Para guardar na memória e no coração #2

(post escrito há mais de 3 anos e que nunca viu a luz do dia, até agora)

Adoro quando me beijas e abraças sem eu pedir
Adoro quando me avisas que vais fazer asneira
Adoro quando me chamas, assim que acordas
Adoro quando brincas com o papá
Adoro quando chamas o avô ou a avó
Adoro quando apontas para pedir o que queres
Adoro quando arrancas os morangos ainda verdes e os comes
Adoro quando espalhas terra por todo o lado
Adoro quando te aninhas em mim se tens muito sono
Adoro quando abres muito as mãos se não fazemos o que queres
Adoro quando andas de triciclo e finges que não existem pedais
Adoro quando usas o protector da cama como mini-escorrega
Adoro quando chamas o papá para jantar
"Adoro" quando insistes em "depenar" a planta da sala
"Adoro" quando insistes em pintar em todo o lado menos no papel
Adoro quando me queres imitar nas tarefas domésticas
Adoro quando regas tudo menos as plantas
Adoro quando tentas imitar a canção do A-E-I-O-U do Panda
Adoro quando mexes a anca e os braços para dançar
Adoro quando comes fruta às escondidas (parece que não te alimento)
Adoro quando te lambuzas todo a comer um iogurte sozinho
"Adoro" quando tentas ir ao lixo às escondidas
"Adoro" quando pintas as juntas dos azulejos com lápis de cera.
"Adoro" quando comes uma maçã (às escondidas) e cospes a casca para o chão
Adoro quando queres brincar com outros meninos
Adoro quando deliras por ir ao parque
Adoro quando mudas as pedras do jardim
Adoro quando abres a torneira do jardim para beberes água pela mangueira
Adoro quando saltas na cama dos papás
Adoro quando me enrosco em ti porque acordaste de noite
Adoro quando te escondes no roupeiro
Adoro quando esfregas as mãos para pedir a plasticina
Adoro quando dizes que és feliz
Adoro quando dizes que gostas muito de mim
Adoro quando pões o avental sozinho e vais buscar a cadeira para me ajudares
"Adoro" quando levas uma hora para adormecer e eu adormeço primeiro
Adoro quando ficas atento à história antes de dormires
"Adoro" quando acendes a luz...e apagas...e acendes...e apagas...e acendes...

Amo-te muito e agradeço-te todas estas memórias.

Sweet Monday* - Dicas para conseguir jantar cedo

dicas_para_jantar_cedo
Cá em casa, a hora ideal para jantar é entre as 19h30 e as 20h00, ou seja, cedo. Ultimamente não tenho conseguido tão cedo porque acabo o trabalho perto das 20h. Mas ainda assim, com estes truques, consigo ter o jantar pronto relativamente rápido. Já tinha falado um pouco sobre as vantagens de jantar cedo neste post mas hoje vou aprofundar um bocadinho mais o tema, dando-vos dicas de como o poderão fazer, se for essa a vossa vontade.


Ter um menu semanal
Das dicas mais importantes que posso dar. Se já tiverem decidido qual a refeição naquela dia, podem fazer um melhor planeamento e preparar com antecedência. Evita também ter que ir fazer compras de última hora porque não sabem o que hão-de fazer para o jantar. Melhor do que tudo isto, garantem que têm uma alimentação mais equilibrada.

Deixar a mesa posta antes de sair de manhã
Se não vai estar ninguém em casa o dia todo, não haverá grande transtorno em deixar a mesa preparada logo de manhã. É tempo que poderão usar para fazer outra coisa ou até para descansar um pouco enquanto o jantar está ao lume.

Ter alguns ingredientes previamente cortados e temperados.
Outra dica óptima para pouparem tempo quando estão a fazer o jantar. Não precisarem de cortar alho nem cebola faz uma enorme diferença. Para a cebola, corto em pedacinhos e congelo. Para  alho, faço assim. Também tempero a carne antes de congelar. Assim, quando chega a hora de fazer o jantar, basta fazer um refogado com a cebola e o alho, e deitar a carne na frigideira. Para os legumes, faço o mesmo. Ou já estão lavados e preparados a consumir no frigorífico ou então no congelador. Facilita imenso na hora de cozinhar.

Colocar tarefas na ordem correta de prioridade
Quando chegam a casa, comecem logo por ir preparar a refeição.  Se esta demorar tempo a estar pronta, poderão então fazer outras tarefas durante esse tempo. Estender, apanhar ou dobrar roupa, arrumar tralha pela casa, lavar ou arrumar alguma loiça e por aí fora. Antes não tinha este hábito, fazia tudo ao contrário e o resultado disto era jantar tarde.

Fazer doses duplas e variar nos acompanhamentos
Com a carne, faço muito isto. Ao fazer uma receita dupla, uso depois o resto da carne noutro dia, com um acompanhamento diferente. Por exemplo, a carne picada de um esparguete à bolonhesa, serve depois para uns wraps mexicanos deliciosos. Frango assado (acompanhado por batatas assadas) poderá ser usado depois para um arroz de frango com legumes.

Cozinhar em bulk
Aqui poderão ver como cozinhar uma grande quantidade de refeições. Quanto ao peixe, quando não é para grelhar, coatumo cozer, tirar espinhas e desfiar antes de congelar em pequenas caixas. Faço muito isto com pescada e bacalhau. Poupa imenso tempo. De manhã ou até na noite anterior, basta tirar do congelador e deixar a descongelar no frigorífico (há menos riscos de desenvolvimento de bactérias nocivas) e quando chegam, basta colocar no forno ou aquecer no fogão. Aqui estão muitas sugestões de receitas que podem congelar.

De momento é o que me lembro. Se conhecem mais alguma dica, escrevam nos comentários, que será adicionada aqui. Termino o post deixando a inúmeras vantagens de almoçar ou jantar cedo. Espero que vos sirva de inspiração para meterem mãos à obra e mudarem as vossas rotinas.

Vantagens de jantar cedo
- permite mais tempo de qualidade em família
- permite deitar as crianças a horas decentes, sem stress.
- permite preparar melhor o dia seguinte
- permite deixar a cozinha arrumada
- permite poupar energia (quando os dias começam a ficar maiores, é possível jantar sem ter de acender a luz)
- ajuda a emagrecer porque jantam numa altura em que o metabolismo ainda está num pico elevado. Isto significa que, nessa altura, o corpo irá digerir o que comem mais depressa e queimar mais calorias. Quanto mais tarde fica, mais o metabolismo diminui. É por essa razão que nunca devemos comer muito à noite, principalmente antes de irmos para a cama.
- Melhora o sono, já que não vamos para a cama com a barriga cheia.

Menu da semana #71

ementa_semanal
Para o menu desta semana, escolhi comidinhas simples e bem portuguesas, tal como gostamos muito cá em casa. Espero que vos sirva de inspiração para o vosso menu.

Segunda-feira: Bacalhau com natas (tenho congelado, é só meter no forno)


Terça-feira: Feijão frade com atum

Quarta-feira: Ervilhas com ovos escalfados

 

Quinta-feira: Empadas de cogumelos e alho francês

Sexta-feira: Pica-pau (uso carne de vaca e manteiga em vez de margarina


Nota: por norma, as refeições são acompanhadas por sopa e salada. As receitas sem links são as que sigo de livros ou que são muito comuns. Poderei publicá-las caso queiram, é só dizer.

Links da semana*

Créditos
1 - Continuando esta revelação maravilhosa, agora temos a sala de estar e de jantar. A diferença é absolutamente de deixar o queixo caído.

2 - Texto [e livro] para lerem. Palavras tão certas. É pelas razões todas que a autora explica, que eu aconselho tanta vezes aos pais dos meus educandos para os deixarem brincar. Brincar muito. (tenho um pai que se lembrou de ensinar a tabuada ao seu filho de 6 anos, que mal sabe ler e escrever!!!)

3 - Segundo o Tripadvisor, estas são as 10 melhores praias portuguesas. Tenho muita curiosidade em descobrir a nº 7.