim frite os insectos. O maridão anda feliz e contente porque consegue livrar-se, facilmente, das incomodativas melgas. Temos jogado muito ténis cá em casa ;) Ainda no outro dia o maridão matou uma em pleno voo!

Foi comprado nos chineses (claro) e custou cerca de 4,50 €. Uma bela compra, tão boa tão boa que os meus pais foram comprar um para eles.

Desejo um dia descansado a todos.

17 comentários:

  1. Isso é bom para aliviar o stress, eheh! Tenho de ver se arranjo uma. Boa dica!

    ResponderEliminar
  2. Ola',

    So' tenho uma duvida.As moscas caem onde quando morrem?
    E' que o dos cafes tem um tabuleiro por baixo, como e' que solucionaram esse problema?

    Obrigada.

    ResponderEliminar
  3. Obrigado pela dica.
    Este ano as melgas invadiram o nosso espaço e teimam em não sair.
    Bjs, até mais ler

    ResponderEliminar
  4. Eu estou com uma invasão de moscas em casa e nem o BIOKill está a resolver. Vou ver se descubro uma coisa dessas por cá!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. engraçada e curiosa esta ideia!
    gostei!

    ResponderEliminar
  6. Olá Anabela,
    Já tinha visto essa raquete, acho que lhe estão a dar um óptimo uso, é ecológica (detesto os insecticidas por causa do cheiro que fica), e acho que ainda tem outra vantagem que não referiste... a boa forma fisica que vão ter.... e nem se quer pagam ao ginásio...
    Cá em casa eu ainda tenho o sistema antigo....ou seja... mata-moscas (mas sem bateria), é preciso ser mais rápida que a própria mosca (tipo Lucky Luke, mais rápido que a própria sombra), mas felizmente para mim, aparecem muito poucas moscas cá em casa e as que aparecem, consigo enxotá-las para a rua.
    Continuação de uma boa forma física...
    Bjs
    Teresa C.

    ResponderEliminar
  7. Já não é a primeira vez que ouço falar nessas raquetes, e pelos vistos funciona mesmo =)
    *

    ResponderEliminar
  8. Margarida,
    normalmente os insectos depois de levarem a "raquetada" caem para o chão... ou então ficam "grelhados" na rede.

    Isso não é problema, pois só temos por aqui 1 ou outra mosca, varre-se e já está.

    É muito melhor do que ficarem esborrachados contra as paredes, pois sujam as paredes todas

    ResponderEliminar
  9. Com o frio, as melgas não têm andado tanto por aqui. E não tenho saudades nenhumas delas...
    :)

    ResponderEliminar
  10. pois... o meu pai comprou uma coisa dessas nos xineses quando foi ao algarve e o parque de campismo estava minado de melgas... o pessoal todo adorou a invenção... já eu não acho tanto piada... detesto o som quando estão a esturricar a melga ou mosca.

    ResponderEliminar
  11. Tens um selito lá no blog!

    http://calateepoupa.blogspot.com

    ResponderEliminar
  12. Realmente usar produtos químicos para matar insetos é prejudicial à saúde. Tem outros métodos alternativos como este que vc postou. Pelo menos não prejudica a saúde de ninguém. Um abraço de Sônia Still

    ResponderEliminar
  13. Parabéns pelo blogue.
    Ao ler este post lembrei-me de que já vi quem ponha redes nas janelas. É ecológico na mesma e quem tem evita matar bicharada. Essa raquete arrepia...

    ResponderEliminar
  14. Viva

    Desculpe, desde já, a invasão.
    Lembrei-me de colocar parte deste artigo que li no blogue http://foradomanual.blogspot.com/
    pois acho que tem a ver com os assuntos que o seu blogue trata. Acho que este artigo é útil e mostra que há outras formas de repelir insectos (dando, ao mesmo tempo, um aroma natural e perfumado à casa) sem os matar da forma retratada no seu artigo:

    «(...)A citronela é uma planta que possui mais de 80 componentes, entre eles o aldeído citronelal e o geraniol, responsáveis por seu cheiro característico. "Esses princípios ativos funcionam em conjunto para afastar os mosquitos. Vale lembrar que a citronela tem um odor agradável para os seres humanos, mas é eficaz para manter os insetos à distância, que não suportam o aroma que a substância exala", explica a especialista.


    Considerada um dos principais repelentes naturais, a citronela pode ser cultivada nos jardins, usada como óleo para o corpo ou em aromatizadores de ambiente ou difusores elétricos. "Quando plantada nos vasos ou canteiros das casas, a planta cresce cerca de 50 cm, criando uma barreira natural contra os mosquitos", ensina a aromaterapeuta.


    Extrato de Citronela


    Se você cultiva a planta em casa, separe um recipiente de boca larga e preencha-o com um punhado de folhas (cerca de 150g) de citronela, também conhecidas como lâminas. Depois disso, complete a embalagem com álcool de cereais, feche e deixe a mistura em repouso durante 15 dias. "Esse extrato pode ser usado como spray e aplicado no corpo ou no ambiente. É uma mistura 100% ecológica e não apresenta contraindicação, podendo ser usada inclusive em crianças", informa Sandra.


    Óleo Essencial de Citronela


    De acordo com a aromaterapeuta Solange Lima, o óleo essencial de citronela pode ser aplicado no corpo. O repelente pode ser feito por meio de óleo vegetal, que pode ser de semente de uva, amêndoa ou gérmen de trigo, ou base cremosa, como loção e gel. Para cada 30 ml de um destes produtos, dilua seis gotas de óleo essencial de citronela. "A mistura deve ser espalhada na pele para manter os pernilongos afastados", ensina.


    Casa livre dos pernilongos


    Para deixar sua casa livre dos mosquitos, dilua três gotas do óleo essencial de citronela em água, no difusor elétrico ou de cerâmica. "Nesses casos é bom não deixar o aparelho ligado o dia todo, pois o cheiro pode irritar as vias respiratórias", alerta Solange. Ainda é possível fazer um aromatizador de ambientes. Para cada 60 ml de álcool de cereais, coloque de oito a dez gotas de óleo essencial de citronela e borrife em casa.


    Segundo Sandra, a ideia é utilizar o extrato ou o óleo essencial de citronela de uma a duas vezes por noite. "A substância deve ser usada de acordo com a quantidade de insetos em um determinado ambiente. O ideal é aplicar os óleos corporais todas as vezes que a pessoa toma banho. Já os sprays matam o mosquito na hora", observa. (...)»

    no blogue www.foradomanual.blogspot.com

    Agradeço-lhe as receitas que tem colocado, já aprendi muito com o que li aqui.

    ResponderEliminar
  15. Olá Maria.

    Obrigada pelo seu comentário e não peça desculpa pois não está a invadir, afinal o blog é público :)

    É engraçado que fale na citronela pois neste momento estou a aguardar que a mesma esteja disponível no centro de jardinagem onde vou para a poder adquirir. Já sabia de todos esses benefícios e por isso quero muito experimentar. Já li opiniões opostas. Uns dizem que funciona e outros dizem que não. Confesso que também não aprecio muito a raquete mas quando eles andam a zumbir nos ouvidos e a picar dá muito jeito. Pode ser que a citronela ajude a afastá-los e assim evito usar a "arma" ;)

    Depois farei um post a falar sobre a citronela e se resultou ou não.

    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Bom dia.

    Acho a ideia excelente!
    Tenho uma cómoda igual e ando à procura de um muda-fraldas assim (a parte da estrutura em madeira) para o meu Guilherme. Pode indicar-me onde comprou o seu?

    Obrigada.

    Paula Gadekha

    ResponderEliminar